Bairro José Rosa

AS INFORMAÇÕES GERAIS:

O Bairro José Rosa possui uma altitude de 291 metros acima do nível médio do mar, de acordo com a localização do Marco Zero ele se encontra na região Nordeste, entre a Zona Norte e a Zona Leste da cidade de Boa Viagem, tendo a sua nomenclatura regulamentada através da lei nº 576, de 4 de junho de 1993, na administração do Prefeito Dr. Francisco Segismundo Rodrigues dos Santos Neto.

Imagem do Bairro José Rosa, em 2006.

Esse bairro, pela lei municipal nº 1.019, de 18 de março de 2009, e do decreto nº 218, de 25 de novembro de 2009, é classificado como residencial e nele a tolerância de ruído é de 55 decibéis durante o dia e de 50 durante à noite.

A SUA HISTÓRIA:

A sua denominação faz uma clara referência ao cidadão José da Cunha Ramos, que era popularmente conhecido por “José Rosa”, um dos primeiros moradores dessa pequena localidade que, por volta de 1952, edificou uma simples casinha na periferia do Bairro Centro da cidade.

“A denominação desse bairro é uma justa homenagem ao seu segundo morador, José da Cunha Ramos. Lá, ele edificou a sua casa, em 1952, em torno da qual foram surgindo, mais tarde, inúmeras casas.” (NASCIMENTO, 2002: p. 26)

Com o passar dos anos, graças a expansão habitacional do Bairro Centro, esse local foi, aos poucos, sendo aglutinado aos outros bairros existentes na cidade, até receber a sua regulamentação de existência.

Imagem da casa de José da Cunha Ramos, simbolo do bairro que não resistiu à especulação imobiliária, em 2004.

O Sr. José Rosa foi um humilde sapateiro que conseguiu de forma digna constituir e alimentar uma numerosa família, sendo conhecido por todos pelo seu espírito alegre e divertido.
Nessa época, sem muitas opções de lazer, frequentemente promovia bailes no alpendre de sua casa, que costumava receber várias pessoas de todas as classes sociais do Município.
Com o passar dos anos, em torno de sua casa, foram surgindo algumas novas residências, muitas delas de seus descendentes, e de periferia o bairro passou a ser um dos mais queridos e populosos da cidade.

OS LIMITES DO BAIRRO:

Pelo artigo 1º da lei municipal nº 576, de 4 de junho de 1993, esse bairro tem a seguinte delimitação:

“José Rosa – Partindo da Rua Enedina de Carvalho sobe até a Rua Maria Carmelina Sampaio Queiroz até ao encontro com a Rua 21 de Novembro, daí então segue até o ponto inicial na Rua Enedina de Carvalho.”

Segundo essa lei podemos entender que esses são os limites desse bairro:

  • Norte: Rua Maria de Assis Uchôa e a Rua Enedina de Carvalho (Bairro Tibiquari);
  • Sul: Rua 21 de Novembro (Bairro Centro);
  • Leste: Rua Maria Carmelina Sampaio Queiroz (Bairro Tibiquari);
  • Oeste: Rua Enedina de Carvalho (Bairro Boaviaginha).

Atualmente, nessa cidade, mesmo com a determinação da lei nº 1.235, do dia 17 de abril de 2015, assinada no governo do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, a Prefeitura de Boa Viagem nunca organizou às placas informativas contendo a identificação dos bairros.

O MAPA DO BAIRRO:

Um mapa é uma projeção visual de uma região, mas nem sempre está completamente correto, observe que ele está em uma superfície plana e não registra os acidentes geográficos do relevo.

Mapa do Bairro José Rosa na cor amarela.

Imagem do mapa do Bairro José Rosa na cor amarela.

AS RUAS DO BAIRRO:

A disposição das ruas nas cidades modernas deve ser feita como um tabuleiro de xadrez, algo que favorece o trânsito e a organização dos centros urbanos de nossa época.
Esse bairro do subúrbio da cidade tem poucos acidentes de relevo e possui as seguintes ruas:

  1. Avenida São Vicente de Paulo;
  2. Rua Aniel Fragoso Vieira;
  3. Rua Enedina de Carvalho;
  4. Rua João Barbosa Lima Filho;
  5. Rua José de Queiroz Sampaio;
  6. Rua Sargento Raimundo Valdir Soares;
  7. Rua Manuel Honor da Costa Mendes;
  8. Rua Maria de Assis Uchôa;
  9. Rua Maria Carmelina Sampaio Queiroz;
  10. Rua Rita Alves de Lima;
  11. Rua 21 de Novembro;
  12. Travessa João Barbosa Lima Filho;
  13. Travessa Sargento Raimundo Valdir Soares.

AS POTENCIALIDADES DO BAIRRO:

Embora fazendo parte da mesma cidade, esse bairro possui características particulares que lhe distingue dos demais e favorece aos seus moradores nos seguintes aspectos:

Cultura:

  • Templos:
  1. Igreja Presbiteriana de Boa Viagem.

Educação:

  • Rede Privada:
  1. Instituto de Educação Paulo Moody Davidson.

Demais Órgãos Públicos de Serviço:

  1. Garagem e Oficina da Secretaria da Infraestrutura.

AS IMAGENS DO BAIRRO:

Esse bairro, que é o menor da cidade, é um dos mais habitados e possui poucos lotes a serem construídos.

Imagem do limite entre o Bairro José Rosa e o Bairro Tibiquari, em 2010.

Imagem aérea do Bairro José Rosa, em 2006.

74 ideias sobre “Bairro José Rosa

  1. Pingback: Avenida São Vicente de Paulo | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Rua 21 de Novembro | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Poço da Pedra | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Águas Belas | História de Boa Viagem

  5. Pingback: Domingos da Costa | História de Boa Viagem

  6. Pingback: Rua Sargento Valdir Soares | História de Boa Viagem

  7. Pingback: Rua Rita Alves de Lima | História de Boa Viagem

  8. Pingback: A divisão administrativa da sede | História de Boa Viagem

  9. Pingback: Rua José de Queiroz Sampaio | História de Boa Viagem

  10. Pingback: Rua João Barbosa Lima Filho | História de Boa Viagem

  11. Pingback: Rua David Vieira da Silva | História de Boa Viagem

  12. Pingback: Rua Daniel Fragoso Vieira | História de Boa Viagem

  13. Pingback: Rua Aniel Fragoso Vieira | História de Boa Viagem

  14. Pingback: Rua Carmelina Sampaio | História de Boa Viagem

  15. Pingback: Avenida Basílio Vieira Carneiro | História de Boa Viagem

  16. Pingback: Rua Enedina de Carvalho | História de Boa Viagem

  17. Pingback: Rua Manuel Honor da Costa Mendes | História de Boa Viagem

  18. Pingback: Rua Samuel Alves da Silva | História de Boa Viagem

  19. Pingback: Manuel Honor da Costa Mendes | História de Boa Viagem

  20. Pingback: Igreja Presbiteriana de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  21. Pingback: Lavanderia Pública Municipal | História de Boa Viagem

  22. Pingback: Instituto de Educação Paulo Davidson | História de Boa Viagem

  23. Pingback: Ipiranga | História de Boa Viagem

  24. Pingback: Maria Carmelina Sampaio Queiroz | História de Boa Viagem

  25. Pingback: José de Queiroz Sampaio | História de Boa Viagem

  26. Pingback: Aureliano Verçosa Lima | História de Boa Viagem

  27. Pingback: Aniel Fragoso Vieira | História de Boa Viagem

  28. Pingback: Francisco Segismundo Rodrigues dos Santos Neto | História de Boa Viagem

  29. Pingback: José Soares Neto | História de Boa Viagem

  30. Pingback: Praça do Bairro José Rosa | História de Boa Viagem

  31. Pingback: Eleotério Manoel da Silva | História de Boa Viagem

  32. Pingback: João Barbosa Lima Filho | História de Boa Viagem

  33. Pingback: Jacampari | História de Boa Viagem

  34. Pingback: Olho d’Água dos Facundos | História de Boa Viagem

  35. Pingback: Distrito de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  36. Pingback: Distrito de Guia | História de Boa Viagem

  37. Pingback: Distrito de Ibuaçu | História de Boa Viagem

  38. Pingback: Distrito de Boqueirão | História de Boa Viagem

  39. Pingback: Distrito de Olho d’Água do Bezerril | História de Boa Viagem

  40. Pingback: Distrito de Massapê dos Paés | História de Boa Viagem

  41. Pingback: Distrito de Poço da Pedra | História de Boa Viagem

  42. Pingback: Distrito de Várzea da Ipueira | História de Boa Viagem

  43. Pingback: Quadra Poliesportiva Eliel Rafael da Silva | História de Boa Viagem

  44. Pingback: Rua Maria de Assis Uchôa | História de Boa Viagem

  45. Pingback: Edoque Mendes Verçosa | História de Boa Viagem

  46. Pingback: Enedina de Carvalho | História de Boa Viagem

  47. Pingback: Raimundo Valdir Soares | História de Boa Viagem

  48. Pingback: Rio Boa Viagem | História de Boa Viagem

  49. Pingback: Calouros de 2004 | História de Boa Viagem

  50. Pingback: Calouros de 2005 | História de Boa Viagem

  51. Pingback: Calouros de 2002 | História de Boa Viagem

  52. Pingback: Calouros de 2003 | História de Boa Viagem

  53. Pingback: Calouros de 2001 | História de Boa Viagem

  54. Pingback: Calouros de 1999 | História de Boa Viagem

  55. Pingback: Calouros de 2000 | História de Boa Viagem

  56. Pingback: Travessa Sargento Raimundo Valdir Soares | História de Boa Viagem

  57. Pingback: Travessa Maria Carmelina Sampaio Queiroz | História de Boa Viagem

  58. Pingback: Travessa João Barbosa Lima Filho | História de Boa Viagem

  59. Pingback: Calouros de 2006 | História de Boa Viagem

  60. Pingback: Calouros de 2007 | História de Boa Viagem

  61. Pingback: Calouros de 2008 | História de Boa Viagem

  62. Pingback: Calouros de 2009 | História de Boa Viagem

  63. Pingback: Calouros de 2010 | História de Boa Viagem

  64. Pingback: Calouros de 2011 | História de Boa Viagem

  65. Pingback: Calouros de 2012 | História de Boa Viagem

  66. Pingback: Calouros de 2013 | História de Boa Viagem

  67. Pingback: Calouros de 2014 | História de Boa Viagem

  68. Pingback: Calouros de 2015 | História de Boa Viagem

  69. Pingback: Calouros de 2016 | História de Boa Viagem

  70. Pingback: Calouros de 2017 | História de Boa Viagem

  71. Pingback: Calouros de 2018 | História de Boa Viagem

  72. Pingback: Calouros de 2019 | História de Boa Viagem

  73. Pingback: Rio da Comissão | História de Boa Viagem

  74. Pingback: Marília Prado dos Santos | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta