Maria Floriana Vieira

Maria Floriana Vieira nasceu no dia 13 de novembro de 1915 no Município de Riacho dos Cavalos, que está localizado no Sertão paraibano, distante 478 quilômetros da cidade de João Pessoa, sendo filha de Cícero Vieira de Freitas e de Rosa Vieira Carneiro.
Os seus avós paternos se chamavam Pedro Vieira Carneiro e Maria Floriana de Morais, já os maternos eram José Vieira Carneiro e Maria Alexandrina Vieira Carneiro.
Era casada com o agropecuarista e comerciante José Vieira de Freitas Filho, que era nascido no dia 19 de março de 1914 e filho de José Vieira de Freitas com Antônia Egíbia do Nascimento.
De seu matrimônio foram gerados cinco filhos, três mulheres e dois homens, sendo eles: Adalcina Vieira de Freitas, Adelmo Vieira de Freitas, Odias Vieira de Freitas, Adelita Vieira Fragoso e Adelcira de Freitas Vieira.

Imagem da residência de José Vieira de Freitas Filho, em 2009.

Imagem da residência de José Vieira de Freitas Filho, em 2009.

Durante anos, enquanto morou na cidade de Boa Viagem, residiu com a sua família na Rua 26 de Junho, n° 215, esquina com a Rua Padre Antônio Correia de Sá, no Bairro Vila Azul.
No dia 8 de março de 1992, juntamente com os seus familiares, partilhou da perda de seu irmão, David Vieira Carneiro.
Pouco tempo depois, no dia 24 de outubro de 1997, foi a vez de outra de suas irmãs, Nautília Floriano Vieira.
Faleceu no Município de Boa Viagem, aos 92 anos de idade, no dia 7 de outubro de 2007.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado em um mausoléu pertencente a sua família que existe no Cemitério Parque da Saudade, localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, Centro.

Imagem do túmulo da Família Vieira de Freitas, em 2010.

Imagem do túmulo da Família Vieira de Freitas, em 2010.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, em 2009, um edifício que está localizado na Rua Delfino Alves Pinheiro e Lima, nº 140, esquina com a Rua Manoel Araújo Marinho, Bairro Vila Azul, recebeu a sua nomenclatura;
  2. Em sua memória, na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, através da lei nº 1.167, de 29 de novembro de 2012, uma das ruas da Sede do Distrito de Olho d’água dos Facundos recebeu a sua denominação.