História do Distrito de Boqueirão

A FORMAÇÃO HISTÓRICA E POLÍTICA DO DISTRITO:

O Distrito de Boqueirão é o conjunto de 29 comunidades rurais que anteriormente pertenciam ao Distrito de Boa Viagem e Ibuaçu.
Ele foi criado na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef através da lei municipal nº 774, de 11 de outubro de 2001.
Com a criação desse Distrito o povoado de Boqueirão, por sua maior capacidade de desenvolvimento econômico e social, foi elevado à condição de vila e deu nome ao Distrito.
Sobre os primeiros habitantes dessa pequena vila o livro “Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender” nos dá a seguinte informação:

“Em meados do século XIX, estabeleceram-se na faixa das terras compreendidas entre o Rodeador e Lagoa do Senador, os irmãos João e Luís da Cruz Nascimento. Em 1877, ano em que aquela terra foi assolada por uma terrível seca, Luís André, como era conhecido, migrou para as bandas do Amazonas, deixando a então Fazenda Bom Jardim sob os cuidados do seu irmão, e nunca mais voltou”. (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA, 2007: p. 24)

A ETIMOLOGIA DE SEU TOPÔNIMO:

A palavra Boqueirão, no Brasil, é um termo muito comum que serve para designar um acidente geográfico, e no Dicionário Aurélio diz o seguinte:

“Boqueirão é uma abertura numa encosta marítima, rio ou canal. É uma abertura tipo garganta cavada pelo rio entre duas serras, um vale profundo cavado por um rio, que é considerado como um local feito pela natureza e propício para uma barragem”.

O topônimo desse Distrito está historicamente relacionado a existência de uma cerca entre as Serras da Lagoa e da Tapera, sobre esse assunto o livro “Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender” tem as seguintes informações:

“Entre as Serras da Lagoa e da Tapera, existia uma cerca de tranças que as separava e era conhecida como o boqueirão da serra; daí a origem do nome da localidade”. (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA, 2007: p. 24)