Jardel Linistefeson de Sousa Fernandes

Jardel LinistefesonJardel Linistefeson de Sousa Fernandes nasceu no dia 21 de junho de 1991 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, sendo filho de João de Deus Venâncio Fernandes e de Rosalina de Sousa Camelo.
Os seus avós paternos se chamavam João Rodrigues Fernandes e Mariana Venâncio Fernandes, já os maternos eram Antônio Camelo de Sousa e Maria Carmelita de Sousa.
Iniciou a sua vida acadêmica quando os seus pais o matricularam em uma das turmas da Escola de Ensino Fundamental Padre Antônio Correia de Sá, onde cursou até o 7º ano, sendo transferido em seguida para Escola de Ensino Fundamental David Vieira da Silva, onde concluiu o Ensino Fundamental em 2006.
Depois disso, passou a estudar na Escola de Ensino Médio Dom Terceiro, onde conseguiu concluir o Ensino Médio nos últimos meses de 2009.
Pouco tempo antes disso, em 2008, juntamente com alguns amigos, investiu grande parte de seu tempo na formação de um time de futebol amador, que recebeu o nome de Sociedade Esportiva Galáticos, sendo inscrito na 2ª divisão do Campeonato Boa-viagense de Futebol, que era promovido pela Secretaria do Esporte e Juventude da Prefeitura de Boa Viagem.
Nessa época, depois de ser eleito presidente do clube e atuar também como técnico, conheceu e construiu fortes laços de amizade com o Dr. Gutemberg Mendes Farias Filho, que na época era o presidente do Boa Viagem Esporte Clube.
Depois disso, precisando de um emprego fixo, passou a trabalhar como motorista do Dr. Gutemberg Mendes e no escritório de advocacia do Dr. Pedro de Paiva Farias.
Em seguida, por volta de 2009, foi contratado pela Secretaria da Educação da Prefeitura de Boa Viagem e passou a servir como monitor de esportes das escolas existentes na cidade até junho de 2012.
No ano seguinte, a partir de janeiro de 2013, com o encerramento de seu contrato com a prefeitura do Município, passou a trabalhar como assessor parlamentar do Dr. Gutemberg Mendes na Câmara Municipal de Vereadores de Boa Viagem.
No dia 30 de outubro de 2014, segundo informações existentes no livro B-12 do Cartório Geraldina, 1º Ofício, tombo nº 6.165, folha 158v, contraiu matrimônio com a senhorita Jéssica Lopes Oliveira, que nasceu no dia 16 de agosto de 1996, sendo filha de Otávio Bezerra Oliveira e de Gleidna Lopes de Souza, relacionamento conjugal que foi encerrado pouco tempo depois por conta de incompatibilidade de gênios.
Nos últimos meses de 2015, com a legenda nº 21, em uma eleição que foi promovida pelo CMDCA, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Município de Boa Viagem, com o apoio do Dr. Gutemberg Mendes, resolveu colocar o seu nome na disputa por uma das vagas do Conselho Tutelar.
Na eleição municipal que ocorreu no dia 2 de outubro de 2016, por conta dos artifícios que impediram à candidatura do Dr. Gutemberg Mendes, foi indicado como seu sucessor a uma das cadeiras do Poder Legislativo do Município de Boa Viagem:

“Estando filiado nos quadros políticos do PSD, o Partido Social Democrático, figurando na preferência do eleitorado para concorrer ao cargo de prefeito do Município de Boa Viagem, foi maliciosamente prejudicado pelo acordo firmado pelo Dr. Domingos Gomes de Aguiar Filho, que visou eleger à candidata Aline Cavalcante Vieira. Diante disso, insatisfeito por não colocar o seu nome nessa disputa eleitoral ao cargo majoritário, foi impedido também pelo seu partido de concorrer a sua reeleição à Câmara Municipal de Vereadores… Mesmo com todas as dificuldades colocadas em seu caminho, nessa eleição, resolveu indicar o nome do jovem Jardel Linistefeson de Sousa Fernandes…” (SILVA JÚNIOR, 2016: Gutemberg Mendes Farias Filho. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/gutemberg-mendes-farias-filho/. Acesso em 22 de outubro de 2016)

Nesse pleito, que foi bastante concorrido entre os vereadores, mesmo inexperiente, buscou apoio entre as pessoas de sua idade e causou forte admiração daqueles que já eram acostumados com esse tipo de disputa.

Imagem de sua propaganda de campanha.

Imagem de sua propaganda de campanha, em 2016.

Nessa ocasião, militando nos quadros políticos do PSL, o Partido Social Liberal, com a legenda nº 17.000, conseguiu ser eleito por média ao receber 886 votos, entrando na última vaga disponível na Câmara Municipal de Vereadores.
Algum tempo depois, no dia 26 de abril de 2017, depois de sua posse, entre as suas primeiras ações, ao ver o estado de penúria em que passava o Município de Boa Viagem por conta da estiagem, fez parte da caravana organizada e conduzida pelo Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, que de todas as formas procurou meios para suprir as necessidades hídricas da cidade de Boa Viagem.

Imagem da comitiva que se reuniu com o Gov. Camilo Santana em busca da adutora da Barragem do Umari.

Imagem da comitiva que se reuniu com o Gov. Camilo Santana em busca da adutora da Barragem do Umari.

Entre essas meios, buscou apoio político junto ao Governo do Estado para colocação de uma adutora que trouxesse água da Barragem do Umari, no Município de Madalena, que fica distante 40 quilômetros da cidade de Boa Viagem:

“Aconteceu na noite dessa quarta-feira, 26 de abril, quando por intermédio de seu gabinete, diversas lideranças municipais estiveram reunidas com o governador do Estado, Camilo Santana, para apresentar demandas e buscar soluções.O encontro, que aconteceu no Palácio do Abolição, reuniu representantes de Tauá, Parambu, Trairi, Boa Viagem, Crateús, Aiuaba e Quiterianópolis. Os principais pleitos apresentados foram relativos às medidas de enfrentamento da crise hídrica, alternativas de convivência com a seca, segurança, educação, saúde e infraestrutura. Dentre os representantes, estavam o prefeito de Tauá, Carlos Windson (PR); de Trairi, Marcos Prado (PSDB); de Quiterianópolis, Dr. Barreto (SD); as lideranças de Parambu, Padre Márcio, Marcos Torquato, Valdenor Feitosa e os vereadores Ronaldo Feitosa (PR), Emanoel Marinho (PDT) e Erasmo Lopes (PDT); de Boa Viagem, o ex-prefeito Fernando Assef, vereador Jardel Fernandes (PSL), Everardo Facundo, André Facundo, Régis Carneiro e José Carlito; de Aiuaba, Adalberto Feitosa, e de Crateús, o empresário Helder Leitão.” (BRANDÃO, 2017: Disponível em http://www.rogilsonbrandao.com.br/2017/04/audic-leva-lideres-dos-inhamuns-trairi.html. Acesso no dia 27 de abril de 2017)

4 ideias sobre “Jardel Linistefeson de Sousa Fernandes

  1. Pingback: Administração de 2017 – 2020 | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Gutemberg Mendes Farias Filho | História de Boa Viagem

  3. Pingback: JUNHO | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Aline Cavalcante Vieira | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta