Ozanira Oliveira Almeida

Ozanira Oliveira Almeida nasceu no dia 21 de outubro de 1938 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filha de  Pedro Costa de Oliveira e de Senhorinha Ferreira de Oliveira.
Os seus avós paternos se chamavam Theóphfilo da Costa Oliveira e Francisca Juliana da Conceição, já os maternos eram Luiz Ferreira de Melo e Maria Idalina da Silva.
Foi casada com Francisco Alves de Almeida, natural de Fortaleza, que trabalhava na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e que depois de algum tempo de vida matrimonial apresentou sérios problemas mentais.
Desse casamento foram gerados dois filhos, dois homens, que se chamam Romero e Pedro Neto.
Em sua juventude, residindo na cidade de Crateús, depois de muito esforço, juntamente com a sua irmã Maria Ozélia Costa Oliveira, conseguiram ser diplomadas como normalistas.
Depois disso, retornando para cidade de Boa Viagem, foi convidada pela Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem para lecionar artes no Salão Paroquial Monsenhor José Gaspar de Oliveira e posteriormente, pelo Governo Municipal, no Centro Social Urbano Deputado José Vieira Filho.
Nos primeiros meses de 1965, por intermédio do Dr. José Maria Sampaio de Carvalho, conseguiu um contrato para lecionar na Escola de Ensino Fundamental Padre Antônio Correia de Sá, cuidando dos alunos da 3ª série.
Algum tempo depois, ainda nessa unidade de ensino, passou a cuidar dos documentos de secretaria.
Certo dia, no café da manhã, depois de se alimentar, sentiu fortes tremores pelo corpo e dores na cabeça, sendo socorrida por amigos e encaminhada para Fortaleza pelos seus familiares, não resistindo à gravidade de seu problema.
Alguns dias depois do ocorrido, no dia 3 de dezembro de 1985, veio a óbito por conta de um aneurisma cerebral.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado no mausoléu da família existente no Cemitério Parque da Saudade, que está localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, Centro.

BIBLIOGRAFIA:

  1. BEZERRA DE MELO, Maria José. Ex-Educadores de Boa Viagem. Monografia apresentada ao departamento de pós-graduação e pesquisa da Universidade Estadual Vale do Acaraú, 2002.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito José Vieira Filho, o Mazinho, através da lei nº 459, de 21 de março de 1988, uma das ruas do Bairro de Nossa Srª de Fátima, na cidade de Boa Viagem, recebeu a sua nomenclatura.

4 ideias sobre “Ozanira Oliveira Almeida

  1. Pingback: Pedro Costa de Oliveira | História de Boa Viagem

  2. Pingback: OUTUBRO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: DEZEMBRO | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Maria Ozélia Costa de Oliveira | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta