Philomena de Assis Uchôa

Filomena Uchôa VianaPhilomena de Assis Uchôa, que também é conhecida como Filomena Uchôa Viana, nasceu no dia 17 de maio de 1894 no Município de Tamboril, que está localizado no Sertão do Estado do Ceará, distante 301 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filha de Agostinho de Sousa Uchôa e de Isabel Francelina de Menezes.
Segundo informações existentes no livro B-01, destinado ao registros dos casamentos, existente na secretaria da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem, tombo nº 7, página 9v, no dia 4 de junho de 1904, na localidade de Poço Serrote, diante do Mons José Cândido de Queiroz Lima, contraiu núpcias com Francisco Ferreira Viana, que era nascido no dia 17 de abril de 1882, sendo filho de Matheus Lopes Viana e de Maria Francisca da Conceição.
De seu matrimônio foram gerados oito filhos, cinco mulheres e três homens, sendo eles: Maria das Dores Uchôa Viana, Isadora Uchôa Viana, Francisco das Chagas Uchôa Viana, Maria de Assis Uchôa, Maria do Carmo Uchôa Viana, José Uchôa Viana, Raimunda Uchôa Viana e Luiz Uchôa Viana.
No dia 3 de novembro de 1945, juntamente com os seus familiares, partilhou da dura perda de seu amado esposo, que veio a óbito aos 63 anos de idade.
Faleceu na cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará, aos 84 anos de idade, no dia 15 de março de 1978.
Depois disso, o seu corpo foi trazido para cidade de Boa Viagem, onde recebeu as despedidas fúnebres que são de costume, sendo sepultado no mausoléu da família que existe no Cemitério Parque da Saudade, que está localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, Centro.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, através da lei nº 763, de 4 de outubro de 2001, uma escola da rede municipal recebeu a sua denominação;
  2. Em sua memória, na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, através da lei nº 818, de 22 de dezembro de 2002, uma das ruas do Bairro Tibiquari, na cidade de Boa Viagem, recebeu a sua nomenclatura.