Luís Carneiro Garcia

luis-carneiroLuís Carneiro Garcia nasceu no dia 15 de dezembro de 1926 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filho de João Carneiro Garcia e de Regina Carneiro Garcia.
Os seus avós paternos se chamavam Pedro Carneiro Garcia e Ladu Carneiro Garcia, já os maternos eram José Paulo e Josefa Carneiro.
Segundo informações existentes no livro B-01, pertencente à secretaria da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, tombo nº 4, página 23v, no dia 18 de janeiro de 1947, na cidade de Madalena, diante do Pe. Raimundo Nonato Camelo, contraiu matrimônio com Maria Zilda Bezerra Garcia, que era nascida no dia 3 de setembro de 1929, sendo filha de José Bezerra Cavalcante e de Maria Alves das Dores.
No ano seguinte, no dia 14 de janeiro, segundo informações existentes no livro D-11, pertencente ao Cartório Geraldina, 1º Ofício, tombo nº 1.449, folha 196v, confirmou os seus votos em uma cerimônia civil.
Desse matrimônio foram gerados seis filhos, três homens e três mulheres, sendo eles: Luisa da Conceição Carneiro dos Santos, Luís Bezerra Garcia, Luís Evandro Bezerra Garcia, Luísa Rosaria Bezerra Garcia, Luísa Socorro Bezerra Garcia e Luís Carneiro Garcia Filho.
No dia 28 de agosto de 1960, juntamente com os seus familiares, segundo informações existentes no livro C-09, também pertencente ao Cartório Geraldina, tombo nº 3.159, folha 57, partilhou da inesperada perda de sua primeira esposa.
Algum tempo depois, no dia 15 de novembro de 1966, residindo na localidade de Rodeador, desejando entrar na vida pública por meio de uma das cadeiras da Câmara Municipal de Vereadores, compondo os quadros políticos do MDB, o Movimento Democrático Brasileiro, conseguiu receber apenas 79 votos, ficando na segunda suplência de seu partido.
No dia 11 de setembro de 1981, depois de alguns anos de união estável, segundo informações existentes no livro B-04 do Cartório Geraldina, tombo nº 1.567, folha 259, contraiu matrimônio com Eunice Carneiro Cavalcante Garcia, que era nascida no dia 23 de agosto de 1948, sendo filha de Mateus Bezerra Cavalcante e de Enedina Carneiro da Silva.
De seu segundo matrimônio foram gerados seis filhos, quatro homens e duas mulheres, sendo eles: Everardo Cavalcante Garcia, Evilásio Cavalcante Garcia, Eliézio Cavalcante Garcia, Eldia Maria Cavalcante Garcia, Elzia Maria Cavalcante Garcia e Everasmo Cavalcante Garcia.
Alguns anos depois, na eleição municipal que ocorreu no dia 3 de outubro de 1992, militando dessa vez dentro dos quadros políticos do PSDB, o Partido da Social Democracia Brasileira, com a legenda nº 45.645, conseguiu receber apenas 367 votos, ficando novamente na suplência de seu partido.

Imagem de seu material de campanha.

Imagem de seu material de campanha.

Na eleição seguinte, que ocorreu no dia 3 de outubro de 1996, ainda nos quadros do políticos do PSDB, com a legenda nº 45.665, conseguiu ser eleito ao receber a confiança de 390 eleitores, sendo o décimo nono vereador com o maior número de votos dessa disputa.
Segundo informações existentes no livro , pertencente ao Cartório Geraldina, tombo nº, folha, faleceu na cidade de Boa Viagem, aos 92 anos de idade, no dia 18 de janeiro de 2019.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado por seus familiares no Cemitério das Lembranças, na zona rural do Município de Boa Viagem.

BIBLIOGRAFIA:

  1. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.

3 ideias sobre “Luís Carneiro Garcia

  1. Pingback: Administração de 1993 – 1996 | História de Boa Viagem

  2. Pingback: DEZEMBRO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: JANEIRO | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta