Francisca de Assis Uchôa

Francisca de Assis Uchôa nasceu no dia 21 de maio de 1902 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filha de Antônio de Assis Uchôa e de Raimunda Maria da Glória.
Os seus avós paternos se chamavam Agostinho de Sousa Uchôa e Isabel Francelina de Menezes, já os maternos eram Manoel Lopes do Nascimento e Francisca Maria de Jesus.
Algum tempo depois do seu nascimento, no dia 29 de junho de 1903, seguindo os costumes da confissão religiosa de seus pais, recebeu o batismo pelas mãos do Mons. José Cândido de Queiroz Lima.
Era carinhosamente conhecida pelo apelido de “Chicuta”.
Segundo informações existentes no livro B-05, pertencente à secretaria da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem, tombo nº 46, folha 88, no dia 6 de julho de 1918, diante do Mons. José Cândido de Queiroz Lima, contraiu matrimônio com Ernesto Pereira de Sousa, nascido no dia 29 de março de 1895, sendo filho de Manoel Pereira de Melo e de Ana Maria de Jesus.
Desse matrimônio foram gerados vários filhos, entre eles citamos: Odar Uchôa Pereira, Adauto Uchôa Pereira, Edimílson Uchôa Pereira, Maria Uchôa Pereira, Hozano Uchôa Pereira, João Uchôa Pereira, Lucimar Uchôa Pereira e Lucinda Pereira Viana.
Durante muitos anos residiu com a sua família na Rua Francisco Wilson Machado, s/nº, no Bairro Tibiquari, na cidade de Boa Viagem.

Imagem da residência de Francisca de Assis Uchôa, em 2006.

Faleceu no Município de Boa Viagem, aos 92 anos de idade, no dia 21 de abril de 1995.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado por seus familiares no Cemitério Parque da Saudade, que está localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, Centro.

BIBLIOGRAFIA:

  1. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  2. PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA BOA VIAGEM. Livro de registro dos batismos. 1898/1905. Livro A-08. Tombo nº 196. Página 88.
  3. PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA BOA VIAGEM. Livro de registro dos casamentos. 1918/1922. Livro B-05. Tombo nº 46. Página 88.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito José Vieira Filho – o Mazinho, através da lei nº 985, de 19 de dezembro de 2007, uma das ruas do Bairro Tibiquari recebeu a sua nomenclatura.