Hermínio Rodrigues Chagas

Hermínio Rodrigues Chagas nasceu no dia 11 de outubro de 1912 no Município de Quixeramobim, que está localizado no Sertão Central do Estado do Ceará, distante 203 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filho de Francisco Rodrigues das Chagas e de Maria Quintino Chagas.
Na época de seu nascimento veio a mundo através das mão de uma parteira na localidade de Madalena, que alguns anos depois conseguiu a sua autonomia política:

“Distrito criado com a denominação de Madalena pela lei nº 1.153, de 22 de novembro de 1951, subordinado ao Município de Quixeramobim… Elevado à categoria de Município com a denominação de Madalena pela lei estadual nº 6.376, de 1º de julho de 1963, desmembrado de Quixeramobim… Pela lei estadual nº 8.339, de 14 de dezembro de 1965, é extinto o Município de Madalena, sendo o seu território anexado ao Município de Quixeramobim, como simples Distrito… Elevado à categoria de Município e Distrito com a denominação de Madalena pela lei estadual nº 11.274, de 23 de novembro de 1986, desmembrado de Quixeramobim.”  (A História do Município de Madalena. Disponível em https://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=230763&search=||infogr%E1ficos:-hist%F3rico. Acesso no dia 29 de outubro de 20117)

Era comerciante e segundo informações existentes no livro B-7, pertencente ao Cartório Geraldina, 1º Ofício, tombo nº 342, folha 27v, no dia 22 de outubro de 1938, na vila de Guia, contraiu matrimônio com Maria Soares Chagas, que era nascida no dia 28 de junho de 1918, sendo filha de Abílio Soares Campos e de Tereza Alves de Jesus.
Desse matrimônio foram gerados cinco filhos, três mulheres e dois homens, sendo eles: Antônia Ivani Soares Vieira, Aurineide Soares Chagas, Idilva Soares chagas, Raimundo Soares Chagas e Francimar Soares Chagas
Nos últimos anos da década de 1970, deu apoio ao projeto político de seu genro, Misrain Fragoso Vieira, em conseguir uma das cadeiras da Câmara Municipal de Vereadores:

“Algum tempo depois, no dia 15 de novembro de 1976, militando nos quadros políticos da ARENA, a Aliança Renovadora Nacional, legenda nº 2.112, ingressou na vida pública pleiteando uma das cadeiras da Câmara Municipal de Vereadores, quando foi eleito ao receber a confiança de 1.435 eleitores, sendo o vereador com a segunda maior votação desse pleito.” (SILVA JÚNIOR, 2016: Misrain Fragoso Vieira. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/misrain-fragoso-vieira/. Acesso no dia 11 de julho de 2017)

Pouco tempo antes disso, estabeleceu-se comercialmente na cidade de Fortaleza, onde mantinha um pequeno comércio no Bairro da Parangaba, falecendo repentinamente no dia 8 de novembro de 1977, aos 65 anos de idade.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado em um mausoléu da família existente no Cemitério Parque da Paz, que está localizado na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, nº 4.454, Passaré.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito Benjamim Alves da Silva, embora ainda sem legislação específica, uma das ruas do Bairro Centro, na cidade de  Boa Viagem, recebeu a sua nomenclatura.