Açude da Boa Ventura

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O Açude da Boa Ventura é uma barragem de terra compactada que está localizado na localidade de Boa Ventura, dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão, distante pouco mais de 36 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem, no Município de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Imagem do Açude da Boa Ventura, em 2020.

Uma barragem, que também recebe o nome de açude ou represa, é uma barreira artificial feita de concreto ou terra compactada, construída em rios ou riachos, para a retenção de grandes quantidades de água.

A BASE LEGAL DE SUA NOMENCLATURA:

Essa importante represa, que possivelmente tenha sido construída com parte de recursos públicos, nunca recebeu nomenclatura da Câmara Municipal de Vereadores.

A HISTÓRIA DE SUA CONSTRUÇÃO:

A barragem desse açude foi construída por volta de 1932 em uma propriedade pertencente ao Agropecuarista José Alves de Oliveira, tendo possivelmente recebido ajuda das frentes de trabalho contratadas pelo Governo do Estado.

“Nos primeiros anos da década de 1930, mesmo com as incertezas da seca, essa localidade assistiu o seu primeiro surto de progresso, inicialmente com as melhorias físicas de sua capela, que foram patrocinadas pelo seu proprietário, e logo depois com a construção de um açude, possivelmente com mão de obra financiada pelo Governo do Estado.” (SILVA JÚNIOR, 2020: Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/boa-ventura/. Acesso no dia 19 de abril de 2020)

Mais tarde, nos últimos anos da década de 1940, já pertencendo ao General José Góes de Campos Barros, essa propriedade recebeu a construção de canais de irrigação, que eram alimentados por um sifão existente em sua parede, mesma técnica que foi utilizada na Fazenda Poldrinha, sua confinante.
Essas calhas, que são de tijolos comuns, foram construídas seguindo dois modelos, o de colunas e o de arco, que eram fechados no campo de preferência dos trabalhadores, momento em que as suas águas eram despejadas nos sulcos da terra, técnica que algum tempo depois foi abandonada por conta do desperdício d’água.

Imagem de uma das calhas de irrigação, tendo como suporte suas colunas, em 2020.

Nos últimos anos da década de 1980, com o planejamento de novas rodovias estaduais, a parede desse açude passou a servir como base da Rodovia Estadual CE-265, que eventualmente recebe reparos do Governo do Estado.

“A obra tem início saindo da BR-020 até o Assentamento Boa Ventura e segue até a localidade de Belo Horizonte beneficiando os moradores da região de Boqueirão e a todos que trafegam por aquelas estradas… O benefício é uma parceria da prefeitura com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA/CE).” (População da zona rural recebe obra de piçarramento de mais de um milhão de reais. Disponível em https://www.boaviagem.ce.gov.br/informa.php?id=80. Acesso no dia 6 de fevereiro de 2020)

Nessa mesma época, por conta do rompimento de um açude de menor capacidade existente dentro dessa propriedade, o Açude da Boa Ventura II, o sangradouro dessa represa foi alterado para o outro lado de sua parede com o patrocínio de seu proprietário, Clóvis Holanda de Oliveira.

AS CURIOSIDADES DO AÇUDE:

Uma barragem de sua importância exerce muita influência sobre a população abastecida por ela, gerando alegria ou comoção por ocasião de seu sangramento ou seca:

  • Os anos em que sangrou:
  1. 1974;
  2. 1994;
  3. 2004
  4. 2009;
  5. 2011.
  • Os anos em que ficou completamente seco:
  1. 2014.

AS CARACTERÍSTICAS DO AÇUDE:

Essa barragem, quando foi construída, possuía estas características, sendo que algumas delas podem ter sido modificadas por conta dos anos de assoreamento.

LOCALIZAÇÃO
Administração: Privado
Coordenadas: (S) 04º 53′ 52.6” (W) 039º 40′ 12.6”
Município: Boa Viagem
Distrito: Boqueirão
Localidade: Boa Ventura
Sistema: Banabuiú.
Rio: Riacho do Poço Cercado.

HIDROLOGIA
Bacia Hidrográfica:
Capacidade: 1.750.000 m³

BARRAGEM
Comprimento do Coroamento:
Largura do Coroamento:
Altura Máxima:
Cota:

SANGRADOURO
Cota:
Largura:

TOMADA D’ÁGUA
Tipo:
Comprimento:
Diâmetro:

BIBLIOGRAFIA:

  1. BRAGA, Renato. Dicionário Geográfico e Histórico do Ceará. Tomo II. Fortaleza: Imprensa Universitária do Ceará, 1967.
  2. FRANCO, G. A.; CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  3. GOMES, Raimundo Pimentel. Corografia Dinâmica do Ceará. Fortaleza: Departamento de Imprensa Oficial do Ceará, 1970.
  4. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  5. SILVA JÚNIOR, Eliel Rafael da. Boa Ventura. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/boa-ventura/. Acesso no dia 19 de abril de 2020.
  6. SOUSA BRASIL, Thomaz Pompeo de. Ensaio Estatístico da Província do Ceará. Tomo I. Fortaleza: Fundação Waldemar Alcântara, 1997.

3 ideias sobre “Açude da Boa Ventura

  1. Pingback: RECURSOS HÍDRICOS | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Distrito de Boqueirão | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Boa Ventura | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta