Joaquim Rodrigues Valença

Joaquim Rodrigues Valença nasceu por volta de 1799 no Município de Garanhuns, distante 230 quilômetros da cidade do Recife, no Estado de Pernambuco, sendo filho de José Rodrigues Valença e de Cosma Maria da Conceição Caluête.
Na época de seu nascimento veio ao mundo pelas mãos de uma parteira nas proximidades de uma localidade que foi denominada de São Bento.

“No fértil vale do Ipojuca, nasceu no final do século XIX a cidade de São Bento, originária da Fazenda Santa Cruz e considerada berço da pecuária leiteira e da avicultura na região. O nome da cidade teve origem na invocação que os moradores faziam ao santo, para se livrarem das cobras durante o desbravamento da fazenda na formação da cidade. A complementação do nome foi feita em 1941, homenageando ao Rio Una e distinguindo a cidade de outras com o mesmo nome.” (IBGE. A História de São Bento do Una. Disponível em https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/sao-bento-do-una/historico. Acesso no dia 5 de junho de 2019)

Antes disso, foi fruto da miscigenação existente na época, pois o seu pai era português, natural da cidade de Valença, e a sua mãe era índia, natural do sertão da Paraíba.
Mais tarde, por volta de 1820, aos 21 anos de idade, contraiu matrimônio com Paulina Pessoa Cavalcanti, com quem gerou alguns filhos, sendo eles: Francisco de Holanda Valença, Luiz Paulino de Holanda Valença, Antônio Paulino de Holanda Valença, José de Holanda Valença e Thereza de Jesus de Holanda Valença.
Era agropecuarista, sendo um dos criadores de gado dessa região, até que, em uma data incerta, veio a óbito por conta de uma queda de cavalo, sendo sepultado no Município de São Bento do Una, no Estado de Pernambuco.

BIBLIOGRAFIA:

  1. BARBALHO, Nelson. Cronologia pernambucana: subsídios para a história do Agreste e do Sertão – (1858-1828). Volume 15. Centro de Estudos de História Municipal, Fundação de Desenvolvimento Municipal do Interior de Pernambuco, 1984.
  2. CINTRA, Ivete de Morais. Gado Brabo de Senhores e Senzalas. Centro de Estudos de História Municipal. Recife: Fundação de Desenvolvimento Municipal do Interior de Pernambuco, 1988.
  3. CINTRA, I. M.; PAIVA, Adalberto; FIRMINO, João. São Bento do Una: Formação Histórica. Recife: Companhia Editora de Pernambuco, 1984.
  4. IBGE. A História de São Bento do Una. Disponível em https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/sao-bento-do-una/historico. Acesso no dia 5 de junho de 2019.
  5. TERRAS DE BARAÚNAS. Cosma Caluête. Disponível em http://terrasdebaraunas.blogspot.com/2015/06/cosma-caluete.html. acesso no dia 7 de junho de 2019.