A Pedra da Ema

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

A Pedra da Ema é um potencial sítio arqueológico existente no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza.

Imagem da Pedra da Ema, em 2014.

Imagem da Pedra da Ema, em 2014.

Esse sítio foi recentemente listado no Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos do IPHAN, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, também denominado de Arquivo Noronha Santos.

COMO CHEGAR AO SÍTIO:

Saindo do Marco Zero do Município, que está localizado no Centro da cidade de Boa Viagem, segue em direção a Rua Deodato José Ramalho, nome urbano da Rodovia Estadual Senador Fernandes Távora, a CE-266, na direção do Município de Tamboril.
A cruzar com a Rua Joaquim Bezerra da Costa Mendes toma direção à esquerda até a localidade denominada de Jatobá, daí segue até a localidade de Trapiazeiro, depois Cachoeira dos Vales, passando ao lado da Barragem Presidente Tancredo de Almeida Neves, na localidade de Poço da Cobra.
Da localidade de Cachoeira dos Vales segue até à Fazenda Almas, em seguida passa pela localidade de Trapiá e em uma bifurcação toma-se rumo à esquerda em direção da vila de Ipiranga, passando pela comunidade de New York, Barro Vermelho e por fim na Estrela dos Ludugeros, na propriedade pertencente ao Sr. João Evangelista Queiroz.

AS CONDIÇÕES DO SÍTIO:

Esse possível sítio arqueológico está localizado em uma pequena gruta, no topo de uma rocha existente ao lado da Cachoeira da Estrela, que por conta de sua distância da rodovia municipal e da baixa visitação ainda se encontra bastante preservado da ação dos vândalos.

Imagem da gruta onde se encontra a Pedra da Ema, em 2014.

Imagem da gruta onde se encontra a Pedra da Ema, em 2014.

Por ser bem distante da cidade, e ter um número pequeno de visitantes, ele ainda consegue preservar os detalhes de seu entalhe na rocha, que está localizado no piso da gruta.
A pequena gruta, com pouco mais de 1,70 m de altura por 1 m de largura, possui uma rocha como cobertura de 5,15 m. De um de seus lados o entalhe da ema é praticamente imperceptível, já do outro, dependendo do ângulo do Sol, o visitante não terá dificuldade em percebê-lo com bastante nitidez.
No dia 28 de junho de 2017, uma equipe comandada pelo Arqueólogo Igor Pedroza, a serviço do IPHAN e em parceria com a Prefeitura de Boa Viagem, esteve nesse sítio realizando um trabalho de cadastro para realização do tombamento desse local.

COMO VOCÊ PODE AJUDAR EM SUA PRESERVAÇÃO:

O ideal seria permanecer com esse local fechado para o público até que os governos organizassem uma estrutura física, logística e com pessoal qualificado para explorar a potencialidade turística dessa região.

Imagem da Pedra da Ema, em 2014.

Imagem da Pedra da Ema, em 2014.

Embora percebamos essa urgente necessidade, infelizmente o Governo Municipal não sinaliza nenhuma vontade nesse sentido, e as pessoas vão continuar fazendo essa visita sem nenhum tipo de orientação e responsabilidade. Ao visitar esse local, as pessoas devem estar atentas ao seguinte:

  1. Não se deve fazer nenhum tipo de fogueira que danifique às gravuras;
  2. Não se deve passar o dedo, tinta, água ou qualquer outro objeto para “reviver” a gravura;
  3. Não se deve deixar lixo no local;
  4. Não se deve fazer nenhum tipo de gravura ou pintura no local.

Bom mesmo seria que a associação comunitária da localidade abraçasse a responsabilidade pelo zelo, vigilância e manutenção desse sítio, que teria a sua vida preservada por mais anos.

AS CARACTERÍSTICAS DO SÍTIO:

  • Nome do sítio: Pedra da Ema.
  • Designação do IPHAN:
  • Distância da cidade: 48 quilômetros.
  • País: Brasil.
  • Estado: Ceará.
  • Município: Boa Viagem.
  • Distrito: Ipiranga.
  • Localidade: Estrela do Ludugeros.
  • Altitude: 427 m.
  • Coordenadas: (S) 05º 18′ 29,3” (W) 039º 59′ 26,0”.
  • CNSA:
  • Largura: 1 m.
  • Altura: 1 m.
  • Área: 10 m².
  • Estratigrafia: Não.
  • Vegetação: Savana-estépica (Caatinga).
  • Propriedade da terra: Particular.
  • Proteção legal: Federal.
  • Lei: 3.924, de 26 de julho de 1961.
  • Tipo de sítio: Arte rupestre.
  • Arte rupestre: Entalhe.
  • Deposição: Superfície.
  • Exposição: Abrigo sob rocha.
  • Artefato: Não.
  • Ano do registro:
  • Tombo: Federal.
  • Vigilância: Não.
  • Identificação: Sim.

3 ideias sobre “A Pedra da Ema

  1. Pingback: O TURISMO NO MUNICÍPIO DE BOA VIAGEM | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Cachoeira do Escondido | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Os Sítios Arqueológicos do Município de Boa Viagem | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta