Matadouro Municipal

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O antigo Matadouro Municipal estava localizado na Rua Alfredo de Sousa Terceiro, s/nº, no Bairro Alto do Motor, na cidade de Boa Viagem, no Município de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Imagem do primeiro matadouro público do município, em 1964.

Esse importante equipamento público foi o primeiro a ser destinado ao abate de animais e ao processamento de carnes para o consumo humano, sendo gerenciado pela Prefeitura de Boa Viagem.

“Abatedouro, matadouro ou açougue é a instalação industrial destinada ao abate, processamento e armazenamento de produtos de origem animal. A localização, operação e os processos utilizados respondem a uma variedade de conceitos, como proximidade do produtor, logística, saúde pública e até preceitos religiosos. Mais recentemente, medidas de direitos dos animais levaram a alterações que diminuem a crueldade para com os animais. Problemas de poluição por dejetos também podem ser evitados com planejamento e equipamentos adequados.” (WIKIPÉDIA, 2000: Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Abatedouro. Acesso no dia 27 de novembro de 2021)

A BASE LEGAL DE SUA DENOMINAÇÃO:

Esse abatedouro público nunca teve a sua nomenclatura regulamentada pela Câmara Municipal de Vereadores de Boa Viagem, sendo conhecido popularmente apenas pelo nome de sua funcionalidade.

UM POUCO DA HISTÓRIA DE SUA CONSTRUÇÃO E FINALIDADE:

Esse matadouro foi construído em 1964, tendo sido inaugurado no dia 21 de novembro, na gestão do Prefeito Dr. Manuel Vieira da Costa – o Nezinho, que investiu grandes esforços em seu governo para acabar com o costume de abater os animais para o consumo de forma clandestina.

Imagem do dia 21 de novembro de 1964, data em que esse matadouro foi inaugurado.

A intenção dessa importante medida era melhorar as condições de higiene, a fiscalização sanitária, bem como estabelecer uma técnica padronizada para abater tais animais, algo que visava diminuir a crueldade.
Nessa época esse simples matadouro era formado apenas por um simples galpão e curral, sendo que o abate dos animais era feito com uma ou mais pancadas de machado sob suas cabeças.
Depois do abate a carcaça desses animais era encaminhada e depois retalhada pelos açougueiros, que vendiam os seus produtos no Mercado Público Municipal Jessé Alves da Silva, onde havia a concentração dos açougues da cidade.

“Ainda tenho a grata recordação e a saudade daquele movimento e barulho de nosso mercado velho, em cujas dependências funcionavam a feira livre, boa parte do comércio e a venda de carnes.” (NASCIMENTO, 2002: p.)

Nos últimos anos da década de 1970, tendo a sua estrutura bem perto do Centro da cidade, na gestão do Prefeito Benjamim Alves da Silva, esse equipamento foi desativado e posteriormente demolido depois da construção do Matador Público João Marcos Uchôa.

Imagem do Matadouro Público João Marcos Uchôa, em 2007.

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A. & CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  3. WIKIPÉDIA. Abatedouro. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Abatedouro. Acesso no dia 27 de novembro de 2021.

1 pensou em “Matadouro Municipal

  1. Pingback: Matadouro Público João Marcos Uchôa | História de Boa Viagem

Deixe um comentário