Elvira Soares de Almeida

Elvira Soares de Almeida nasceu por volta de 1909 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filha de Manoel Amâncio do Nascimento e de Raimunda Nonata do Nascimento.
Foi casada com Pedro Soares de Almeida, que nasceu no dia 6 de junho de 1899, sendo filho de Pedro José Soares de Freitas e de Maria das Virgens Soares de Freitas.
De seu matrimônio foram gerados nove filhos, cinco homens e quatro mulheres, sendo eles: Maria Soares Sousa, Clóvis Soares de Almeida, Pedro Soares de Almeida Filho, Gaspar Soares de Almeida, Raimunda Soares Dias, Osmarina Soares Cavalcante, José Soares Almeida, Raimundo Ivo Soares Almeida e Rosimar Soares Amâncio.
Depois de casada, passou a residir em uma localidade denominada de Poço da Pedra, onde foram um dos primeiros moradores.

“O seu primeiro morador foi o Sr. Pedro Soares de Almeida, que foi homenageado dando nome à rua e à escola da localidade do Poço da Pedra.” (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA, 2007: p. 30)

Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado por seus familiares em um túmulo existente no Cemitério das Lembranças.

 

Elvira Soares de Almeida

Nasceu por volta do ano de 1909 em Boa Viagem no estado do Ceará. Filha de Manoel Amâncio do Nascimento (Soares) e Raimunda Nonato do Nascimento.

 Viveu toda a sua vida no atual distrito de Poço da Pedra sendo que seu pai era do serrote do Trapiá e sua mãe era de uma família da chamada Serra do Machado. Foi casada com o senhor Pedro Soares de Almeida sendo que os pais destes residiam no atual Poço da Pedra, e deste casamento foram gerados em torno de 27 filhos dos quais apenas 9 chegaram a vida adulta que são… Ela tinha problemas com alcoolismo, e que, segundo alguns de seus familiares ainda vivos, seu vício se deu por conta de decepções amorosas causadas por seu esposo Pedro Soares de Almeida. Deste vício provavelmente foram gerados alguns problemas de saúde que podem ter ocasionado uma série de abortos espontâneos. Faleceu por volta do ano de 1956 aos 47 anos vítima de uma hemorragia grave durante o parto de um de seus filhos. Seu corpo foi sepultado no cemitério das Lembranças.

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A. & CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito José Carneiro Dantas Filho – o Régis Carneiro, por meio da lei nº 1.457, de 8 de dezembro de 2021, uma das ruas da vila do Poço da Pedra recebeu a sua nomenclatura.

2 pensou em “Elvira Soares de Almeida

  1. Pingback: Rua Pedro Soares de Almeida | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Rua Elvira Soares de Almeida | História de Boa Viagem

Deixe um comentário