Maria Ernestina Tavares

Maria Ernestina Tavares nasceu no dia 5 de janeiro de 1867 em um local para nós ainda desconhecido.
Na época do seu nascimento a vila de Boa Viagem, que também era conhecida pela alcunha de “Cavalo Morto”, era apenas uma minúscula localidade existente dentro dos limites geográficos pertencentes ao Município de Quixeramobim.

“Distrito criado com a denominação de Boa Viagem, ex-povoado de Cavalo Morto, pela lei provincial nº 1.025, de 18 de novembro de 1862. Elevado à categoria de vila com a denominação de Boa Viagem, pela lei provincial nº 1.128, de 21 de novembro de 1864, desmembrado de Quixeramobim.” (IBGE, 2000: Disponível em http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=230240&search=ceara|boa-viagem|infograficos:-historico. Acesso no dia 13 de julho de 2017)

Nos últimos anos do século XIX, não sabemos por qual motivo, passou a residir com a sua família no Município de Boa Viagem, onde durante anos exerceu atividade de professora.
Era casada com Severino Ernesto Tavares, nascida no dia 10 de fevereiro de 1857, com quem gerou vários filhos, entre eles Citamos: Adelino Tavares e Maria Tavares, que faleceram pouquíssimo tempo depois de seus nascimentos; e Francisco Ernesto Tavares.
No dia 12 de novembro de 1925, juntamente com os seus familiares, partilhou da notícia do falecimento de seu esposo, que veio a óbito aos 67 anos de idade.
Faleceu na cidade de Boa Viagem no dia 27 de agosto de 1952, aos 85 anos de idade.
Logo após o seu óbito, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado por seus familiares no mausoléu da família existente no Cemitério Parque da Saudade, que está localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, no Centro da cidade de Boa Viagem.

Mausoléu da família Queiroz Ramalho.

Imagem do mausoléu de Severino Ernesto Tavares.

BIBLIOGRAFIA:

  1. IBGE. Histórico de Boa Viagem. Disponível em http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=230240&search=ceara|boa-viagem|infograficos:-historico. Acesso no dia 13 de julho de 2017.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  3. SILVA JÚNIOR, Eliel Rafael da. A História da Instrução Pública no Município de Boa Viagem: A sua formação social e pedagógica entre 1864 e 1931. Dissertação apresentada a Flórida Christian University. João Pessoa, 2019.

3 ideias sobre “Maria Ernestina Tavares

  1. Pingback: Severino Ernesto Tavares | História de Boa Viagem

  2. Pingback: JANEIRO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: AGOSTO | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta