Capela de Santa Luzia – Boqueirão

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

A Capela de Santa Luzia está localizada na Rua José André da Cruz, s/nº, no Centro da vila de Boqueirão, dentro dos limites geográficos do Distrito do Boqueirão, distante 42 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem, no Município de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Capela de Santa Luzia.

Imagem da Capela de Santa Luzia, na Vila de Boqueirão, em 2008.

Esta capela está sob os cuidados da Paróquia de Nossa Senhora da Guia, pertencente à Diocese de Quixadá, costumando celebrar às festividades de sua padroeira, seguindo o calendário litúrgico romano, no dia 13 de dezembro.

“Santa Lúcia de Siracusa, nascida em 283 e falecida no dia 13 de dezembro de 304, mais conhecida como Santa Luzia, segundo a tradição da Igreja Católica, é venerada como virgem e mártir cristã, que, segundo consta, morreu durante as perseguições do imperador Diocleciano. O episódio da cegueira, ao qual a iconografia a representa, deve estar ligado ao seu nome Luzia (Lúcia) derivado da palavra latina ‘lux’, que quer dizer luz, elemento indissolúvel ao sentido da vista, mas também à faculdade espiritual de captar a realidade sobrenatural.”

O HISTÓRICO DE SUA CONSTRUÇÃO:

No passado, quando recebia a visita de algum padre, algo que era muito festejado, as celebrações religiosas que aconteciam nessa localidade costumavam ocorrer na residência de algum de seus moradores.
Nessa época, por volta de 1947, diante da dimensão geográfica do Município de Boa Viagem, por ordem da Arquidiocese de Fortaleza, ocorreu a divisão territorial de algumas paróquias, fazendo com que essa localidade fosse transferida da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem para os cuidados da paróquia mais próxima, a Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, de Madalena, que era um Distrito pertencente ao Município de Quixeramobim.

“Em 1º de janeiro de 1947, Dom Lustosa, pelo Decreto de nº 0033, criou a Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, com território destacado principalmente de Quixeramobim mas com parte retirada também de Canindé (quando foi necessário um entendimento com o superior dos franciscanos em virtude dos direitos que assistem a essa ordem, pelo contrato que lhes entregou à freguesia da São Francisco) e outra parte de Boa Viagem. O Pe. Edmundo, primeiro vigário do lugar, ficara de chagar em 28 de abril de 1947, porque no outro dia seria a sua posse; só que era um a época muito chuvosa e ele só pôde chegar no dia 29 de abril… Em 30 de abril do mesmo ano, Pe. Raimundo Nonato Camelo (Pe. Edmundo), foi empossado pelo Pe. Clineu, de Boa Viagem e desde logo, passou a considerar a possibilidade de ergue uma nova matriz.” (Histórico sobre a fundação da Paróquia de Madalena. Disponível em http://walquimarhistoria.blogspot.com/2011/12/historico-sobre-fundacao-da-paroquia-de.html. Acesso no dia 2 de março de 2020)

Muitos anos depois, por volta de 1983, no paroquiato do Pe. Pedro Paulo Cavalcanti de Menezes, desejando possuir um espaço adequando para as suas celebrações religiosas, o patrimônio dessa capela foi iniciado graças a doação de uma propriedade efetuada pela Srtª Luzia Rodrigues da Silva.

“A padroeira do Boqueirão é Santa Luzia, em cuja honra foi erguida uma capela, em 1983. O terreno foi doado pelo Sr. Luiz Gonzaga Rodrigues, conhecido como Gonzaga Bento, que tinha uma filha chamada Luzia, que era muito religiosa. Ela comparecia em todas as missas, ajudava na conservação das igreja e era muito devota. Em reconhecimento ao seu trabalho, os moradores entraram em um acordo e escolheram Santa Luzia como padroeira da capela.” (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA. 2007: p. 59)

Mais tarde, nos primeiros anos da década de 1990, reunindo às qualidades necessárias, os limites dos territórios das paróquias existentes nessa região foram reformulados para criação da Paróquia de Nossa Senhora da Guia, a quem o patrimônio dessa capela passou a pertencer.

“Alguns anos depois, no dia 16 de janeiro de 1994, finalmente a freguesia foi transformada em paróquia com a posse de seu primeiro pároco, o Pe. Raimundo Nonato de Oliveira.” (SILVA JÚNIOR, 2012: Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/paroquia-de-nossa-senhora-da-guia/. Acesso do dia 12 de setembro de 2019)

Depois de construída, segundo Talita Costa da Silva, aos poucos essa capela tornou-se um dos pontos de referência da cultura religiosa e de encontro social das famílias de sua região.

“Em Boqueirão, é realizada a festa da Padroeira Santa Luzia nas casas das famílias, nas praças e na igreja. Os participantes saem em procissão, conduzindo a imagem da padroeira até a casa de uma das famílias, às cinco horas da manhã. Às dezoito horas, a imagem volta em procissão para a igreja, acompanhada por cânticos e rezas. Às dezenove horas, realiza-se a novena e logo após tem o momento social, com a instalação de barracas com várias comidas tipicas. Esse evento tem a duração de nove noites.” (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA. 2007: p. 59)

OS DIRIGENTES DA CAPELA:

Essa humilde localidade não possui condições para manter um padre residente, mas já contou com o trabalho voluntário de vários dirigentes, sendo eles:

A ESTRUTURA FÍSICA DO TEMPLO:

Para executar bem as suas atividades a Capela de Santa Luzia possui a seguinte estrutura:

  1. Sacristia: 1
  2. Santuário: 1

A PROGRAMAÇÃO:

As atividades semanais da programação da Capela de Santa Luzia, na vila de Boqueirão, são as seguintes:

  • MISSAS:
  1. Toda 4ª Quinta-Feira do mês ⇒ 19h (noite).
  • CELEBRAÇÃO DA PALAVRA:
  1. Domingo ⇒ 19h (noite).
  • TERÇO DOS HOMENS:
  1. Segunda ⇒ 19h (noite).
  • TERÇO DA MÃE RAINHA:
  1. Todo dia 18 do mês ⇒ 19h (noite).

O CONTATO:

O canal de comunicação com a Capela de Santa Luzia, na vila de Boqueirão, é o seguinte:

  • Telefone:
  1. 88.3427-4050 (Secretaria Paroquial).

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A.; CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  3. SILVA JÚNIOR, Eliel Rafael da. A Paróquia de Nossa Senhora da Guia. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/paroquia-de-nossa-senhora-da-guia/. Acesso no dia 12 de setembro de 2019.
  4. SILVA JÚNIOR, Eliel Rafael da. Boqueirão. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/boqueirao/. Acesso no dia 27 de fevereiro de 2020.

6 ideias sobre “Capela de Santa Luzia – Boqueirão

  1. Pingback: Paróquia de Nossa Senhora da Guia | História de Boa Viagem

  2. Pingback: DEZEMBRO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Rua Guilherme Costa | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Rua José André da Cruz | História de Boa Viagem

  5. Pingback: Boqueirão | História de Boa Viagem

  6. Pingback: Distrito de Boqueirão | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta