Açude Manoel João da Silva

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O Açude Manoel João da Silva é uma represa que foi construída para abastecer a vila de Águas Belas, sede do Distrito de Águas Belas, distante 52 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem, na zona rural do Município de Boa Viagem, no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará.

Imagem da parede do Açude Manoel João da Silva, em 2018.

Um açude, que também recebe o nome de barragem ou represa, é uma barreira artificial feita de concreto ou terra compactada, construída em rios ou riachos, para a retenção de grandes quantidades de água.

A BASE LEGAL DE SUA NOMENCLATURA:

Esse açude, que é particular, nunca recebeu uma nomenclatura oficial, tendo o seu vocativo dado pelos moradores da localidade, que passaram a utilizar o nome de seu proprietário, o Sr Manoel João da Silva.
A população dessa localidade também utiliza o nome de “Pigoita”, que reflete a forma como foi construído, utilizando a mão-de-obra das frentes de trabalho, que só tinham hora para começar.

A HISTÓRIA DE SUA CONSTRUÇÃO E A SUA FINALIDADE:

Nos últimos anos da década de 1950, por conta de sucessivos anos de estiagem, o Sr. Manoel João da Silva, um dos principais agropecuaristas e comerciantes daquela região, resolveu investir na construção de uma represa dentro de sua propriedade, que também serviria para abastecer os moradores da localidade de Águas Belas, que alguns anos depois foi elevada para condição de vila.

Imagem da bacia seca deste açude, em 2018.

Nesse intuito, através da influência de alguns amigos, entre eles Afonso Celso de Castro Machado, Percival Barroso e Carlos Jereissati, conseguiu recursos e o estudo técnico da referida represa, que foi concluído no dia 14 de julho de 1957.
Algum tempo depois, nos últimos meses de 1959, depois de muito sacrifício, tendo em vista que não haviam máquinas para executar o serviço, a sua barragem foi construída com o material que era escavado e em seguida puxado em cima de couros de boi, sendo posteriormente compactado por trabalhadores com batedores de madeira.
No ano seguinte, depois de algumas chuvas, a represa não suportou o volume d’água, vindo a romper e a frustar um sonho de muitos anos, diante disso, insatisfeito com o ocorrido e desejando ver o seu projeto realizado com sucesso, o Sr. Manoel João da Silva decidiu fazer um empréstimo, promovendo os reparos necessários nos últimos meses de 1963.

AS CURIOSIDADES DO AÇUDE:

Uma barragem de sua importância exerce muita influência sobre a população abastecida por ela, gerando alegria ou comoção por ocasião de seu sangramento ou seca:

  • Os anos em que sangrou:
  1. 1994;
  2. 2004
  3. 2009;
  4. 2011.
  • Os anos em que ficou completamente seco:
  1. 1983;
  2. 2014.

AS CARACTERÍSTICAS DO AÇUDE:

Essa barragem, quando foi construída, possuía estas características, sendo que algumas delas podem ter sido modificadas por conta dos anos de assoreamento.

LOCALIZAÇÃO:
Administração: Governo do Município.
Coordenadas:
Município: Boa Viagem.
Distrito: Águas Belas.
Localidade: Águas Belas.
Sistema: Banabuiú.
Rio: Aniceto.

HIDROLOGIA:
Bacia Hidrográfica: 20.900 km²
Capacidade: 1.107.750 m³

BARRAGEM:
Comprimento do Coroamento:
Largura do Coroamento:
Altura Máxima:
Cota:

SANGRADOURO:
Cota:
Largura: 45 m

TOMADA D’ÁGUA:
Tipo:
Comprimento:
Diâmetro:

3 ideias sobre “Açude Manoel João da Silva

  1. Pingback: OS RECURSOS HÍDRICOS DO MUNICÍPIO DE BOA VIAGEM | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Manoel João da Silva | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Distrito de Águas Belas | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta