Morreu pra Você

MORREU PRA VOCÊ.

Francisco Erialdo Rodrigues Costa
Rogerlando (Ilustrador)

Conta-se que José Vieira Filho, o Mazinho, em uma das vezes que governou o Município de Boa Viagem, como de costume, recebeu a visita de um cidadão do interior em seu gabinete.
Conversa vai, conversa vem, e querendo lembrar o nome do cidadão perguntou: – E o seu pai, como ele está?
O homem, com ar de espanto pela pergunta, disse: – O meu pai, prefeito!? Ele morreu faz cinco anos.
E o prefeito, como todo bom político se saiu dessa gafe de uma forma genial, colocou a mão no peito e exclamou em alto em bom som: – Morreu pra você filho ingrato, mas para mim ele continua vivo do lado esquerdo do meu peito!

Uma ideia sobre “Morreu pra Você

  1. Pingback: CRÔNICAS E POESIAS | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta