Antônio Ferreira de Melo

Antônio Ferreira de Melo nasceu no dia 22 de abril de 1973 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filho de Antônio de Melo Paiva e de Maria Ferreira de Oliveira.
Os seus avos paternos se chamavam Manoel Moreira de Melo e Tereza Maria de Melo, já os maternos eram Jovenço Naro da Silva e Júlia Maria da Conceição.
Alguns anos mais tarde, quando chegou a época de iniciar a sua vida estudantil, foi matriculado pelos seus pais em uma das turmas da Escola de Ensino Fundamental David Vieira da Silva, onde estudou até o último ano do antigo 1º Grau.

“Nascera em Boa Viagem, cidade do agreste, mas nunca teve um coração seco. De espírito quixoteano, saiu da terra natal ainda adolescente, fixando moradia em Fortaleza nos anos noventa. Formou-se em letras pela UFC, cursou Bacharelado em Filosofia pela mesma universidade. Atualmente, está concluindo o curso de Licenciatura em Filosofia pela UECE. Além de poeta, contista e cronista, é professor de Gramática, Literatura, Redação e Filosofia em escolas públicas e particulares de ensino médio.” (TORRES, Alan; ARAÚJO, André et alii, 2019: p. 80)

Nessa época, por volta de 1987, diante da separação de seus pais, passou a residir na capital do Estado, onde enfrentando grande dificuldade conseguiu concluir a sua formação complementar.

“As inconstâncias da vida me levaram de minha terra natal ainda adolescente, contava eu 14 ou 15 anos, depois de idas e vindas, fixei moradia em Fortaleza nos anos noventa. Na capital cearense, senti primeira vez a verdadeira sensação proporcionada pela música Sampa, de Caetano Veloso. Confesso que à primeira vista fiquei encantado com as construções altas, com o barulho constante de carros, buzinas, as ruas lotadas, a movimentação acelerada, muito diferente do que sentia ao sair de Boa Viagem. A vida na famosa Iracema nunca foi fácil, entanto, como bom boa-viagense, soube retirar cada pedra do caminho.”

Nos primeiros meses de 2000, apaixonado por literatura, prestou vestibular para Letras na UFC – a Universidade Federal do Ceará, onde colou grau nos últimos meses de 2006, época em que ingressou no bacharelado em Filosofia.
Recebendo o incentivo de alguns amigos, ingressou no caminho das letras, como poeta, contista e cronista, utilizando o pseudônimo de “Antônio Ortiz”.

BIBLIOGRAFIA:

  1. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  2. TORRES, Alan; ARAÚJO, André; ORTIZ, Antônio; FARIAS, Sinval. Coisas de Sala de Aula & Outras Crônicas. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2019.
  3. ORTIZ, Antônio. A Forma do Outro. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2014.
  4. ORTIZ, Antônio. Palavraria da Infância. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2016.

2 pensou em “Antônio Ferreira de Melo

  1. Pingback: Antônio Ferreira de Melo (Bibliografia) | História de Boa Viagem

  2. Pingback: ABRIL | História de Boa Viagem

Deixe um comentário