Maria Pinto de Mesquita

Maria Pinto de Mesquita nasceu em local e em data ainda desconhecida, sendo filha de Antônio Pinto de Mesquita e de Ana Maria de São Tiago.
Segundo informações existentes no livro B-01, pertencente à secretaria da Paróquia de Santa Quitéria, no dia 24 de outubro de 1856, na Fazenda Santa Rosa, diante do Pe. Francisco Manoel de Lima e Albuquerque, contraiu matrimônio com José Rodrigues Cavalcante, sendo filho de José Joaquim Cavalcante e de Luiza Vitoriana da Costa.
Desse matrimônio foram gerados alguns filhos, dentre eles destacamos: Francisca Rodrigues Cavalcante, Bento Rodrigues Cavalcante, Maria Rodrigues Cavalcante, José Rodrigues Cavalcante, João Raimundo Cavalcante e Maria do Carmo Rodrigues.
Algum tempo depois de seu casamento passou a residir em uma localidade denominada de Poço Cercado, que hoje é denominado de Boa Ventura, dentro do Distrito de Boqueirão, no Município de Boa Viagem.
Nessa época o Município de Boa Viagem ainda não existia e este pertencia ao território do Município de Quixeramobim, algo que só ocorreu a partir do dia 21 de novembro de 1864.

“Distrito criado com a denominação de Boa Viagem, ex-povoado de Cavalo Morto, pela lei provincial nº 1.025, de 18 de novembro de 1862. Elevado à categoria de vila com a denominação de Boa Viagem, pela lei provincial nº 1.128, de 21 de novembro de 1864, desmembrado de Quixeramobim.” (IBGE, 2010: Histórico de Boa Viagem. Disponível em http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=230240&search=ceara|boa-viagem|infograficos:-historico. Acesso no dia 13 de julho de 2017)

BIBLIOGRAFIA:

  1. PARÓQUIA DE SANTA QUITÉRIA. Livro de registro dos casamentos. 1855-1865. Livro A-01. Página 24.
  2. IBGE. Histórico de Boa Viagem. Disponível em http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=230240&search=ceara|boa-viagem|infograficos:-historico. Acesso no dia 13 de julho de 2017.

2 pensou em “Maria Pinto de Mesquita

  1. Pingback: Bento Rodrigues Cavalcante | História de Boa Viagem

  2. Pingback: José Rodrigues Cavalcante | História de Boa Viagem

Deixe um comentário