José Pattápio da Costa Jatahy

José Pattápio da Costa Jatahy nasceu no dia 10 de novembro de 1910 na cidade de Fortaleza, a capital do Estado do Ceará, sendo filho de Carlos Jatahy e de Benvinda Costa Jatahy.
Mais tarde, em 1934, quando João Dummar funda a Ceará Rádio Clube, a PRE-9, José Jatahy, possuidor de potente voz, já era conhecido como o grande seresteiro de Fortaleza.
A primeira rádio do Ceará formava pouco a pouco a sua equipe de profissionais e o cantor boêmio foi o primeiro contratado pela emissora, sendo durante algum tempo a sua grande atração. Juntaram-se a ele Moacir Weyne, Romeu Menezes, João Milfont e Lauro Maia, afora os frequentadores dos programas de auditório apresentados semanalmente contando já com o acompanhamento da orquestra da própria rádio.

“José Pattápio da Costa Jatahy foi um dos mais famosos artistas do Estado do Ceará. Em 1942, em um concurso promovido pelo maestro argentino radicado no Rio de Janeiro, Heriberto Leandro Muraro (Heriberto Muraro), no Teatro José de Alencar, foi escolhido o cantor do ano no Estado. Foi parceiro de Luiz Gonzaga nas composições DESSE JEITO SIM e EU VOU PRO CRATO, ambas  gravadas pelo Rei do Baião. Foi o primeiro cantor contratado da Ceará Rádio Clube nos anos 1930. Presidiu o Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Ceará. Sua militância política comunista no PCB o levou a ser preso pela ditadura militar instaurada em 1964.” (WIKIPÉDIA, 2000: Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Jatahy. Acesso no dia 26 de novembro de 2020)

Ao ser escolhido como o melhor cantor do Ceará em um festival realizado em 1942 no Teatro José de Alencar, passou a ser distinguido pelo público com a fama de “o pioneiro do rádio” e “O maioral”.
Já nessa época era visto pelas oligarquias locais como um elemento de ideias perigosas e isso é expresso pelo próprio João Dummar que buscava, sem sucesso, um substituto que suplantasse o seu talento.
Diante desse fato e das pressões sofridas, dedicou-se a partir do restante dos anos da década de 1940 a criação e montagem de uma rádio na cidade de Campina Grande, onde inaugura junto a outros companheiros tais como Hilton Mota e Gil Gonçalves, a primeira rádio dessa cidade, a BFR-5 Rádio Cariri, permanecendo nessa cidade até a segunda metade da década seguinte, quando vende a rádio e retorna para Fortaleza.

“A Rádio Cariri FM é uma emissora de rádio da cidade de Campina Grande, na Paraíba. Fundada em 13 de maio de 1948, é a emissora mais antiga da cidade… mudando completamente o cotidiano das pessoas daquela cidade que esboçava um grande desenvolvimento. No inicio da década de 1960 foi comprada pelos Diários Associados, sendo revendida anos depois.” (WIKIPÉDIA, 2000: Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/101_FM_(Campina_Grande). Acesso no dia 26 de novembro de 2020)

Nos primeiros meses de 1975, na gestão do Prefeito Dr. Francisco Vieira Carneiro – o Major Carneiro, foi contratado pelo Governo Municipal para gravar o hino do Município de Boa Viagem, sendo o seu primeiro interprete, letra que foi oficializada mais tarde, em 1991, na gestão do Prefeito Benjamim Alves da Silva.
Mais tarde, no dia 19 de maio de 1983, faleceu na cidade de Fortaleza depois de completar 73 anos de idade.

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A. & CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  3. WIKIPÉDIA. José Jatahy. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Jatahy. Acesso no dia 26 de novembro de 2020.
  4. WIKIPÉDIA. 101 FM (Campina Grande). Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/101_FM_(Campina_Grande). Acesso no dia 26 de novembro de 2020.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, em 2010, na gestão da Prefeita Luizianne de Oliveira Lins, uma das avenidas da cidade de Fortaleza recebeu a sua nomenclatura.

3 pensou em “José Pattápio da Costa Jatahy

  1. Pingback: O Hino do Município | História de Boa Viagem

  2. Pingback: NOVEMBRO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: MAIO | História de Boa Viagem

Deixe um comentário