Jerônimo Alves Bezerra

Jerônimo Alves Bezerra nasceu no dia 30 de outubro de 1894 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão de Canindé, no Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filho de Manoel Alves Bezerra e de Maria Tertulina da Conceição.
Era agropecuarista e segundo informações existentes no livro B-05, pertencente ao Cartório Geraldina, 1º Ofício, folha 2, contraiu matrimônio com Antônia Bezerra de Morais.
No pleito eleitoral que ocorreu no dia 3 de outubro de 1950, desejando entrar na vida pública por meio de um mandato eletivo na Câmara Municipal de Vereadores, militando nos quadros políticos da UDN – a União Democrática Nacional, disputou uma das vagas do Poder Legislativo municipal, oportunidade em que conseguiu receber a confiança de apenas 133 eleitores, conseguindo ficar na primeira suplência de seu partido.
Nessa legislatura, nos últimos meses de 1951, com a inesperada renúncia do Vereador Walter Batista de Santana, que passou a residir na capital, tomou assento na Câmara de Vereadores e concluiu esse mandato.
Segundo informações existentes no livro C-11, pertencente ao Cartório Geraldina, tombo nº 5.079, folha 42v, faleceu na cidade de Boa Viagem no dia 18 de dezembro de 1971, aos 77 anos de idade.
Logo após o seu falecimento, depois das despedidas fúnebres que são de costume, o seu corpo foi sepultado por seus familiares no mausoléu existente Cemitério Parque da Saudade, que está localizado na Rua Joaquim Rabêlo e Silva, nº 295, Centro.

Imagem do túmulo da Família Alves Bezerra, em 2015.

BIBLIOGRAFIA:

  1. BARROS LEAL, Antenor Gomes de. Avivando Retalhos. 2ª edição. Fortaleza: Henriqueta Galeno, 1983.
  2. FRANCO, G. A.; CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  3. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  4. TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ. Primeiras Eleições e Acervo Documental. Fortaleza: TRE, 2007.
  5. VIEIRA FILHO, José. Minha História, Contada por Mim. Fortaleza: LCR, 2008.

HOMENAGEM PÓSTUMA:

  1. Em sua memória, na gestão do Prefeito José Vieira Filho – o Mazinho, através da lei nº 459, de 21 de março de 1988, uma das ruas da cidade de Boa Viagem receberá a sua nomenclatura;
  2. Em sua memória, na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, através da lei n° 763, de 4 de outubro de 2001, uma escola da rede municipal recebeu a sua denominação.