Cartório Lobo

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O Cartório de Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais do Jacampari, no presente, não possui um endereço fixo na vila do Jacampari, a sede do Distrito do Jacampari, distante 72 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem, no Município de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Imagem do endereço desse cartório na cidade de Boa Viagem, em 2021.

Um cartório é uma repartição pública, ou privada, que tem a custódia de documentos que lhes dão fé pública, oferecendo os serviços de registro civil de nascimento, casamento, óbito e outros.

UM POUCO DE SUA HISTÓRIA:

Esse cartório, que é o segundo mais antigo dentro do território do Município de Boa Viagem, foi instalado inicialmente nessa vila em 1913, alguns anos depois da criação do Distrito, que ocorreu em 1892, algo que muito contribuiu para facilitar a vida de seus moradores.

“Já constava na Divisão Administrativa do Brasil em 1911, com o nome de Olinda e Distrito de Boa Viagem, criado pela Lei Municipal nº 1, de 10 de junho de 1892. Com a extinção de Boa Viagem e anexação ao Município de Quixeramobim, também foi o Jacampari por força do Decreto nº 193, de 20 de maio de 1931. Restaurado o Município, voltou a constituir Distrito de Boa Viagem, por força da Lei nº 260, de 20 de dezembro de 1936. O Decreto nº 1.114, de 30 de dezembro de 1943 mudou-lhe o topônimo para Jacampari, que ainda conserva. O Cartório de Registro Civil foi inaugurado em 1913.”  (MACÊDO, 1991: p. 138)

Muitos tempo depois de sua criação, já nos primeiros anos da década de 1930, diante dos efeitos da Revolução, o Município de Boa Viagem perdeu a sua autonomia política e a vila do Jacampari a sua condição de sede de Distrito, voltando a ser apenas uma simples localidade do Município de Quixeramobim, período em que o acervo desse cartório passou aos cuidados do Cartório Geraldina.

A Revolução de 1930 foi um movimento armado, liderado pelos Estados de Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul, que culminou com o golpe de Estado conhecido como Golpe de 1930, que depôs o presidente da República Washington Luís em 24 de outubro de 1930, impediu a posse do presidente eleito Júlio Prestes e pôs fim à República Velha.” (WIKIPÉDIA, 2000: Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_de_1930. Acesso no dia 29 de setembro de 2021)

Nos últimos dias de 1936, com a retomada da autonomia política do Município de Boa Viagem, os seus primeiros atos voltaram a vigorar e a antiga vila voltou a existir, tendo o seu antigo cartório voltado a funcionar apenas no dia 29 de dezembro de 1948.
Entre os anos de 1991 e 2003 o acervo desse cartório voltou a estar em anexo ao Geraldina.
Muitos anos depois, nos primeiros meses de 2021, estando sob novo gerenciamento, esse cartório recebeu o nome de Cartório Lobo e o seu acervo, por decisão da justiça, foi anexo ao Cartório Mendes, da vila do Ibuaçu.
Nesse mesmo período, funcionando de forma itinerante no território de seu Distrito,  o seu balcão de atendimento está localizado na Rua Antônio Domingues Álvares, nº 112, Centro.

O NOME DE SEUS TITULARES:

  1. Quintino José Rodrigues – 1913 a 1917;
  2. Manoel Freire de Macêdo – 1917 a 1919;
  3. Francisco Vieira Carneiro – 1948 a 1956;
  4. Antônio Alves Marinho – 1956 a 1959;
  5. Maria Carmezina Alves Campos – 1959 a 1991;
  6. Antônia Bezerra da Silva – 2002 a 2021;
  7. Antônia Edilene Mendes Alves – 2021 (atual).

O CONTATO:

Os canais de comunicação com o Cartório Lobo são os seguintes:

  • Telefones:
  1. 88.99630-1373;
  2. 88.98804-7617;
  3. 88.99401-2752.
  • E-mail:
  1. edilene.cartoriojacampari@hotmail.com

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A. & CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. MACÊDO, Deoclécio Leite de. Notariado Cearense. História dos Cartórios do Ceará. Volume II, Fortaleza: Expressão, 1991.
  3. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  4. PELOSI FALCÃO, Marlio Fábio. Dicionário Toponímico, Histórico e Geográfico do Nordeste. Fortaleza: Artlaser, 2005.
  5. WIKIPÉDIA. A Revolução de 1930. Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_de_1930. Acesso no dia 29 de setembro de 2021.
  6. VIEIRA FILHO, José. Minha História, Contada por Mim. Fortaleza: LCR, 2008.

3 pensou em “Cartório Lobo

  1. Pingback: Cartório Mendes | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Relação dos cartórios existentes no Município de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Rufino Gomes da Silva | História de Boa Viagem

Deixe um comentário