Topônimo das Localidades do Município de Boa Viagem

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

A toponímia é uma divisão da onomástica, o ramo da linguística que estuda o nome próprio de todos os gêneros, que se dedica em especial à análise da origem e da evolução dos nomes geográficos, também chamados de topônimos; sendo considerada uma parte da linguística e possuindo fortes ligações com outras ciências, entre elas a história, a arqueologia, a biologia, a geografia, etc.

A maioria dos topônimos existentes no Município de Boa Viagem estão relacionados aos nomes de algumas de suas propriedades, que foram batizadas com nomes da fauna ou da flora existentes na região, bem como alguma característica geográfica, sentimentos ou santo da devoção.
Entre esses topônimos não podemos esquecer os indígenas, o nome de pessoas, os pontos cardeais, nomes qualificativos, de títulos ou cargos, sem esquecer os estrangeirismos.
Quanto ao tempo alguns nomes são bem antigos, outros surgiram da necessidade técnica de órgãos do governo, que nem sempre procuram executar esse serviço com o capricho de algo que vai ser utilizado pelas pessoas por muitas décadas, ou até o final dos tempos.

CATÁLOGO DE TOPÔNIMOS PELA LETRA:

Ao contrário do que muitos pensam os nomes não são coisas inanimadas, são bem vivas e na execução dessa pesquisa alguns deles podem ter sido esquecidos, outros podem estar sendo criados ou caído em desuso.

A

  1. Agreste

    Designação toponímica classificada como simples, tem a sua origem na nomenclatura geográfica de uma área da Região Nordeste do Brasil que está localizada na transição da Zona da Mata para o Sertão.
    Quanto a sua etimologia essa palavra é de origem latina, agrestis, possuindo vários significados e algumas derivações, entre elas destacamos: campo, campestre, campesino e colono.
    Essa localidade, que está inserida nos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa, tomou grande popularidade com o nome de uma propriedade pertencente ao General Wicar Parente de Paula Pessoa, existindo também, em suas proximidades, outra localidade com o mesmo vocativo, sendo conhecida por um pequeno curso d’água existente na região, o Riacho do Agreste.

  2. Águas Belas

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura possui a sua origem em uma qualificação estética, onde descreve o aspecto agradável da água, um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida.
    O seu nome é antigo, encontramos registros que datam de 1894 e em nossos dias se refere ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 688, do dia 10 de julho de 1999, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir dessa data foi elevada para categoria de vila.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas, constituindo-se em sua sede.

  3. Águas Claras

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação possui origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente em sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  4. Aleixo

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    Em outra versão a tradição oral afirma que no passado um padre por nome Aleixo executava suas ações de evangelismo nessa região, surgindo daí a sua nomenclatura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  5. Algodões

    Designação toponímica classificada como simples em sua variação no plural, possivelmente o seu nome foi utilizado pelos moradores dessa localidade fazendo referência a um dos principais motores da economia do Município de Boa Viagem no final do século XIX e XX.

    Imagem de uma plantação de algodão.

    O algodão é uma fibra, geralmente esbranquiçada, que cresce a volta das sementes de algumas espécies de arbustos do gênero Gossypium, da família Malvaceae.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos dos Distritos de Jacampari e Massapê dos Paés.

  6. Alívio

    Designação toponímica classificada como simples, etimologicamente essa palavra é uma variação do termo latino, alleviare, que possui diferentes significados, sendo eles: atenuação de um peso, alijamento, abrandamento, descarregamento, diminuição, redução, suavização, desafogo, desopressão, libertação ou o fim de um estado de opressão.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  7. Almas

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação é o plural da palavra alma, que possui diferentes significados, sendo eles: a parte imaterial do homem, o espírito, o pensamento, a consciência, a natureza moral de uma pessoa, o caráter, a índole, a natureza, a personalidade, a psique.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Altos

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura é o plural da palavra alto, que vem do latim e possui diferentes significados, sendo eles: superior, elevado, desenvolvido, grande.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  9. Alto Alegre

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a uma figura de linguagem, o antropomorfismo, onde esse local é descrito com características humanas.
    A palavra alegria possui diferentes significados, dentre eles destacamos: animação, agrado, felicidade, prazer, aprazimento, euforia, bem-estar, bom humor, comprazimento, contentamento, deleite, enlevo, entusiasmo, gáudio, gosto, gozo, jovialidade, jubilação, júbilo, jucundidade, ledice, pasto, regalo, regozijo, riso, satisfação.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  10. Alto Grande

    Designação toponímica classificada como complexa, determina a nomenclatura dessa localidade relacionando-a a junção de duas proporções de grandeza.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Massapê dos Paés.

  11. Alto do Descanso

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a um local de parada para recobrar as forças.
    A palavra descansar possui vários significados, dentre eles destacamos: repousar, relaxar, desfadigar, folgar, respirar, pausar, cochilar, dormir, adormecer, toscanejar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  12. Amargoso

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra tem origem no latim amaricus, determinando a característica de algo encontrado no local com sabor desagradável, provavelmente água.
    Essa nomenclatura pode ter origem também no nome de um capim da família das leguminosas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  13. Andreza

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma pessoa do sexo feminino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Várzea da Ipoeira.

  14. Anafuê

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra é inexistente no léxico da língua portuguesa ou daquelas que lhe influenciaram, especialmente entre os índios e povos de matriz africana, sendo trazida para essa região por alguém desconhecido em uma época incerta.

    Imagem de um pardal, nosso pequeno “anafuê”.

    A palavra anafuê vem da língua maori, um povo nativo da Nova Zelândia, que significa “pardais”, uma pequena ave nativa da Europa que foi introduzida em várias partes do mundo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  15. Angicos

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação indica o nome de uma árvore existente em abundância nessa região.
    O Angico é uma árvore de porte médio a grande, comumente encontrado em capoeiras, sendo exploradas ou cultivadas devido à boa qualidade da sua madeira, possuindo também propriedades medicinais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  16. Aniceto

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  17. Árabe

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome gentílico de alguém nascido na Arábia Saudita.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  18. Arara dos Francos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga que era muito comum nessa região, prevalecendo nessa região pessoas da família Franco.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  19. Arara dos Marianos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga que era muito comum nessa região, prevalecendo nessa região pessoas da família Mariano.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  20. Areias

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome do conjunto de partículas de rocha desagregadas que costuma se agregar no leito dos rios ou na margem do mar.
    A areia é um material de origem mineral, finamente dividido em grânulos, composta basicamente de dióxido de silício que forma-se na superfície da Terra pela fragmentação das rochas por erosão, por ação do vento ou da água. Esse precioso minério é utilizado nas obras de engenharia civil, em aterros, execução de argamassas, concretos e também na fabricação de vidros.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  21. Areia dos Albertos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica em sua nomenclatura a junção do solo existente nessa região com o nome da família Alberto.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  22. Areia dos Lessas

    Designação toponímica classificada como complexa, indica em sua nomenclatura a junção do solo existente nessa região com o nome da família Lessa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  23. Argentina

    Designação toponímica classificada como simples, significa prata e vem da palavra “argentum”, em latim.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  24. Aroeira

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome de uma ave existente na caatinga.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas. Registro de 1893

  25. Aroeira dos Macêdos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga. Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  26. Arvoredo

    Designação toponímica classificada como simples, indica que nesse local, no passado, existia um número abundante de árvores, fato que serviu de sugestão ao proprietário rural que batizou essa localidade.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  27. Asa Aberta

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga. Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

B

  1. Baezinha:
  2. Balança

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Barbada:
  4. Barbatão:
  5. Barra da Onça

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  6. Barra da Palha:
  7. Barra do Ingá:
  8. Barra do Rio

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  9. Barra do Umari

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.1894

  10. Barra dos Moreiras:
  11. Barra Nova

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  12. Barreiros:
  13. Barriguda

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  14. Barro Vermelho:
  15. Batedor:
  16. Bela Aliança:
  17. Bela Vista:
  18. Belém

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  19. Belém dos Biés:
  20. Belmonte:
  21. Betânia:
  22. Boa Esperança

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura tem a sua origem na denominação de uma fazenda, que posteriormente deu nome a localidade, guardando ainda hoje algumas características da época em que passou a ser habitada.
    Uma fazenda é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária, que neste caso teve a sua primeira denominação de Várzea do Juá, ou Fazenda Várzea do Juá, que dentro de algum tempo caiu em desuso.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  23. Boa Fé:
  24. Boa Hora

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893.

  25. Boa Ventura

    Designação toponímica classificada como complexa, ainda guarda às suas características iniciais pelo nome de sua forma primitiva de exploração econômica, sendo também chamada de “Fazenda Boa Ventura”.
    Uma fazenda é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária.
    Essa localidade, que no passado de chamava “Poço Cercado”, está localizada dentro do perímetro pertencente ao Distrito de Boqueirão.

  26. Boa Viagem

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura surgiu por conta de uma jornada em fuga empreendida por um casal de namorados que desejavam consumar um amor proibido.
    Esse fato ocorreu nos primeiros anos do século XVIII e o local escolhido como refugio recebeu como primeiro topônimo a alcunha de Cavalo Morto, sendo alterado alguns anos depois por conta da construção de uma capela em homenagem a Nossa Senhora da Boa Viagem.
    Essa localidade está localizada dentro do perímetro pertencente ao Distrito de Boa Viagem, constituindo-se na sede do Município que recebe a sua nomenclatura.

  27. Boa Vista

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

  28. Bolívia:
  29. Bom Desejo:
  30. Bom Jesus:
  31. Bom Socorro:
  32. Bom Sucesso:
  33. Boqueirão

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

  34. Brasileira:
  35. Brilhante

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  36. Buenos Aires

C

  1. Cabeça de Vaca:
  2. Cabeça do Boi
  3. Cacaueira:
  4. Cachoeira

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893.

  5. Cachoeira da Almas:
  6. Cachoeira dos Andrés

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma queda d’água na região que se tornou referência para localização, que em um tempo desconhecido tomou o nome da família residente do lugar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  7. Cachoeira dos Pau Brancos:
  8. Cachoeira dos Silvestres:
  9. Cachoeira dos Vales

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  10. Cachoeirinha:
  11. Caiçara

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  12. Caiçarinha

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  13. Caieiras:
  14. Cais

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

  15. Cajazeiras

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

  16. Cajazeiras do Samuel:
  17. Cajueiro:
  18. Calogi

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  19. Camará

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.1895

  20. Camará dos Basílios:
  21. Camará dos Pereiras:
  22. Camará dos Timóteos

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas

  23. Campinas

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893.

  24. Conceição

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está relacionada diretamente a devoção religiosa de seus primeiros moradores, que escolheram para nomenclatura de sua propriedade o nome de Nossa Senhora da Conceição, sendo conhecida no passado, por volta de 1893, também como Fazenda Conceição, nome que com o passar dos anos foi sendo simplificado pelos seus habitantes apenas para Conceição.
    Quanto a etimologia da palavra conceição ela vem do latim “concipere”, que significa conceber, gerar, compreender, tendo relação direta com a concepção da Virgem Maria.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

  25. Capitão-Mor

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem por conta do Rio Capitão-Mor, que recebeu essa nomenclatura em uma época desconhecida, já estando presente na carta de sesmaria recebida por Antônio Domingues Álvares em 1743.
    A palavra capitão-mor era uma designação utilizada para cada um dos oficiais militares responsáveis pelo comando das tropas disponíveis em cada cidade, vila ou concelho de Portugal entre os séculos XVI e XIX. Essa designação foi também aplicada a outras funções militares e administrativas de Portugal, tendo uso corrente no Brasil na época colonial.
    Nos primeiros anos da década de 1950 essa localidade era conhecida pelo topônimo de Cachoeira, tendo a sua nomenclatura sido modificada pelos seus habitantes nessa época para diferir da Cachoeira dos Crentes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  26. Cardão:
  27. Carnaúba:
  28. Carnaubinha:
  29. Carobas

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  30. Carro Quebrado:
  31. Casinhas:
  32. Castela:
  33. Catarina:
  34. Catolé

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

  35. Cipoal:
  36. Corintos

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  37. Croa Grande

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  38. Croatá

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  39. Croatá de Baixo

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  40. Cruz:
  41. Cruzeiro

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  42. Curimatã

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  43. Curitiba:
  44. Curupati

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  45. Currais Novos:

D

  1. Dinamarca:
  2. Divisão

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Dois Irmãos

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  4. Dois Riachos:
  5. Domingos da Costa

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem ainda incerta, existindo duas versões orais que tentam explicar o seu surgimento.
    Na primeira versão, que remonta o século XVIII, conta-se que os jagunços que perseguiam o casal tido como fundador do Município, ao chegarem nessa região, procuraram um local para acampar, quando um deles tombou ferido por conta de um aranhão, motivo que os fizeram desistir da missão recebida.
    Nessa versão a tradição oral afirma que o jagunço tinha por nome Domingos e virou as Costas para o lugar do acampamento, que tempos depois se tornou em povoado.
    Na segunda versão, os moradores mais antigos sustentam a hipótese de que os primeiros habitantes dessa localidade eram da Família Costa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa, constituindo-se em sua sede.

  6. Duas Lagoas:

E

  1. Ermo:
  2. Escondido
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  3. Espírito Santo
    Localidade do Distrito de Águas Belas, registro de 1893.
  4. Estrela
    Registro de 1894
  5. Estreito
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  6. Extrema:

F

  1. Facão
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  2. Fazenda Barra:
  3. Fazenda Belo Horizonte:
  4. Fazenda Boa Esperança:
  5. Fazenda Boa Vista:
  6. Fazenda Cachoeirinha:
  7. Fazenda Caiçara:
  8. Fazenda Camará:
  9. Fazenda Conceição:
  10. Fazenda Fronteiras
    Localidade do Distrito de Águas Belas
  11. Fazenda Ipoeira da Pedra:
  12. Fazenda Jamundá:
  13. Fazenda Malhada:
  14. Fazenda Mata Lavrada:
  15. Fazenda Mazagão:
  16. Fazenda Massapê:
    Registro de 1893
  17. Fazenda Mundo Novo:
  18. Fazenda Nova

    Designação toponímica classificada como complexa que ainda guarda às suas características iniciais pelo nome de sua forma primitiva de exploração econômica.
    Uma fazenda é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  19. Fazenda Olho d’Água:
  20. Fazenda Pedra Branca
    Registro de 1893
  21. Fazenda Poldrinha:
  22. Fazenda Rancho Alegre
    Registro de 1893
  23. Fazenda Riacho Verde:
  24. Fazenda Santa Maria:
  25. Fazenda Santa Rosa:
  26. Fazenda Santa Tereza:
  27. Fazenda Tenda
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  28. Fazenda Vertente:
  29. Flores
  30. Floresta
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  31. França
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  32. Fuzil:

G

  1. Galileia:
  2. Gameleira
    Localidade do Distrito de Águas Belas
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  3. Graviola:
  4. Guaiuba:
  5. Guajiru:
  6. Gurupá

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui origem indígena, sendo derivada de Curupá, que significa “cascalho, lugar de cascalho”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  7. Gurupi

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui uma origem controvertida. De acordo com o tupinólogo Teodoro Sampaio, historiador do século XIX, o termo gurupi vem da língua tupi, que significa “rio das roças” ou “das plantações”.
    Já em outra versão, que possui aproximação fonética, coloca como sua origem a corruptela do termo gurupés, também chamado garoupez ou guaroupaz, referindo-se ao mastro existente na extremidade da proa dos navios.
    Na Região Sul do Brasil essa palavra se refere ao indivíduo que em leilões, por meio de lances fictícios, faz subir os preços em favor do leiloeiro ou do dono dos objetos leiloados. É o indivíduo que se mete no que não lhe diz respeito; intrometido.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

H

  1. Holanda

    Designação toponímica classificada como simples, tem a sua origem na nomenclatura de uma propriedade rural que foi batizada com o nome de um pais europeu, sendo conhecida também com a denominação de Fazenda Holanda.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

I

  1. Inharé:
  2. Ipiranga:
  3. Ipu
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

J

  1. Jacampari

    Registro de 1892/Olinda

  2. Jacaúna

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  3. Jacazeiros:
  4. Jantar

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  5. Japão:
  6. Jaramataia:
  7. Jatobá

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome de uma árvore originalmente encontrada na Amazônia e Mata Atlântica brasileiras, onde ocorre naturalmente desde o Piauí até o Norte do Paraná. Com altura entre 15 e 20 m e tronco que chega a 1 m de diâmetro, suas folhas têm dois folíolos brilhantes de 6-14 cm de comprimento.

    Imagem de um jatobá.

    Sua madeira é empregada na construção civil em vigas, caibros, ripas, acabamentos internos, na confecção de artigos para esportes, cabos de ferramentas, peças torneadas, esquadrias e móveis.
    A polpa do legume é comestível e muito nutritiva, sendo usada como alimento também pela fauna da região.
    No Amazonas, entre seringueiros e moradores de regiões próximas das florestas onde se encontram, é comum utilizarem a casca da árvore para fazer um chá, também chamado de vinho do jatobá.
    Como planta medicinal, diferentes partes são usadas por indígenas do Brasil, Guianas e Peru contra diarreia, tosse, bronquite, problemas de estômago e fungos nos pés.
    Em épocas diferentes, desde 1930, foi indicada a comercializada para fins medicinais. A partir do final do século XX passou a ser estudada por etnobotânicos americanos, e é consumida nos EUA com os mesmos fins tradicionais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Jatobá dos Patrícios:
  9. Jerusalém:
  10. Jordão

    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  11. Juazeiro

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

L

  1. Lagoa

    Registro de 1893

  2. Lagoa das Carnaúbas:
  3. Lagoa do Arroz

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  4. Lagoa do Senador

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está diretamente relacionada a uma propriedade rural pertencente ao Senador Francisco de Paula Pessoa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  5. Lagoa dos Filós:
  6. Lagoinha dos Paraibanos:
  7. Lajes
    Registro de 1893
  8. Lajes dos Facundos:
  9. Lajes dos Lopes:
  10. Lajes dos Rogérios:
  11. Lajes dos Sousas

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na qualificação de um dos elemen.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Massapê dos Paés.

  12. Lázaro:
  13. Lembranças:
  14. Livramento
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  15. Logradouro:
  16. Luzia:

M

  1. Macacos
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  2. Macambira
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  3. Macambira dos Pintos:
  4. Madeira Cortada:
  5. Malhada do Feijão:
  6. Malvinas:
  7. Marinheiro
    Registro de 1893
  8. Marmilona
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  9. Massangana:
  10. Massapê:
  11. Massapê do Paés:
  12. Mata Fria:
  13. Melancias:
  14. Meruesta
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  15. Mirador:
  16. Monte Flor:
  17. Monte Limpo
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  18. Monte Novo:
  19. Mucambo:
  20. Mulungú
    1894
  21. Muquém:

N

  1. New York:
  2. Nilo Alegre:
  3. Núbia
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

O

  1. Oiticica

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma árvore existente em abundância nas margens do Rio do Roçado, que corta essa região.

    Imagem de um pé de Oiticica.

    A oiticica, ou licania rigida, é uma planta da família chrysobalanaceae, endêmica na caatinga e na vegetação típica da faixa de transição entre o sertão semiárido do Nordeste e a região Amazônica.
    Etimologicamente o seu nome é um substantivo feminino e vem do tupi, “uiti + sika”, que quer dizer resina.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  2. Oitis
    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  3. Olho d’Água:
  4. Olho d’Água Grande:
  5. Olho d’Água Seco
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  6. Olho d’Água da Timbaúba
    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a um local de parada.
  7. Olho d’Água de Cima:
  8. Olho d’Água do Jirau:
  9. Olho d’Água do Mucuripe:
  10. Olho d’Água do Salgado:
  11. Olho d’Água dos Bezerril:
  12. Olho d’Água dos Domingos:
  13. Olho d’Água dos Facundos:
  14. Olho d’Água dos Gomes
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  15. Olho d’Água dos Pretos:
  16. Olinda:

P

  1. Palestina

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  2. Palmira:
  3. Papa-Leite:
  4. Passagem

    Registro de 1893

  5. Passagem dos Machados:
  6. Passagem Funda:
  7. Pavuna:
  8. Pé da Serra:
  9. Pebas:
  10. Pedras Pretas:
  11. Pedras Grandes

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  12. Picos:
  13. Piedade

    Registro de 1893

  14. Pitombeira

    1895 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  15. Pitombeira dos Araújos:
  16. Pitombeira dos Bertoldos

    Localidade do Distrito de Águas Belas

  17. Pitombeira dos Beneditos

    Localidade do Distrito de Águas Belas

  18. Pitombeira dos Leitão:
  19. Pocinhos

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    1894

  20. Poço Comprido

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  21. Poço d’Água

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua origem está fundamentada na hipótese de que no passado, neste local, havia um poço detentor de água potável, que não sabemos se era natural, elemento de vital importância para a subsistência humana nesta região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  22. Poço da Cruz:
  23. Poço da Pedra

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem em um local de referência para as pessoas que em uma época desconhecida vinham apanhar água em momentos de seca.

    Imagem do local que deu nome à vila, em 2019.

    O seu nome é antigo, encontramos registros que datam de 1894 e em nossos dias se refere ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 773, de 11 de outubro de 2001, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir dessa data foi elevada para categoria de vila.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  24. Poço do Boi:
  25. Poço do Gado

    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  26. Poço do Mel

    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  27. Poço do Serrote
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  28. Poço dos Angicos:
  29. Poço Grande
    Registro de 1893
  30. Poço Redondo
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  31. Poço Salgado:
  32. Pombo
    Registro de 1894
  33. Ponta da Serra
    Registro de 1893
  34. Ponte
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  35. Prado
    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

Q

  1. Queimadas
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

R

  1. Ramadinha
    Registro de 1893
  2. Recanto:
  3. Recreio
    Localidade do Distrito de Águas Belas
  4. Relógio:
  5. Retiro
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  6. Riacho Boa Sorte
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  7. Riacho da Jurema:
  8. Riacho da Palha:
  9. Riacho do Agreste
  10. Riacho dos Fernandes:
  11. Riacho do Meio
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  12. Riacho Saquinho:
  13. Riacho dos Porcos

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem diretamente ligada a um pequeno riacho, um dos tributários do Rio Juazeiro, que em suas nascentes, no passado, costumava reunir muitos porcos selvagens, conhecido na região como “Queixadas”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de ?????.

  14. Riacho Seco
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  15. Riacho Verde
    Localidade do Distrito de Águas Belas
  16. Rodeador:
  17. Rosilho
    1894
  18. Rosinha:

S

  1. Sabonete
    1895 Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  2. Saco
    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  3. Saco do Brígido
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  4. Salamanta:
  5. Salgado
    Registro de 1893 Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  6. Salgadinho
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  7. Salva Terra

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada em duas hipóteses. A primeira delas remonta a ancestralidade portuguesa de seus primeiros habitantes, sabendo que em Portugal existe uma localidade com esse mesmo nome.; Quanto a segunda, diante das secas, algumas dessas pessoas costumavam migrar para outras regiões do país, dentre elas o Estado do Pará, onde também existe um local com essa denominação.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Santarém:
  9. Santa Cruz
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  10. Santa Luzia:
  11. Santa Maria:
  12. Santa Marta:
  13. Santa Rosa
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  14. Santa Terezinha

    Designação toponímica classificada como complexa, essa nomenclatura está relacionada ao nome da padroeira dos primeiros habitantes dessa localidade, que curiosamente, algum tempo depois, resolveram construir uma capela consagrada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito do Ibuaçu.

  15. Santa Úrsula
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  16. Santa Vida
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  17. Santo Amaro
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  18. Santo Antônio
    Registro de 1893
  19. Santo Antônio do Dodôs
    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a um local de parada.
  20. Santo Antônio dos Sandres:
  21. Santo Antônio dos Vinutos:
  22. Santos Cosme

    Designação toponímica classificada como complexa, indica a devoção popular existente dos moradores dessa região aos santos que foram mortos na perseguição movida pelo Imperador Diocleciano no século IV.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  23. São Bento
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  24. São Clemente

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a uma figura de linguagem, o antropomorfismo, onde esse local é descrito com características humanas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

  25. São Felix
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  26. São Gonçalo:
  27. São João:
  28. São José
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  29. São Jorge
    Localidade do Distrito de Águas Belas
  30. São Luís

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo em terras pertencentes ao Major Joaquim Pereira de Lima, distante 19 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  31. São Paulo
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  32. São Pedro
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  33. São Vicente:
  34. Sapoti:
  35. Saquinho
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  36. Segredo:
  37. Seixo:
  38. Senador:
  39. Santana:
  40. Serra Ourega:
  41. Serra do Sibiró:
  42. Serrinha:
  43. Serrote Alto:
  44. Serrote da Boa Vista
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  45. Serrote da Jurema
    Localidade do Distrito de Águas Belas
  46. Serrote da Pedra:
  47. Serrote da Olaria:
  48. Serrote dos Ricardos:
  49. Serrote Trapiá:
  50. Serrote Pedra de Amolar:
  51. Serrote dos Domingos:
  52. Sibiró:
  53. Sítio

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente na região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  54. Sítio dos Bezerras

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente na região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  55. Sítio dos Fernandes:
  56. Sítio dos Martins:
  57. Sítio dos Picos:
  58. Sítio Oitis:
  59. Sorocaba:
  60. Sossego:
  61. Suçuarana:

T

  1. Tabibas:
  2. Tabuleiro Alegre:
  3. Tamanduá
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  4. Tapera:
  5. Taperinha
    1894 Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  6. Telha Velha
  7. Tibiquari
    Registro de 1893
  8. Tigre
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  9. Timbaúba

    Designação toponímica classificada como simples, é uma palavra de origem tupi, que significa ‘árvore de exalação de espuma’, ‘árvore do sabão’, sendo uma planta da família das leguminosas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  10. Tocantins
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  11. Tourão:
  12. Trapiá

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma árvore existente em abundância nessa região.
    O Trapiá é uma planta da família Brassicaceae encontrada na caatinga e na mata atlântica da Região Nordeste do Brasil. Ela frutifica nos primeiros meses do ano e os seus frutos são comestíveis e saborosos, cujo formato lembra uma laranja em miniatura, possuindo um denso arilo envolvendo muitas sementes de cor marrom. Ela também possui utilidades agroflorestais, e pode ser usada para a segunda fase de reflorestamento de áreas de caatinga degradadas.

    Imagem de um Trapiazeiro.

    Essa palavra é de origem indígena, possuindo dois significados, o primeiro deles, sendo derivada do vocábulo “TARAPYÁ”, que significa “os testículos”, possivelmente fazendo referência ao formato dos frutos da árvore que tem o seu nome; já o segundo, pode significar “fruto de papagaio”, podendo também estar ligada ao nome popular do fruto silvestre da árvore Gallesia Scorodendron, uma planta da família das Caparidáceas, que costuma atrair muitas aves para as sua copas.
    Nos primeiros anos da década de 1980, por conta dos trabalhos executados pela EMATERCE, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará, a localidade de Trapiá passou por algumas divisões, surgindo o povoado de Trapiá dos Martins, que tem o seu nome ligado a possessão de uma família residente nessa região, existindo outras localidades no Município que utilizam esse mesmo vocábulo ou seus derivados, sendo elas: Trapiá, Trapiá dos Lobos, Trapiá dos Martins, Trapiá dos Maximianos e Trapiazeiro.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
    Registro de 1894 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

  13. Trapiá dos Lobos

    Designação toponímica classificada como complexa que faz referência a uma das partes da localidade de Trapiá, onde durante algum tempo prevaleceu entre os seus habitantes alguns membros da família Lobo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  14. Trapiá dos Martins

    Designação toponímica classificada como complexa que faz referência a uma das partes da localidade de Trapiá, onde durante algum tempo prevaleceu entre os seus habitantes alguns membros da família Martins.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  15. Trapiá dos Maximianos

    Designação toponímica classificada como complexa que no passado fazia referência a uma planta dessa espécie existente nas proximidades da casa de um dos membros da família Maximiano, que habitavam e ainda habitam essa região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  16. Trapiazeiro

    Designação toponímica classificada como simples, sendo uma palavra que é derivada do substantivo Trapiá, fazendo referência à árvore que produz esse fruto. O seu nome surgiu a partir de uma planta existente na localidade que servia como ponto de referência para os seus habitantes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  17. Três Barras:
  18. Triunfo
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

U

  1. Umburanas:

V

  1. Varginha
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  2. Varzantinha

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está associada ao tipo de solo encontrado na região, que é o de várzea, um solo fértil e de boa qualidade que é cortado pelo Rio do Mestre e o Rio dos Bois.
    Esse topônimo é um derivado diminutivo da referida palavra, que demonstra uma forma de carinho de seus habitantes com o local onde residem.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Várzea Alegre:
  4. Várzea Comprida:
  5. Várzea da Arara
    Registro de 1894
  6. Várzea da Cruz

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o tipo de solo existente na localidade ao qual denomina, que é cortada pelo Rio da Fazenda Nova, um dos braços do Rio Juazeiro, onde havia uma cruz, que serviu como complemento para sua nomenclatura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  7. Várzea da Ipoeira
    1894
  8. Várzea da Pedra:
  9. Várzea da Tapera

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está diretamente relacionada a junção de duas palavras, sendo que a primeira delas, “várzea”, indica o tipo de solo abundante existente na região por conta do Rio Conceição, já a segunda, “tapera”, se refere a um pequeno abrigo construído para abrigar as pessoas que lavam roupa na margem do rio.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  10. Várzea do Canto
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  11. Várzea do Carmo:
  12. Várzea do Exu:
  13. Várzea Redonda
    Registro de 1893
  14. Varzinha
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  15. Viração
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.
  16. Vista Alegre:
  17. Volta do Rio
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

X

  1. Xique-Xique
    Localidade do Distrito de Boa Viagem.

Z

  1. Zagreb:

BIBLIOGRAFIA

  1. FREITAS, Afonso Antônio de. Vocabulário Nheengatu. 2ª edição. São Paulo: Editora Nacional, 1976.
  2. PELOSI FALCÃO, Marlio Fábio. Dicionário Histórico e Geográfico do Nordeste. Fortaleza: Artlaser Editora e Gráfica, 2005.

Deixe uma resposta