Topônimo das Localidades do Município de Boa Viagem

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

A toponímia é uma divisão da onomástica, o ramo da linguística que estuda o nome próprio de todos os gêneros, que se dedica em especial à análise da origem e da evolução dos nomes geográficos, também chamados de topônimos; sendo considerada uma parte da linguística e possuindo fortes ligações com outras ciências, entre elas a história, a arqueologia, a biologia, a geografia, etc.

A maioria dos topônimos existentes no Município de Boa Viagem estão relacionados aos nomes de algumas de suas propriedades, que foram batizadas com nomes da fauna ou da flora existentes na região, bem como alguma característica geográfica, sentimentos ou santo da devoção.
Entre esses topônimos não podemos esquecer os indígenas, o nome de pessoas, os pontos cardeais, nomes qualificativos, de títulos ou cargos, sem esquecer os estrangeirismos.
Quanto ao tempo alguns nomes são bem antigos, outros surgiram da necessidade técnica de órgãos do governo, que nem sempre procuram executar esse serviço com o capricho de algo que vai ser utilizado pelas pessoas por muitas décadas, ou até ao final dos tempos.

CATÁLOGO DE TOPÔNIMOS PELA LETRA:

Ao contrário do que muitos pensam os nomes não são coisas inanimadas, são bem vivas e na execução dessa pesquisa alguns deles podem ter sido esquecidos, outros podem estar sendo criados ou caído em desuso.

A

  1. Agreste

    Designação toponímica classificada como simples, tem a sua origem na nomenclatura geográfica de uma área da Região Nordeste do Brasil que está localizada na transição da Zona da Mata para o Sertão.
    Quanto a sua etimologia essa palavra é de origem latina, agrestis, possuindo vários significados e algumas derivações, entre elas destacamos: campo, campestre, campesino e colono.
    O Agreste tomou grande popularidade com esse nome por conta de uma propriedade pertencente ao General Wicar Parente de Paula Pessoa, que fica em uma chapada com o mesmo nome, existindo também, em suas proximidades, outra localidade com parte do mesmo vocativo, sendo conhecida por um pequeno curso d’água existente na região, o Riacho do Agreste.
    Essa localidade, que está inserida nos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  2. Águas Belas

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura possui a sua origem em uma qualificação estética, onde descreve o aspecto agradável da água, um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida.
    O seu nome é antigo, encontramos registros que datam de 1894 e em nossos dias se refere ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 688, do dia 10 de julho de 1999, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir desta data foi elevada para categoria de vila.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas, constituindo-se em sua sede.

  3. Águas Claras

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação possui origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente em sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  4. Alegre

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está relacionada ao sentimento de quem sente ou manifesta alegria; de que está contente, jubiloso, que inspira ou causa alegria.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  5. Aleixo

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada pelos seus atuais habitantes.
    Em outra versão a tradição oral afirma que no passado um padre por nome Aleixo executava suas ações de evangelismo nessa região, surgindo daí a sua nomenclatura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  6. Algodão (Boqueirão)

    Designação toponímica classificada como simples, possivelmente o seu nome foi utilizado pelos moradores dessa localidade fazendo referência a um dos principais motores da economia do Município de Boa Viagem no final do século XIX e XX.

    Imagem de uma plantação de algodão.

    O algodão é um tipo de fibra, geralmente esbranquiçada, que cresce a volta das sementes de algumas espécies de arbustos do gênero Gossypium, da família Malvaceae.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  7. Algodão (Guia)
  8. Algodão (Massapê dos Paés)
  9. Algodão (Várzea da Ipoeira)
  10. Algodões

    Designação toponímica classificada como simples, é uma variação no plural da palavra algodão.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos dos Distritos de Jacampari e Massapê dos Paés.

  11. Alívio

    Designação toponímica classificada como simples, etimologicamente essa palavra é uma variação do termo latino alleviare, que possui diferentes significados, sendo eles: atenuação de um peso, alijamento, abrandamento, descarregamento, diminuição, redução, suavização, desafogo, desopressão, libertação ou o fim de um estado de opressão.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  12. Almas

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação é o plural da palavra alma, que possui diferentes significados, sendo eles: a parte imaterial do homem, o espírito, o pensamento, a consciência, a natureza moral de uma pessoa, o caráter, a índole, a natureza, a personalidade, a psique.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  13. Altos

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura é o plural da palavra alto, que vem do latim altum, e possui diferentes significados, sendo eles: superior, elevado, desenvolvido, grande. A sua denominação reflete uma característica de sua localização, que está em uma das elevações na encosta da Serra da Borracha.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  14. Alto Alegre (Ipiranga)

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a uma figura de linguagem, um antropomorfismo, onde esse local, que está em um ponto acima da maioria de seus vizinhos, é descrito com uma característica humana.
    A palavra alegria possui diferentes significados, dentre eles destacamos: animação, agrado, felicidade, prazer, aprazimento, euforia, bem-estar, bom humor, comprazimento, contentamento, deleite, enlevo, entusiasmo, gáudio, gosto, gozo, jovialidade, jubilação, júbilo, jucundidade, ledice, pasto, regalo, regozijo, riso, satisfação.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  15. Alto Alegre (Jacampari)
  16. Alto Grande

    Designação toponímica classificada como complexa, determina a nomenclatura dessa localidade relacionando-a a junção de duas proporções de grandeza.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Massapê dos Paés.

  17. Alto do Descanso

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a um local de parada para recobrar as forças depois de subir por um dos lados da Serra da Pitombeira.
    A palavra descansar possui vários significados, dentre eles destacamos: repousar, relaxar, desfadigar, folgar, respirar, pausar, cochilar, dormir, adormecer, toscanejar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  18. Alto dos Fernandes

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua nomenclatura relacionada a um local íngreme, onde se instalou pessoas da família Fernandes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  19. Amargoso

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra tem origem no latim amaricus, determinando a característica de algo encontrado no local com sabor desagradável, provavelmente água. Essa nomenclatura pode ter origem também no nome de um capim da família das leguminosas existente em abundância na região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  20. Andreza

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma pessoa do sexo feminino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    Andreza é uma variante feminina do nome André, que por sua vez se originou a partir do grego andreas, que quer dizer “masculino”, “másculo”, “bravo” ou “viril”, no entanto, como esta é uma versão feminina o significado é traduzido para “feminilidade”, “extrema feminina”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Várzea da Ipoeira.

  21. Anafuê

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra é inexistente no léxico da língua portuguesa ou daquelas que lhe influenciaram, especialmente entre os índios e povos de matriz africana, sendo trazida para essa região por alguém desconhecido em uma época incerta.

    Imagem de um pardal, nosso pequeno “anafuê”.

    A palavra anafuê vem da língua maori, um povo nativo da Nova Zelândia, que significa “pardais”, uma pequena ave nativa da Europa que foi introduzida em várias partes do mundo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  22. Angicos

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação indica o nome de uma árvore existente em abundância nessa região. O Angico é uma árvore de porte médio a grande, comumente encontrado em capoeiras, sendo exploradas ou cultivadas devido à boa qualidade da sua madeira, possuindo também propriedades medicinais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  23. Aniceto

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  24. Árabe

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica o nome gentílico de alguém nascido na Arábia Saudita, um país de clima desértico da Península Arábica. Quanto a sua utilização nessa região provavelmente esteja relacionado a sua paisagem no período de estiagem.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  25. Aracoiaba

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura vem do tupi-guarani, ara (ave), cói (falar) e aba (lugar), e significa lugar do canto das aves.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  26. Arara

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome de uma ave existente na caatinga que era muito comum nessa região. Quanto a sua etimologia, essa palavra se origina do termo tupi a’rara. “Ará” se originou do termo tupi a’rá e significa aves de muitas cores.

    Imagem de uma espécie de arara.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  27. Arara dos Francos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga que era muito comum nessa região, prevalecendo nessa região pessoas da família Franco.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  28. Arara dos Marianos

    Designação toponímica classificada como complexa, indica o nome de uma ave existente na caatinga que era muito comum nessa região, prevalecendo nessa região pessoas da família Mariano.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  29. Areias

    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome do conjunto de partículas de rocha desagregadas que costuma se agregar no leito dos rios ou na margem do mar.

    Imagem de um monte de areia.

    A areia é um material de origem mineral, finamente dividido em grânulos, composta basicamente de dióxido de silício que forma-se na superfície da Terra pela fragmentação das rochas por erosão, por ação do vento ou da água. Esse precioso minério é utilizado nas obras de engenharia civil, em aterros, execução de argamassas, concretos e também na fabricação de vidros.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  30. Areia dos Albertos

    Designação toponímica classificada como complexa, em um passado bem recente, a localidade de Areias foi aos poucos sendo fragmentada pelos órgãos de governo, especialmente pela EMATERCE, sendo que parte dela tornou o nome de posse pertencente a família Alberto.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  31. Areia dos Lessas

    Designação toponímica classificada como complexa, indica em sua nomenclatura a junção do solo existente nessa região, por conta do Riacho da Tapera, com o nome da família Lessa, que se estabeleceu em sua proximidade.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  32. Argentina

    Designação toponímica classificada como simples, significa prata e vem da palavra argentum, em latim.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  33. Aroeiras (Boqueirão)

    Designação toponímica classificada como simples, é uma variação no plural da palavra aroeira, indicando o nome de uma árvore existente na caatinga, sendo comumente encontrada desde o Ceará até o Rio Grande do Sul.
    Quanto a sua etimologia, o seu nome é de origem indígena, vindo do tupi-guarani aguaraíba, que quer dizer árvore que alimenta o aguará, uma espécie de cachorro do mato.

    Imagem da aroeira.

    Imagem da aroeira.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  34. Aroeiras (Domingos da Costa)
  35. Aroeiras dos Bongas

    Designação toponímica classificada como complexa, é a junção no plural da palavra aroeira, que é o nome de uma espécie de árvore, com um pejorativo que significa “babaca”, uma pessoa idiota; também pode trazer o sentido que vem do verbo bongar, quer dizer buscar, procurar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  36. Aroeiras dos Macêdos

    Designação toponímica classificada como complexa, é uma variação no plural da palavra aroeira, tendo essa propriedade tomado como parte de sua identificação o nome da família Macêdo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  37. Arvoredo

    Designação toponímica classificada como simples, indica que nesse local, no passado, existia um número abundante de árvores, fato que serviu de sugestão ao proprietário rural que batizou essa localidade.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  38. Asa Aberta

    Designação toponímica classificada como complexa, indica a junção de dois nomes, sendo o primeiro deles o membro das aves que é responsável pelo voo, já o segundo, indica a sua condição, que está aberta, possivelmente preparando-se para alçar voo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  39. Assentamento Boa Ventura

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a junção de dois nomes, referindo-se o primeiro deles ao ajuntamento de pessoas em uma vila que foi construída com recursos do Governo Federal dentro da localidade de Boa Ventura, uma propriedade que foi desapropriada pelo INCRA, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária.
    Quanto ao segundo termo, Boa Ventura, esse nome também é a junção de duas palavras, sendo que a primeira indica algo bom, de boa qualidade, seguida do termo ventura, um substantivo feminino que indica destino, sorte ou fortuna.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

B

  1. Baezinha

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra possui dois sentidos, sendo o primeiros deles a forma carinhosa no diminutiva com que são tratadas as meninas e as mulheres indianas jovens, já a segunda, se refere a um animal de pequena estatura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  2. Balança

    Designação toponímica classificada como simples, utiliza como sua nomenclatura o nome de um instrumento que serve para pesar (substâncias, produtos, objetos, etc.), comparar massas ou medir forças. Em seu sentido figurado significa equilíbrio, imparcialidade nos julgamentos, ponderação.

    Imagem de uma balança.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Barbada

    Designação toponímica classificada como simples, tem a sua origem na nomenclatura do lábio inferior do cavalo, podendo se referir também ao cavalo favorito de um páreo, por sua comprovada superioridade em relação aos demais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  4. Barbatão (Boa Viagem)

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura se refere ao boi criado solto no mato, sem o convívio regular com o ser humano, tornando-se bravio.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  5. Barbatão (Domingos da Costa)
  6. Barra

    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra se refere a entrada de um porto, tendo a sua origem nessa região por conta do encontro de riachos, sendo que a maioria deles desaguam no Rio Conceição.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  7. Barra da Onça

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem na existência desses felinos, possivelmente suçuaranas, que costumavam caminhar  livremente nas margens dos rios e riachos da região em busca de suas presas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Barra da Palha

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem na nomenclatura utilizada em um riacho existente em sua região, que é um dos afluentes do lado esquerdo do Rio Barrigas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  9. Barra do Ingá

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem no encontro do Riacho da Boa Sorte com o Riacho da Santa Cruz, onde possivelmente tenha existido uma ingazeira.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  10. Barra do Rio

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem no encontro dos afluentes do Riacho da Barra Nova.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  11. Barra do Umari

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem no encontro dos afluentes do Riacho da Santa Cruz, sendo complementado com a palavra tupi ume’ri, uma planta da família das icanáceas. A palavra umari, em nossa língua, possui diversos sinônimos, sendo eles: baliza, demarcação, divisa, fronteira, limite e outros.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  12. Barra dos Moreiras

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura tem a sua origem no encontro de um dos afluentes do Rio Boa Viagem, onde se instalou pessoas da família Moreira.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  13. Barra Nova

    Designação toponímica classificada como complexa, tem a sua origem no encontro do Rio da Barra Nova, estando localizada no encontro de um de seus afluentes, o Riacho do Anafuê.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  14. Barreira Branca

    Designação toponímica classificada como complexa, essa localidade recebeu esse nome por conta de sua proximidade com o leito do Rio Conceição, ou Rio dos Cachorros, onde existe uma barreira com areia de aspecto branco.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  15. Barreiros

    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade está relacionada ao tipo de solo existente em sua região, que possivelmente é argiloso. Quanto a sua etimologia, é o plural da palavra barro, sendo o local onde se extrai esse tipo de material para fabricação de tijolos e telhas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  16. Barriguda

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura tem origem em uma árvore nativa da região, a cavanillesia arborea, que possui tronco bojudo, folhas ovadas, flores claras, de tom rosado e fruto capsular purpúreo, com pequenas sementes envoltas em filamentos brancos.

    Imagem de uma barriguda.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  17. Barro Vermelho (Domingos da Costa)

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade está relacionada ao tipo de solo existente nessa região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  18. Barro Vermelho (Ipiranga)
  19. Batedor

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui grande variação e possivelmente faz referência ao caçador que espreita uma caça.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  20. Bela Aliança

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação é de origem desconhecida, que pode se referir a algum tipo de acordo bem sucedido.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  21. Bela Vista

    Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa localidade está relacionada ao aspecto agradável dessa região, algo que cativou aos seus primeiros moradores.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  22. Belém (Boa Viagem)

    Designação toponímica classificada como simples, a sua origem vem da palavra hebraica “בית לחם”, que quer dizer “Casa do Pão”, sendo utilizada pelos moradores dessa localidade para identificar a sua fé, pois esse é o nome da cidade da judeia onde o Cristo nasceu.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  23. Belém (Boa Viagem)
  24. Belém dos Biés

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação utiliza a mesma ideia do verbete anterior, sendo complementado com o nome de posse da família Bié, recurso que serve para diferenciar das demais localidades do Município que levam o mesma nomenclatura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito do Ibuaçu.

  25. Belmonte

    Designação toponímica classificada como composta, o seu nome é a simplificação da palavra belo monte.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  26. Belo Horizonte

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura determina a beleza da linha circular em que a terra ou o mar parecem unir-se ao céu, e que limita o campo visual de uma pessoa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

  27. Betânia

    Designação toponímica classificada como simples, o nome dessa localidade tem origem no hebraico, que significa “casa da aflição”, “casa dos figos”, “casa das tâmaras verdes” ou ainda “casa dos pobres”.
    O nome Betânia é mencionada diversas vezes na Bíblia como um dos locais visitados por Jesus Cristo, sendo a vila onde Marta e Maria, as irmãs de Lazaro residiam.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  28. Boa Esperança (Boa Viagem)

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura tem origem na denominação de uma fazenda, que posteriormente deu nome a localidade, indicando possivelmente um recomeço, guardando ainda hoje algumas características da época em que passou a ser habitada.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  29. Boa Esperança (Boqueirão)
  30. Boa Esperança (Ipiranga)
  31. Boa-fé

    Designação toponímica classificada como complexa, esse termo possui diversos significados, sendo alguns deles: correção, dignidade, direiteza, exatidão, franqueza, honestidade, honra, incorrupção, integridade, justeza, lealdade, lisura, nobreza, probidade, retidão, rigor, seriedade, entre outros.
    Possivelmente essa localidade tenha recebido esse nome como forma de afirmação da catolicidade de seus primeiros moradores, que não aceitavam as ideias de confissão protestante, algo que consideravam como sendo uma fé não saudável, uma má-fé.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  32. Boa Hora

    Designação toponímica classificada como complexa, esse termo significa em um momento oportuno, em um bom momento, na hora certa, sendo desconhecido o motivo de seu batismo pelos primeiros habitantes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  33. Boa Sorte

    Designação toponímica classificada como complexa, o termo que dá nome a essa localidade é uma expressão bastante utilizada quando alguém deseja felicidades e sucesso na esperança de que o desejo esperado tenha êxito.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  34. Boa Ventura

    Designação toponímica classificada como complexa, o seu nome significa boa sorte, tendo origem no nome italiano “bonaventura”, que é formado a partir da união das palavras “buona”,  que quer dizer “bom, boa” e “ventura”, que quer dizer “sorte”, tendo sido conhecida em um passado distante como “Poço Cercado”, sendo desconhecido o tempo e o motivo de sua modificação.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  35. Boa Viagem

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura surgiu por conta de uma jornada em fuga empreendida por um casal de namorados que desejavam consumar um amor proibido.
    Esse fato ocorreu nos primeiros anos do século XVIII e o local escolhido como refugio recebeu como primeiro topônimo a alcunha de Cavalo Morto, sendo alterado alguns anos depois por conta da construção de uma capela em homenagem a Nossa Senhora da Boa Viagem.
    Essa localidade está localizada dentro do perímetro pertencente ao Distrito de Boa Viagem, constituindo-se na sede do Município que recebe a sua nomenclatura.

  36. Boa Vista (Boa Viagem)

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade está relacionada ao aspecto agradável dessa região, algo que agradou aos seus primeiros moradores.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  37. Boa Vista (Guia)
  38. Boa Vista (Ipiranga)
  39. Boa Vista (Jacampari)
  40. Bolívia

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é o mesmo de um país do centro da América do Sul, que recebeu essa denominação por conta de Simon Bolívar, o libertador.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  41. Bom Desejo

    Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa propriedade expressa um sentimento de expectativa em possuir ou alcançar algo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  42. Bom Jesus

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade define um pouco da fé  e religiosidade de seus primeiros habitantes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  43. Bom Socorro

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade define um pouco da fé e da religiosidade de seus primeiros habitantes, que tem como orago São Sebastião.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  44. Bom Sucesso

    Designação toponímica classificada como complexa, essa denominação sugere o resultado de um negociação vantajosa, de um empreendimento que resultou em lucro ou conquista.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  45. Bom Tempo

    Designação toponímica classificada como complexa, essa denominação sugere a estação das chuvas, quando no sertão é considerado um tempo de progresso e fartura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  46. Bonga

    Designação toponímica classificada como simples, esse topônimo possui dois sentidos, sendo que um deles é depreciativo, que significa babaca, uma pessoa idiota, já o outro, que vem do verbo bongar, quer dizer buscar, procurar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  47. Boqueirão (Boa Viagem)

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome designa a existência de uma cerca entre duas serras, onde passa um riacho.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  48. Boqueirão (Boqueirão)
  49. Boqueirão (Guia)
  50. Brasileira

    Designação toponímica classificada como simples, essa nomenclatura é um substantivo feminino que identifica quem nasce no Brasil, pode se referir também a aguardente de cana, a cachaça.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  51. Brilhante

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação indica algo que reflete muita luz, reluzente, cintilante.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  52. Buenos Aires

    Designação toponímica classificada como simples, essa denominação indica bons ares.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

C

  1. Cabeça da Vaca

    Designação toponímica classificada como complexa, essa nomenclatura define um pouco da vocação da região do Município de Boa Viagem, que é a criação extensiva de gado.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  2. Cabeça do Boi

    Designação toponímica classificada como complexa, essa denominação segue a mesma ideia do verbete anterior.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  3. Cacaueira

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é sinônimo de cacauzeiro, uma árvore que produz o cacau.

    Imagem de uma cacaueira.

    Imagem de uma cacaueira.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  4. Cachoeira

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome designa a existência de uma pequena queda d’água existente em sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

  5. Cachoeira das Almas

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma queda d’água na região dentro do leito do Rio Boa Viagem, que se tornou referência para localização, que em um tempo desconhecido tomou esse nome por estar próximo da localidade de Almas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  6. Cachoeira dos Andrés

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma pequena queda d’água em sua região, que é cortada pelo Rio Boa Viagem, tomando o nome da família André, residente do lugar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  7. Cachoeira dos Fragoso

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está relacionada a uma das pequenas quedas d’água existentes nessa região, que em nossos dias é conhecida como Cachoeirão dos Ferreiras, estando no curso do Rio Juazeiro, um importante tributário do Rio Quixeramobim.

    Imagem do Cachoeirão dos Ferreiras, em 2006.

    Imagem do Cachoeirão dos Ferreiras, em 2006.

    O complemento de posse que o diferencia das demais cachoeiras, que anteriormente era conhecida como Cachoeira do Tenente José Filipe Ribeiro da Silva, passou a ser utilizado nos últimos anos da década de 1930, quando pessoas da família Fragoso, de confissão protestante, se estabeleceram na região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Cachoeira dos Machados

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma pequena queda d’água em sua região, que é cortada pelo Riacho Santo Amaro, tomando o nome da família Machado, primeiros moradores daquele lugar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  9. Cachoeira dos Paulinos

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma pequena queda d’água em sua região, que é na Serra do Catolé, onde nasce alguns rios, sendo no passado uma posse da família Paulino.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  10. Cachoeira dos Paus Brancos

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação indica a existência de uma pequena cachoeira dentro do Riacho dos Porcos, onde árvores dessa espécie, a auxemma oncocalyx, típica da caatinga, tornaram-se referência de localização para os seus moradores.

    Imagem do Pau Branco, árvore que dá nome para localidade.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  11. Cachoeira dos Silvestres

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura indica a existência de uma pequena queda d’água em sua região, que é na Serra do Catolé, onde nasce alguns rios, tomando a forma no plural do nome de Silvestre Martins Chaves, um dos primeiros moradores daquele lugar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  12. Cachoeira dos Vales

    Designação toponímica classificada como complexa, o nome dessa localidade indica a existência de uma pequena queda d’água em sua região, que é cortada pelo Rio Boa Viagem, tomando o nome da família Vale, residente do lugar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  13. Cachoeirinha (Boqueirão)

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica a existência de uma pequena cachoeira em um dos riachos que cortam a sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  14. Cachoeirinha (Ipiranga)
  15. Cachoeirinha (Olho d’Água dos Facundos)
  16. Caiçara (Domingos da Costa) 

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui diferentes significados, de origem tupi, se referia aos habitantes das zonas litorâneas. Se refere também a qualquer proteção ou cerca feita com ramos de árvores, paus a pique ou varas, sendo o nome da paliçada em torno de aldeia indígena que serve para proteção contra inimigos ou animais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  17. Caiçara (Ibuaçu)
  18. Caiçarinha

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura é o diminutivo da palavra Caiçara, termo descrito no verbete anterior.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  19. Caieiras

    Designação toponímica classificada como simples, o nome dessa localidade indica a existência de um forno onde eram calcinadas as pedras calcárias ou tijolos e telhas produzidas em sua região.

    Imagem de uma caieira.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  20. Cais

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica a existência de algum tipo de reforço de alvenaria nas margens de um rio ou canal destinado a conter as águas e direcioná-las. Um cais é uma elevação de terra, ou aterro, à margem de rio, lago ou mar, que serve para permitir e facilitar o embarque e o desembarque de cargas e passageiros.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  21. Cajazeira

    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade se refere a uma árvore da família das anacardiáceas, que pode atingir até 25 metros de altura.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  22. Cajazeira do Samuel

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura possui o mesmo sentido do termo descrito no verbete anterior acrescido da posse da família Samuel.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  23. Cajueiro

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome se refere a uma árvore anacardiácea cujo fruto é uma noz de amêndoa saborosa e que se come torrada.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  24. Caloji

    Designação toponímica classificada como simples, em acordo com o Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de Antônio Geraldo da Cunha, a nomenclatura dessa localidade é de origem africana, significando cortiço, cabana ou casebre de palha

    Imagem de uma casa de adobe e palha.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  25. Camará

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura faz referência a um arbusto da família das verbenáceas existente do Ceará até ao Rio Grande do Sul.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  26. Camará dos Aderaldos

    Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa localidade possui a mesma ideia do verbete anterior, sendo acrecido no nome de posse da família Aderaldo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  27. Camará dos Basílios

    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade possui a mesma ideia do verbete anterior, sendo acrecido no nome de posse da família Basílio.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  28. Camará dos Pereiras

    Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa localidade possui a mesma ideia do verbete anterior, sendo acrecido no nome de posse da família Pereira.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  29. Camará dos Timóteos

    Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa localidade possui a mesma ideia do verbete anterior, sendo acrecido no nome de posse da família Timóteo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas

  30. Campinas

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome se refere a um tipo de bioma formado por campos completamente despidos de árvores, campos limpos, em oposição aos campos arborizados, que são classificados como savanas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  31. Canindezinho

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está em sua forma diminutiva e possui diferentes significados. A primeira está relacionada ao nome da faca pontuda empregada por sertanejos cearenses, já a segunda é o nome indígena que se refere a um tipo de arara.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  32. Capitão-Mor

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem por conta do Rio Capitão-Mor, que recebeu essa nomenclatura em uma época desconhecida, já estando presente na carta de sesmaria recebida por Antônio Domingues Álvares em 1743.
    A palavra capitão-mor era uma designação utilizada para cada um dos oficiais militares responsáveis pelo comando das tropas disponíveis em cada cidade, vila ou concelho de Portugal entre os séculos XVI e XIX. Essa designação foi também aplicada a outras funções militares e administrativas de Portugal, tendo uso corrente no Brasil na época colonial.
    Nos primeiros anos da década de 1950 essa localidade era conhecida pelo topônimo de Cachoeira, tendo a sua nomenclatura sido modificada pelos seus habitantes nessa época para diferir da Cachoeira dos Crentes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  33. Cardão

    Designação toponímica classificada como simples, essa denominação se refere a uma cor, a cor da flor dos cardos, azul-violeta, cárdeo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  34. Caraúbas

    Designação toponímica classificada como simples, essa denominação indica o nome de uma árvore da família das bignoniáceas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  35. Carnaubinha

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome está na forma diminutiva e se refere a uma palmeira solitária de até 15 m, a copernicia prunifera, nativa do Nordeste do Brasil, de folhas palmadas e bagas ovoides; também chamada de carandá, carnaíba, carnaubeira.

    Imagem da árvore que dá nome para localidade.

    Essa árvore produz um produto precioso, que é a cera, obtida das folhas; a sua madeira é utilizada na construção; o fruto tem polpa comestível, de onde se faz doces e farinha; da amêndoa extrai-se o óleo; as raízes têm propriedades depurativas e, reduzidas a cinzas, substituem o sal de cozinha.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  36. Carobas

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é um termo comum a várias árvores do gênero jacarandá, da família das bignoniáceas, a carobeira. Esse nome vem da junção de duas palavras do tupi, ka’a, que quer dizer folha, mais ‘roua, que quer dizer amargo, folha amarga.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  37. Carro Quebrado

    Designação toponímica classificada como complexa, o nome indica que em uma data incerta um veículo enguiçou nessa localidade, fato que se tornou referência para os seus habitantes.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  38. Casinhas

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é o diminutivo no plural da palavra casa, uma pequena habitação.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  39. Castela

    Designação toponímica classificada como simples, a razão de sua denominação ainda é desconhecida.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  40. Catirina

    Designação toponímica classificada como simples, esse nome tem origem na personagem feminina de maior destaque no bumba meu boi, caracterizada por temperamento alegre e brincalhão.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  41. Catolé

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é uma referência a um pequeno fruto proveniente de uma palmeira, a syagrus cearensis, que produz coco-catolé, típico da Mata Atlântica. Outras palmeiras também são chamadas de catolé, entre elas a syagrus smithii, ameaçada de extinção, e a syagrus cearensis, de ampla ocorrência no Estado do Ceará, como sugere o nome.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  42. Cipoal

    Designação toponímica classificada como simples, a razão de sua denominação indica a existência de mato emaranhado e denso de cipós, difícil de atravessar.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  43. Conceição

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está relacionada diretamente a devoção religiosa de seus primeiros moradores, que escolheram para sua propriedade a invocação do nome de Nossa Senhora da Conceição, sendo conhecida no passado, já por volta de 1893, também como Fazenda Conceição, nome que com o passar dos anos foi sendo simplificado pelos seus habitantes apenas para Conceição.
    Quanto a etimologia da palavra ela vem do latim “concipere”, que significa conceber, gerar, compreender, tendo relação direta com a concepção da Virgem Maria.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

  44. Corintos

    Designação toponímica classificada como simples, o termo que dá nome a essa localidade possivelmente se refira ao nome de uma das cartas do Apóstolo São Paulo, a epístola aos Corintios.
    A outra possibilidade, que talvez seja mais difícil, refere-se ao estilo arquitetônico criada em Corinto, que se caracteriza pela ornamentação em forma de folhas de acanto nos capitéis ou, uma variedade de uva grega muito usada na fabricação de passas miúdas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  45. Croa Grande

    Designação toponímica classificada como complexa, o seu nome indica o tipo de solo existente na localidade, que é de várzea.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  46. Croatá

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está relacionada diretamente com o nome de uma planta existente em abundância na região.

    Imagem de um croatá.

    Essa palavra tem origem no tupi, que significando “talo com espinhos”, chegando a medir 2 metros de altura. O croatá é conhecido também como caroá, gravatá, gravá ou bananinha do mato. As suas folhas são muito resistentes, fornecem fibras para a confecção de tecidos, barbante, linha de pesca, esteiras, chapéus, etc.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  47. Cruz

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome se refere a um instrumento de tortura e execução, formado de dois toros transversais onde se pregavam as vítimas, sendo o instrumento onde o Cristo padeceu a sua morte.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  48. Cruzeiro

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação indica algo que possui ou foi colocado em forma cruz, que foi marcado por uma cruz.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  49. Curimatã

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura é uma palavra oriunda do tupi-guarani, significa literalmente: “peixe tenro, delicado”.

    Imagem de uma curimatã.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  50. Curitiba

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é indígena, vem da junção de duas palavras do tupi guarani, “curi“, que quer dizer: pinheiro, araucária pinhão; e “tiba“, que significa ajuntamento, quantidade. Curitiba quer dizer terra dos pinheirais, terra de muito pinhão.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  51. Curupati

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura pode ser um neologismo surgido da corruptela tupi “kurupa’í”, que se refere a uma variedade de angico.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  52. Currais Novos

    Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação tem origem no nome do cercado onde se prende e/ou recolhe gado. Também é chamado de estábulo, redil.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

D

  1. Deserto

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura é o nome do bioma, com baixa diversidade, que se estabelece em região com pluviosidade muito baixa ou irregular.
    É também o nome da zona árida, com precipitações atmosféricas irregulares ou escassas, vegetação inexistente ou rara e relevo formado pela alteração de determinadas rochas.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  2. Dinamarca

    Designação toponímica classificada como simples, a denominação dessa localidade é o nome de um dos países do norte da Europa, o menor da escandinávia, sendo a terra de origem dos antigos vikings. O nome “Danimark“, de acordo com a língua local, significa “terra ou território do povo dano”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  3. Divisão

    Designação toponímica classificada como simples, a primeira nomenclatura dessa localidade foi “Divisor”, por estar localizada no limite com o Município de Monsenhor Tabosa.
    A palavra divisão indica uma linha de demarcação, uma divisa, um limite, sendo também o nome que se dá a cada uma das partes ou a porções de um todo.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  4. Dois Irmãos

    Designação toponímica classificada como complexa, o seu nome indica duas pessoas que se ligam para um fim comum ou ajuda mútua, que se consideram unidos por laços de parentesco ou sentimentos de fraternidade universal.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  5. Dois Riachos

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade indica a existência de dois pequeno riachos em sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  6. Domingos da Costa

    Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem ainda incerta, existindo duas versões orais que tentam explicar o seu surgimento.
    Na primeira versão, que remonta ao século XVIII, conta-se que os jagunços que perseguiam o casal tido como fundador da cidade, Antônio Domingues Álvares e Agostinha Sanches de Carvalho, ao chegarem nessa região, procuraram um local para acampar, quando um deles tombou ferido por conta de um aranhão, motivo que os fizeram desistir da missão recebida.

    Busto de Antônio Domingues Álvares e Agostinha Sanches de Carvalho, o local é considerado como marco 0 da cidade.

    Imagem da estátua de Antônio Domingues Álvares e Agostinha Sanches de Carvalho, o local é considerado como “o Marco Zero” do Município de Boa Viagem.

    Nessa versão a tradição oral afirma que o jagunço tinha por nome Domingos e virou as Costas para o lugar do acampamento, que tempos depois se tornou em povoado.
    Na segunda versão, os moradores mais antigos sustentam a hipótese de que os primeiros habitantes dessa localidade eram da Família Costa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  7. Duas Lagoas

    Designação toponímica classificada como complexa, a denominação dessa localidade indica a existência de duas depressões de pequena profundidade contendo água doce em sua região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

E

  1. Ermo

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica um pouco das características do próprio lugar, que é desabitado, deserto.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  2. Escondido

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica um local distante, oculto, encoberto, não revelado, de difícil acesso. A sua origem é do latim, “absconsum”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Espírito Santo

    Designação toponímica classificada como complexa,  o seu nome é entendido como sendo uma das três Pessoas da Santíssima Trindade e, como tal, ele é pessoalmente e totalmente Deus, co-igual e co-eterno com Deus Pai e Deus Filho.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  4. Estrela

    Designação toponímica classificada como simples, esse termo vem da astronomia e se refere a um corpo celeste produtor e emissor de energia, com luz própria, e cujo deslocamento na esfera celeste é quase imperceptível ao observador na Terra.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  5. Estreito

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica uma passagem ou um caminho com pouco espaço, apertado, de pouca folga, tendo sido feito possivelmente pelo gado.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  6. Extrema

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura indica um ponto distante, um local afastado do centro do Município, onde se encontra a sua sede administrativa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

F

  1. Facão

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é o mesmo de um utensílio semelhante à faca, porém maior do que esta; facalhão, facalhaz. Possivelmente a denominação dessa localidade faz referência ao cume da serra que também recebe esse nome.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  2. Fronteiras

    Designação toponímica classificada como simples, o sua nomenclatura indica o limite que demarca um país e o separa de outro, sendo o nome da área contígua a esse limite.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  3. Fazenda Nova

    Designação toponímica classificada como complexa que ainda guarda às suas características iniciais pelo nome de sua forma primitiva de exploração econômica.
    Uma fazenda é uma propriedade rural agrícola, geralmente composta por um imóvel e um terreno destinado à prática da agricultura e da pecuária.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  4. Flores

    Designação toponímica classificada como simples, é uma palavra no plural oriunda da morfologia botânica que define a estrutura reprodutiva das angiospermas que, quando completa, é constituída por cálice, corola, androceu (estames) e gineceu (pistilos) e, quando incompleta, deve apresentar, no mínimo, um estame ou um pistilo.

    Imagem ilustrativa de um campo cheio de flores.

    Imagem ilustrativa de um campo cheio de flores.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  5. Floresta

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome indica um denso conjunto de árvores que cobrem vasta extensão de terra, uma mata.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  6. França

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui diferentes significados, sendo ele o ramo superior ou a copa de uma árvore, um dos nomes para o chicote no Ceará ou o nome de um dos países da Europa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  7. Fuzil

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui diferentes significados, sendo o primeiro deles uma peça de metal com que se atritava uma pederneira para produzir centelhas, uma arma ou um relâmpago, um clarão repentino.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Várzea da Ipoeira.

G

  1. Galileia

    Designação toponímica classificada como simples, esse termo vem da palavra hebraica “הגליל”, que quer dizer “a província”. A Galileia é uma grande região no norte de Israel que se confunde com a maior parte do Distrito administrativo do norte do país.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  2. Gameleira (Águas Belas)

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é a denominação comum a diversas árvores da família das moráceas, uma especie do gênero ficus, com madeira geralmente usada para a confecção de gamelas e objetos domésticos.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

  3. Gameleira (Boa Viagem)
  4. Graviola

    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação é a mesma de uma árvore que pode chegar até 10 m, a Annona muricata, da família das anonáceas, de casca aromática, folhas variadas, flores axilares, solitárias, amareladas e frutos sincárpicos grandes, verde-escuros, de casca espessa e coriácea, formada por saliências cônicas com espinho no ápice de cada carpelo e polpa branca.

    Imagem da fruta que dá o nome para localidade.

    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  5. Guaiuba

    Designação toponímica classificada como simples, a denominação dessa localidade se refere ao nome de um peixe, o Ocyurus chrysurus, que é encontrado no Atlântico, podendo chegar até 70 cm de comprimento, uma espécie muito consumida no Nordeste do Brasil.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  6. Guajiru

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome é um neologismo, a corruptela do termo indígena “guajuru”, um arbusto ou árvore de até 10 m, a Chrysobalanus icaco.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

  7. Guia

    Designação toponímica classificada como simples, o seu nome faz referência a uma grande pedra que, já em um passado distante, servia de orientação, de “guia” aos caçadores e dos emissários que costumavam transitar por essa região.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  8. Gurupá

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui origem indígena, sendo derivada de Curupá, que significa “cascalho, lugar de cascalho”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

  9. Gurupi

    Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura possui uma origem controvertida. De acordo com o tupinólogo Teodoro Sampaio, historiador do século XIX, o termo gurupi vem da língua tupi, que significa “rio das roças” ou “das plantações”.
    Já em outra versão, que possui aproximação fonética, coloca como sua origem a corruptela do termo gurupés, também chamado garoupez ou guaroupaz, referindo-se ao mastro existente na extremidade da proa dos navios.
    Na Região Sul do Brasil essa palavra se refere ao indivíduo que em leilões, por meio de lances fictícios, faz subir os preços em favor do leiloeiro ou do dono dos objetos leiloados. É o indivíduo que se mete no que não lhe diz respeito; intrometido.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

H

  1. Holanda

    Designação toponímica classificada como simples, tem a sua origem na nomenclatura de uma propriedade rural que foi batizada com o nome de um pais europeu, sendo conhecida também com a denominação de Fazenda Holanda.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

I

  1. Ibuaçu

    Designação toponímica classificada como simples, em acordo com o Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de Antônio Geraldo da Cunha, a nomenclatura dessa localidade é de origem indígena, sendo composta pelas palavras IBU (fonte) + AÇU (grande), significando “fonte grande” ou “olho d’água grande”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

  2. Inharé

    Designação toponímica classificada como simples, esse termo é o nome popular de uma planta, que também é conhecido como mururé.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

  3. Ipiranga

    Designação toponímica classificada como simples, e em acordo com o Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de Antônio Geraldo da Cunha, a nomenclatura desse Distrito é de origem indígena, sendo formada pela junção da letra “y”, que quer dizer rio, mais a palavra “pyrang”, que quer dizer vermelho.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  4. Ipueira da Pedra

    Designação toponímica classificada como complexa, o termo é a junção de duas palavras, indicando o primeiro deles um charco que se forma em lugares baixos, devido às enchentes dos rios, onde existe uma rocha.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

  5. Ipu

    Designação toponímica classificada como simples, esse termo tem origem em uma palavra da língua tupi, “y-pu”, que significa água que surge, que borbulha, ou seja, fonte, bica.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

J

  1. Jacampari
    Designação toponímica classificada como simples, a sua denominação é uma palavra indígena composta de YAÇÃ ou YACAN (a nascente) + PA (som, percussão, batida, tocado) + RI (liquido, corrente, manante), significando “nascente de águas sonoras” ou ainda “aquele que canta alto e bem”.
    Segundo o filologista Luis Caldas Tibiriçá Jacampari derivada de Y-AÇÃ (braço de rio) + PARI (barragem, pesqueiro), significando “barragem do braço de rio” ou “pesqueiro do braço de rio”. Já Silveira Bueno, outro filologista, nos diz que Jacampari derivada de JACÃ ou YACÃ (braço de rio) + PARI (jiqui), significando braço de rio no qual o peixe era surpreendido através desse tipo de armadilha.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Jacampari.

  2. Jacaúna
    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade é de origem indígena, que significa “de peito negro”.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  3. Jamundá
    Designação toponímica classificada como simples, essa palavra vem do tupi-guarani, “nha-mundá”, que significa literalmente “aquele que furta, povo de ladrões.”
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

  4. Jantar
    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade se refere ao nome da principal refeição noturna. Pode indicar também uma expressão jocosa do fato de se levar vantagem em algo, em algum negócio, por exemplo: “jantou o adversário nos últimos minutos.”
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  5. Japão
    Designação toponímica classificada como simples, a denominação dessa localidade faz referência ao nome de um pais insular do Oceano Pacífico.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  6. Jaramataia
    Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade faz referência a uma árvore, a Avicennia africana, da família das aviceniáceas, de folhas oblongas, flores em panículas axilares e cápsulas monospérmicas, nativa dos mangues do delta do Nigéria e introduzida no Brasil.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

  7. Jatobá
    Designação toponímica classificada como simples, indica o nome de uma árvore originalmente encontrada na Amazônia e Mata Atlântica brasileiras, onde ocorre naturalmente desde o Piauí até o Norte do Paraná. Com altura entre 15 e 20 m e tronco que chega a 1 m de diâmetro, suas folhas têm dois folíolos brilhantes de 6-14 cm de comprimento.

    Imagem de um jatobá.

    Sua madeira é empregada na construção civil em vigas, caibros, ripas, acabamentos internos, na confecção de artigos para esportes, cabos de ferramentas, peças torneadas, esquadrias e móveis.
    A polpa do legume é comestível e muito nutritiva, sendo usada como alimento também pela fauna da região.
    No Amazonas, entre seringueiros e moradores de regiões próximas das florestas onde se encontram, é comum utilizarem a casca da árvore para fazer um chá, também chamado de vinho do jatobá.
    Como planta medicinal, diferentes partes são usadas por indígenas do Brasil, Guianas e Peru contra diarreia, tosse, bronquite, problemas de estômago e fungos nos pés.
    Em épocas diferentes, desde 1930, foi indicada a comercializada para fins medicinais. A partir do final do século XX passou a ser estudada por etnobotânicos americanos, e é consumida nos EUA com os mesmos fins tradicionais.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Jatobá dos Patrícios
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  9. Jerusalém
    Designação toponímica classificada como simples.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  10. Jordão
    Designação toponímica classificada como simples,.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

  11. Juazeiro
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  12. Jucazeiro

    Designação toponímica classificada como simples, esse termo se refere a uma árvore da família das leguminosas, que também é conhecida como pau-ferro.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

L

  1. Lagoa

    Designação toponímica classificada como simples,
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

  2. Lagoa do Arroz
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
  3. Lagoa do Senador
    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está diretamente relacionada a uma propriedade rural pertencente ao Senador Francisco de Paula Pessoa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

  4. Lagoa dos Filós
    Designação toponímica classificada como simples.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
  5. Lagoinha dos Paraibanos
    Designação toponímica classificada como simples,.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  6. Lajes
    Designação toponímica classificada como simples,.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

  7. Lajes dos Facundos
    Designação toponímica classificada como simples,.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  8. Lajes dos Lopes
    Designação toponímica classificada como simples,.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  9. Lajes dos Rogérios
    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura se dá por conta da existência de um grande conjunto de lajedos dentro do Rio Conceição, onde em suas proximidades se instalou pessoas da família Rogério.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Várzea da Ipoeira.

  10. Lajes dos Sousas
    Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura se dá por conta da existência de um grande conjunto de lajedos dentro do Rio ??????, onde em suas proximidades se instalou pessoas da família Sousa.
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Massapê dos Paés.

  11. Lázaro
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  12. Lembranças
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  13. Livramento
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  14. Logradouro
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

  15. Longar
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

  16. Luzia
    Designação toponímica classificada como simples, .
    Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

M

      1. Macacos

        Designação toponímica classificada como simples, .

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      2. Macambira

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      3. Macambira dos Pintos

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

      4. Madeira Cortada

        Designação toponímica classificada como complexa, é a junção de duas palavras que remonta a época de sua colonização, período em que houve a derrubada das matas e abertura dos campos para criação do pasto para o gado.

        Imagem daquilo que deu nome ao local.

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      5. Malhada

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      6. Malhada do Feijão

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

      7. Malvinas

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

      8. Marinheiro

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.Registro de 1893

      9. Marmilona

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.Localidade do Distrito de Boa Viagem.

      10. Massangana

        Designação toponímica classificada como simples, .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

      11. Massapê

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      12. Massapê do Paés

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      13. Mata Fria
        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
      14. Mata Lavrada

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      15. Mazagão

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      16. Melancias

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      17. Meruesta

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      18. Mirador

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      19. Monte Flor

        Designação toponímica classificada como complexa, a razão de sua nomenclatura ainda é incerta, tendo surgido provavelmente pelo volume de flores existentes no período invernoso ao pé da Serra do Pintadão, onde está localizada.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      20. Monte Limpo

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      21. Monte Novo

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidad.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      22. Mucambo

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      23. Mulungú

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localidade.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.1894

      24.  Mundo Novo

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localid.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      25. Muquém

        Designação toponímica classificada como simples, a nomenclatura dessa localid.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

N

      1. New York

        Designação toponímica classificada como complexa, é o termo em inglês que determina o nome de uma das principais cidades dos Estados Unidos da América, sendo a mais populosa do continente americano.
        Em língua portuguesa esse termo é Nova York, que em sua explicação histórica justifica-se pela implantação, possivelmente de ingleses da cidade de York, em uma localidade com esta denominação no Novo Mundo por volta de 1624.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      2. Nilo Alegre

        Designação toponímica classificada como complexa, a sua denominação está relacionado a um fato, que provavelmente seja lenda, onde o seu primeiro proprietário, que se chamava Nilo, passou um grande risco em perder a sua vida, ficando alegre diante do grande livramento.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

      3. Núbia

        Designação toponímica classificada como simples,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

O

      1. Oiticica

        Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma árvore existente em abundância nas margens do Rio do Roçado, que corta essa região.

      1. Imagem de um pé de Oiticica.

        A oiticica, ou licania rigida, é uma planta da família chrysobalanaceae, endêmica na caatinga e na vegetação típica da faixa de transição entre o sertão semiárido do Nordeste e a região Amazônica.
        Etimologicamente o seu nome é um substantivo feminino e vem do tupi, “uiti + sika”, que quer dizer resina.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      2. Oitis

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

      3. Olho d’Água

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      4. Olho d’Água Grande

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      5. Olho d’Água Seco

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      6. Olho d’Água da Timbaúba

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      7. Olho d’Água de Cima

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      8. Olho d’Água do Jirau

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      9. Olho d’Água do Mucuripe

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      10. Olho d’Água do Salgado

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      11. Olho d’Água dos Bezerril

        Designação toponímica classificada como complexa, o seu nome é fruto da junção de dois termos. O primeiro está relacionado à existência de uma fonte d’água nas proximidades do Riacho dos Coqueiros que, no passado, abastecia os animais e os moradores dessa região, já o segundo refere-se ao sobrenome do Capitão José Custódio Bezerril, que durante algum tempo se refugiou nesse local.
        Em nossos dias essa denominação se refere também ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 1.003, do dia 2 de outubro de 2008, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir desta data foi elevada para categoria de vila.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

      12. Olho d’Água dos Domingos

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      13. Olho d’Água dos Facundos

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água dos Facundos.

      14. Olho d’Água dos Gomes

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      15. Olho d’Água dos Pretos

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      16. Olinda

        Designação toponímica classificada como simples,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

P

      1. Palestina

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Localidade do Distrito de Boa Viagem.

      2. Palmira

        Designação toponímica classificada como complexa,

      3. Papa-Leite

        Designação toponímica classificada como complexa,

      4. Passagem

        Designação toponímica classificada como complexa,Registro de 1893

      5. Passagem dos Machados

        Designação toponímica classificada como complexa,

      6. Passagem Funda

        Designação toponímica classificada como complexa,

      7. Pavuna

        Designação toponímica classificada como complexa,

      8. Pé da Serra

        Designação toponímica classificada como complexa,

      9. Pebas

        Designação toponímica classificada como complexa,

      10. Pedra Branca

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

      11. Pedras Pretas

        Designação toponímica classificada como complexa,

      12. Pedras Grandes

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Localidade do Distrito de Boa Viagem

      13. Picos

        Designação toponímica classificada como complexa,

      14. Piedade

        Designação toponímica classificada como simples
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

      15. Pitombeira

        Designação toponímica classificada como complexa,
        1895 Localidade do Distrito de Boa Viagem

      16. Pitombeira dos Araújos

        Designação toponímica classificada como complexa,

      17. Pitombeira dos Bertoldos

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Localidade do Distrito de Águas Belas

      18. Pitombeira dos Beneditos

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Localidade do Distrito de Águas Belas

      19. Pitombeira dos Leitão

        Designação toponímica classificada como complexa,

      20. Pocinhos

        Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma pessoa do sexo masculino que provavelmente habitou nessa região em uma época ignorada.
        1894

      21. Poço Comprido

        Designação toponímica classificada como complexa,
        Localidade do Distrito de Boa Viagem.

      22. Poço d’Água

        Designação toponímica classificada como complexa, a sua origem está fundamentada na hipótese de que no passado, neste local, havia um poço detentor de água potável, que não sabemos se era natural, elemento de vital importância para a subsistência humana nesta região.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      23. Poço da Cruz

      24. Poço da Pedra

        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem em um local de referência para as pessoas que em uma época desconhecida vinham apanhar água em momentos de seca.

        Imagem do local que deu nome à vila, em 2019.

        O seu nome é antigo, encontramos registros que datam de 1894 e em nossos dias se refere ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 773, de 11 de outubro de 2001, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir dessa data foi elevada para categoria de vila.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      25. Poço do Boi
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      26. Poço do Gado
        Designação toponímica classificada como complexa, a nomenclatura dessa localidade sugere a existência de um poço dentro do leito do Rio Quixeramobim, que nesse local já é formado com águas do Rio Conceição e do Rio Barrigas.
        Esse poço, que possivelmente seja natural, tinha por finalidade alimentar o gado e outros pequenos animais existentes na região, tornando-se uma referência para os seus primeiros moradores.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

      27. Poço do Mel
        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      28. Poço do Serrote
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem .
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      29. Poço dos Angicos
        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      30. Poço Grande
        Designação toponímica classificada como complexa, Registro de 1893
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      31. Poço Redondo
        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      32. Poço Salgado
        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      33. Poldrinha

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      34. Pombo
        Designação toponímica classificada como simples, Registro de 1894
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      35. Ponta da Serra
        Designação toponímica classificada como complexa,Registro de 1893
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Poço da Pedra.

      36. Ponte
        Designação toponímica classificada como simples,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      37. Prado
        Designação toponímica classificada como simples, Registro de 1893
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

Q

      1. Queimadas
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

R

      1. Ramadinha
        Registro de 1893
      2. Rancho Alegre

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem. Registro de 1893

      3. Recanto:
      4. Recreio
        Localidade do Distrito de Águas Belas
      5. Relógio
      6. Retiro
        Localidade do Distrito de Boa Viagem
      7. Riacho Boa Sorte
        Localidade do Distrito de Boa Viagem.
      8. Riacho da Jurema:
      9. Riacho da Palha:
      10. Riacho do Agreste
      11. Riacho dos Fernandes:
      12. Riacho do Meio
        Localidade do Distrito de Boa Viagem.
      13. Riacho Saquinho:
      14. Riacho dos Porcos

        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem diretamente ligada a um pequeno riacho, um dos tributários do Rio Juazeiro, que em suas nascentes, no passado, costumava reunir muitos porcos selvagens, conhecido na região como “Queixadas”.

        Imagem de um porco queixada.

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

      15. Riacho Seco
        Designação toponímica classificada como complexa, indica que na localidade existe um curso d’água intermitente, que deu nome ao local.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      16. Riacho Verde
        Designação toponímica classificada como complexa, esse nome se refere a um curso natural de água doce que mantem na sua margem uma paisagem sempre verde.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas.

      17. Rodeador:

      18. Rosilho
        1894

      19. Rosinha:

S

      1. Sabonete

        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada 1895
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      2. Saco

        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada Registro de 1893
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      3. Saco do Brígido
        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      4. Salamanta
        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de ????.

      5. Salgado
        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      6. Salgadinho
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      7. Salva Terra
        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está fundamentada em duas hipóteses. A primeira delas remonta a ancestralidade portuguesa de seus primeiros habitantes, sabendo que em Portugal existe uma localidade com esse mesmo nome; Quanto a segunda, diante das secas, algumas dessas pessoas costumavam migrar para outras regiões do país, dentre elas o Estado do Pará, onde também existe um local com essa denominação.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      8. Santarém
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

      9. Santa Cruz
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      10. Santa Luzia
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de ????.

      11. Santa Maria
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de ????.

      12. Santa Marta
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      13. Santa Rosa
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      14. Santa Tereza
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
      15. Santa Terezinha
        Designação toponímica classificada como complexa, essa nomenclatura está relacionada ao nome da padroeira dos primeiros habitantes dessa localidade, que curiosamente, algum tempo depois, resolveram construir uma capela consagrada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito do Ibuaçu.

      16. Santa Úrsula
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeira o nome desse santa.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      17. Santa Vida
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      18. Santo Amaro
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      19. Santo Antônio
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

      20. Santo Antônio do Dodôs
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      21. Santo Antônio dos Sandres
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa ????.

      22. Santo Antônio dos Vinutos
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de ?????.

      23. Santos Cosme
        Designação toponímica classificada como complexa, indica a devoção popular existente dos moradores dessa região aos santos que foram mortos na perseguição movida pelo Imperador Diocleciano no século IV.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      24. São Bento
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      25. São Clemente
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

      26. São Felix
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      27. São Gonçalo
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      28. São João
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      29. São José (Domingos da Costa)
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular, que escolheu como padroeiro o nome desse santo que é venerado pelas igrejas ortodoxa, anglicana e católica, o celebrando como seu padroeiro universal. A liturgia luterana também dedica um dia ― 19 de março ― à sua memória, sob o título de “Tutor de Nosso Senhor”.
        São José foi operário, por isso é tido como “Padroeiro dos Trabalhadores”, e, pela fidelidade a sua esposa e dedicação paternal a Jesus, como “Padroeiro das Famílias”, emprestando o seu nome a muitas igrejas e lugares ao redor do mundo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

      30. São José (Boa Viagem)

      31. São Jorge
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas

      32. São Lourença
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que esco
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      33. São Luís
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo em terras pertencentes ao Major Joaquim Pereira de Lima, distante 19 quilômetros do Centro da cidade de Boa Viagem.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Domingos da Costa.

      34. São Paulo
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      35. São Pedro
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      36. São Vicente
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na piedade popular que escolheu como padroeiro o nome desse santo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      37. Sapoti
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Olho d’Água do Bezerril.

      38. Saquinho
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      39. Segredo
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      40. Seixo
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      41. Santana
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      42. Serra Ourega
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      43. Serra do Sibiró
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      44. Serrinha
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      45. Serrote Alto
        Designação toponímica classificada como complexa, indica a existência de uma formação rochosa com destacada altura que dá referência de localização aos moradores dessa região.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

      46. Serrote da Boa Vista
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      47. Serrote da Jurema
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Águas Belas

      48. Serrote da Pedra
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      49. Serrote da Olaria
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      50. Serrote dos Ricardos
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      51. Serrote Trapiá
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      52. Serrote Pedra de Amolar
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      53. Serrote dos Domingos
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      54. Sibiró
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      55. Sítio
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente na região.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      56. Sítio dos Bezerras
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua origem na qualificação de um dos elementos da natureza que são essenciais para manutenção da vida, onde descreve o aspecto de limpeza da água existente na região.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      57. Sítio dos Fernandes
        Designação toponímica classificada como complexa,
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      58. Sítio dos Martins
        Designação toponímica classificada como complexa, possui a
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

      59. Sítio dos Picos
        Designação toponímica classificada como simples, possui a.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      60. Sorocaba
        Designação toponímica classificada como simples, possui a.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      61. Sossego
        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua origem na q.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      62. Suçuarana
        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua origem na qu.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

T

      1. Tabibas

        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua origem na qu.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      2. Tabuleiro Alegre

        Designação toponímica classificada como complexa, possui a sua orig.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu.

      3. Tamanduá

        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua orig.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem

      4. Tapera

        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua origem
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      5. Taperinha

        Designação toponímica classificada como simples, possui a sua origem na qu.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem

      6. Telha Velha

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      7. Tenda

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      8. Tibiquari

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

      9. Tigre

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      10. Timbaúba (Boa Viagem)

        Designação toponímica classificada como simples, é uma palavra de origem tupi, que significa ‘árvore de exalação de espuma’, ‘árvore do sabão’, sendo uma planta da família das leguminosas.

        Imagem de uma Timbaúba.

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      11. Timbaúba (Domingos da Costa)
      12. Tocantins
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      13. Tourão

        Designação toponímica classificada como simples, o seu vocábulo é o aumentativo da palavra touro, que é um animal adulto da especie dos bovídeos. Essa palavra vem do latim, “taurus“.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Ipiranga.

      14. Trapiá
        Designação toponímica classificada como simples, indica o nome próprio de uma árvore existente em abundância nessa região.
        O Trapiá é uma planta da família Brassicaceae encontrada na caatinga e na mata atlântica da Região Nordeste do Brasil. Ela frutifica nos primeiros meses do ano e os seus frutos são comestíveis e saborosos, cujo formato lembra uma laranja em miniatura, possuindo um denso arilo envolvendo muitas sementes de cor marrom. Ela também possui utilidades agroflorestais, e pode ser usada para a segunda fase de reflorestamento de áreas de caatinga degradadas.

        Imagem de um Trapiazeiro.

        Essa palavra é de origem indígena, possuindo dois significados, o primeiro deles, sendo derivada do vocábulo “TARAPYÁ”, que significa “os testículos”, possivelmente fazendo referência ao formato dos frutos da árvore que tem o seu nome; já o segundo, pode significar “fruto de papagaio”, podendo também estar ligada ao nome popular do fruto silvestre da árvore Gallesia Scorodendron, uma planta da família das Caparidáceas, que costuma atrair muitas aves para as sua copas.
        Nos primeiros anos da década de 1980, por conta dos trabalhos executados pela EMATERCE, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará, a localidade de Trapiá passou por algumas divisões, surgindo o povoado de Trapiá dos Martins, que tem o seu nome ligado a possessão de uma família residente nessa região, existindo outras localidades no Município que utilizam esse mesmo vocábulo ou seus derivados, sendo elas: Trapiá, Trapiá dos Lobos, Trapiá dos Martins, Trapiá dos Maximianos e Trapiazeiro.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.
        Registro de 1894 Localidade do Distrito de Boa Viagem.

      15. Trapiá dos Lobos
        Designação toponímica classificada como complexa que faz referência a uma das partes da localidade de Trapiá, onde durante algum tempo prevaleceu entre os seus habitantes alguns membros da família Lobo.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      16. Trapiá dos Martins
        Designação toponímica classificada como complexa que faz referência a uma das partes da localidade de Trapiá, onde durante algum tempo prevaleceu entre os seus habitantes alguns membros da família Martins.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      17. Trapiá dos Maximianos
        Designação toponímica classificada como complexa que no passado fazia referência a uma planta dessa espécie existente nas proximidades da casa de um dos membros da família Maximiano, que habitavam e ainda habitam essa região.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      18. Trapiazeiro
        Designação toponímica classificada como simples, sendo uma palavra que é derivada do substantivo Trapiá, fazendo referência à árvore que produz esse fruto. O seu nome surgiu a partir de uma planta existente na localidade que servia como ponto de referência para os seus habitantes.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      19. Três Barras
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      20. Triunfo
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

U

      1. Umburanas

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

V

      1. Varginha

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      2. Varzantinha

        Designação toponímica classificada como simples, a sua nomenclatura está associada ao tipo de solo encontrado na região, que é o de várzea, um solo fértil e de boa qualidade que é cortado pelo Rio do Mestre e o Rio dos Bois.
        Esse topônimo é um derivado diminutivo da referida palavra, que demonstra uma forma de carinho de seus habitantes com o local onde residem.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      3. Várzea Alegre
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      4. Várzea Comprida
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      5. Várzea da Arara
        Registro de 1894

      6. Várzea da Cruz
        Designação toponímica classificada como complexa, indica o tipo de solo existente na localidade ao qual denomina, que é cortada pelo Rio da Fazenda Nova, um dos braços do Rio Juazeiro, onde havia uma cruz, que serviu como complemento para sua nomenclatura.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      7. Várzea da Ipoeira
        Designação toponímica classificada como complexa, a origem de sua denominação está relacionada ao tipo de solo existente em sua região, que é irrigada pelo Riacho Cabeça do Boi e o Riacho da Jurema.
        O seu nome é antigo, sendo encontrado registros que datam de 1840 e em nossos dias se refere também ao nome de um dos Distritos do Município de Boa Viagem, que foi criado pela lei municipal nº 777, do dia 11 de outubro de 2001, tendo como sede o povoado de igual nomenclatura, que a partir dessa data foi elevada para categoria de vila.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Várzea da Ipoeira.

      8. Várzea da Pedra
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      9. Várzea da Tapera
        Designação toponímica classificada como complexa, a sua nomenclatura está diretamente relacionada a junção de duas palavras, sendo que a primeira delas, “várzea”, indica o tipo de solo abundante existente na região por conta do Rio Conceição, já a segunda, “tapera”, se refere a um pequeno abrigo construído para abrigar as pessoas que lavam roupa na margem do rio.
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boqueirão.

      10. Várzea do Canto
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      11. Várzea do Carmo
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      12. Várzea do Exu
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      13. Várzea Redonda
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.Registro de 1893

      14. Varzinha
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      15. Vertente

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      16. Viração
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      17. Vista Alegre
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

      18. Volta do Rio
        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

X

      1. Xique-Xique

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Boa Viagem.

Z

      1. Zagreb

        Essa localidade está inserida dentro dos limites geográficos do Distrito de Guia.

BIBLIOGRAFIA

    1. BRAGA, Renato. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Ceará. v. 1º. Fortaleza: Imprensa Universitária do Ceará, 1964.
    2. FRANCO, G. A.; CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
    3. FREITAS, Afonso Antônio de. Vocabulário Nheengatu. 2ª edição. São Paulo: Editora Nacional, 1976.
    4. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
    5. PELOSI FALCÃO, Marlio Fábio. Dicionário Histórico e Geográfico do Nordeste. Fortaleza: Artlaser Editora e Gráfica, 2005.

Deixe uma resposta