Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima

INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima, pertencente ao Governo Municipal de Boa Viagem, está localizado na Rua Coronel Luís Amaro Bezerra, s/nº, no Bairro Várzea do Canto, na cidade de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Imagem aérea do Parque de Vaquejada José Vieira de Lima em 2012.

Imagem aérea do Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira de Lima, em 2012.

Um parque de vaquejada é um local com estrutura preparada para receber uma tipica manifestação cultural nordestina que se tornou em esporte, servindo também para movimentar a economia local, principalmente o turismo, com eventos que a ela podem ser agregados, como shows, feiras comerciais e exposições agropecuárias.

A BASE LEGAL DE SUA NOMENCLATURA:

O Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima teve a sua nomenclatura regulamentada na gestão do Prefeito José Vieira Filho, o Mazinho, através da lei nº 448, de 8 de setembro de 1987.

UM POUCO DE SUA HISTÓRIA:

No passado, grande parte das vaquejadas que eram promovidas ou tinham o patrocínio do Governo Municipal de Boa Viagem ocorriam em um terreno existente nas proximidades da Rodovia Federal Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, a BR-020.

Imagem da antiga pista de vaquejada, em 2017.

Esse terreno está localizado em uma área plana existente entre à Rua Coronel Luis Amaro Bezerra e à Rua Deputado David Capistrano da Costa, no Bairro Várzea do Canto, na cidade de Boa Viagem.
A estrutura desse parque foi construída nos últimos anos da década de 1980, no governo do Prefeito José Vieira Filho, que percebeu nele um importante vetor de desenvolvimento social e econômico da cidade, dando para ele o nome do Agropecuarista Joaquim Vieira Lima como seu patrono.
Nessa mesma época, dentro de seu perímetro, com o intuito de agregar a ocorrência de eventos paralelos à vaquejada, foi construído o Parque de Exposições Agropecuárias José Vieira de Lima e o Clube Chapéu de Couro.
Alguns anos depois, por volta de 1995, no governo do Prefeito Antônio Argeu Nunes Vieira, esse parque recebeu arborização e pavimentação em pedra tosca, sendo designado dois locais para servirem como praças, que infelizmente nunca foram construídas.

Imagem interna do parque, tendo ao fundo o Parque de Exposições Agropecuárias José Vieira de Lima e uma de suas churrascarias, em 2015.

Nos últimos meses de 2015, na gestão do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, o parque teve a sua estrutura ainda mais valorizada quando o seu principal acesso, a Rua Coronel Luis Amaro Bezerra, também recebeu iluminação com lâmpadas de LED e pavimentação em pedra tosca, diminuindo acentuadamente a poeira que incomodava os moradores dessa rua.
Desde a sua construção, mesmo ocorrendo à vaquejada e outros eventos, esse local é bastante subutilizado, sendo considerado por muitos como um gargalo para as administrações que se seguiram.
O parque geralmente é utilizado como moeda de troca para sustentação política nos períodos das campanhas eleitorais por aqueles que se candidatam ao cargo majoritário do Poder Executivo, sendo entregue muitas vezes a pessoas que só visam o lucro e a depreciação da estrutura do parque.
Sobre a depreciação da estrutura desse parque, é perceptível para quem o visita perceber que o clube recebeu uma ampliação sem nenhum tipo de planejamento e prejudicou grande parte da arena de exposição.
Nos primeiros meses de 2017, na gestão da Prefeita Aline Cavalcante Vieira, buscando realizar alguns ajustes administrativos e quebrando o clientelismo político de várias décadas, os proprietários de animais passaram a pagar aluguel pela utilização do parque, fato que gerou grande insatisfação de seus usuários:

“Entrará em vigor no próximo dia 1º de setembro de 2017 o decreto nº 199, de 6 de junho de 2017, que fixa o valor cobrado pela utilização das baias do Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima, na cidade de Boa Viagem. O decreto foi assinado pela prefeita do Município e cobrará um valor mensal de R$ 200,00 (Duzentos reais) pelo uso do espaço publico. De acordo com o decreto, os animais que apresentarem algum problema de saúde que possa ser transmitido para outros animais ou humanos será proibido de usar o local, para isso o proprietário do animal deverá apresentar um atestado de sanidade do animal, que é expedido por um médico veterinário.” (Decreto cobra R$ 200,00 pelo uso das baias do Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima. Disponível em http://sertnews.com.br/artigo/decreto-cobra-r200-pelo-uso-de-baias-no-parque-do-vaqueiro-de-boa-viagem20170826132454.html. Acesso no dua 26 de agosto de 2017)

A SUA ESTRUTURA:

O Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima, que já foi considerado entre os mais belos do Estado do Ceará, possui a seguinte estrutura:

  1. Bar: 1;
  2. Banheiros públicos: 1;
  3. Churrascarias: 2;
  4. Praças: 2;
  5. Pista: 1.

Nos últimos anos essa estrutura vem recebendo tímidas reformas, fazendo com que o local perca muito de seu brilho da época em que foi construído.

OUTROS EVENTOS:

A utilização desse parque não pode se limitar a uma vaquejada por ano, cabendo aos seus responsáveis promoverem outros eventos, sendo eles:

  • Bolões: Esse tipo de disputa é formado por vaqueiros amadores que contribuem com uma pequena quantia em dinheiro para ter direito a participar da disputa, sendo o dinheiro usado para a organização do evento e para premiar os vencedores;
  • Prados: Uma disputa de corrida onde geralmente é feita por dois cavalos nativos da própria região.

A TERCEIRIZAÇÃO NÃO SERIA A MELHOR SOLUÇÃO?

Como mencionamos anteriormente o Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima não deu o retorno econômico e social que era esperado quando foi construído, servindo apenas como moeda de troca para o candidato eleito ao Poder Executivo do Município de Boa Viagem e correndo o sério risco de perder o seu espaço caso a iniciativa privada resolva investir nesse setor.
Todos os anos, no mês que antecede à vaquejada, a Prefeitura de Boa Viagem investe muitos recursos em sua reforma e depois da festa todos os equipamentos e acessórios que são colocados lá são roubados ou sofrem algum tipo de vandalismo.
Outro grave problema permanente nesse parque é a existência de pessoas que invadiram o local e exploram o “Bar das Mangueiras” sem nenhum tipo de concessão dada pelo Município, chegando ao cúmulo de utilizar a energia do parque, que é paga pelo contribuinte.
Esse equipamento, que deveria ser de grande utilidade para o Município, deveria funcionar o ano todo na promoção de eventos, daí a necessidade de sua urgente revitalização.
A terceirização desse equipamento seria a melhor solução para o Município, tendo em vista que a prefeitura passaria a arrecadar e a cobrar da empresa licitante vencedora os resultados que ela não pôde produzir durante todos esses anos. tirando esse equipamento da lista dos “elefantes brancos”:

“Esses ‘elefantes brancos’ são: O Terminal Rodoviário Samuel Alves da Silva, o Camelódromo, o Mercado Público Municipal Jessé Alves da Silva, a Estação Experimental Walkmar Brasil Santos, o Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima e o Parque de Exposições Agropecuárias José Vieira de Lima.” (SILVA JÚNIOR, 2015: O Terminal Rodoviário Samuel Alves da Silva. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/terminal-rodoviario-samuel-alves-da-silva/. Acesso no dia 27 de agosto de 2017)

O CONTATO:

O canal de comunicação com o Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima é o seguinte:

  • Telefone:
  1. 88.3427-7001 (Gabinete da prefeitura).

27 ideias sobre “Parque de Vaquejadas e Eventos Joaquim Vieira Lima

  1. Pingback: Avenida Basílio Vieira Carneiro | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Rua Coronel Luís Amaro Bezerra | História de Boa Viagem

  3. Pingback: TURISMO | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Clube Chapéu de Couro | História de Boa Viagem

  5. Pingback: José Vieira de Lima | História de Boa Viagem

  6. Pingback: Antônio Argeu Nunes Vieira Filho | História de Boa Viagem

  7. Pingback: Terminal Rodoviário Samuel Alves da Silva | História de Boa Viagem

  8. Pingback: Bairro Várzea do Canto | História de Boa Viagem

  9. Pingback: Distrito de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  10. Pingback: Mercado Público Municipal Jessé Alves da Silva | História de Boa Viagem

  11. Pingback: José Vieira Filho (Mazinho) | História de Boa Viagem

  12. Pingback: Cristóvam de Queiroz Sampaio | História de Boa Viagem

  13. Pingback: Joaquim Vieira Lima | História de Boa Viagem

  14. Pingback: Francisco Valdeni Vieira da Silva | História de Boa Viagem

  15. Pingback: Adonias Vieira da Silva | História de Boa Viagem

  16. Pingback: Jacob Carneiro de França Neto | História de Boa Viagem

  17. Pingback: José Martins da Silva | História de Boa Viagem

  18. Pingback: Ozeas Alves Facundo | História de Boa Viagem

  19. Pingback: Anastácio Pereira Lobo | História de Boa Viagem

  20. Pingback: José Facundo Campos | História de Boa Viagem

  21. Pingback: Marcos Luís Cidrão Uchôa | História de Boa Viagem

  22. Pingback: Antônio Argeu Nunes Vieira | História de Boa Viagem

  23. Pingback: João Martins de Lima | História de Boa Viagem

  24. Pingback: Eduardo Patrício de Almeida | História de Boa Viagem

  25. Pingback: Pedro Eugênio Cidrão Uchôa | História de Boa Viagem

  26. Pingback: Parque de Exposições Agropecuárias José Vieira de Lima | História de Boa Viagem

  27. Pingback: Escola de Ensino Fundamental Francisco José Vieira | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta