O Jeepinho Pidão.

O JEEPINHO PIDÃO.

Eliel Rafael da Silva Júnior

A pequena história que vou lhes contar tive o prazer de ouvir da boca de seu Antônio Vieira da Silva, conhecido na cidade de Boa Viagem apenas como “Antônio Martins”, um comerciante que era muito querido por conta de seu grande senso de humor.
Contava ele que em sua juventude, nos últimos anos da década de 1950, depois de muitas economias, conseguiu comprar um jeep, o sonho de todo e qualquer pequeno agropecuarista de nossa região!
Esse veículo logo se tornou o seu xodó, e quando o “jeepinho” pedia uma peça nova, segundo o mesmo contava, tratava logo de trocar até que, certo dia, em sua garagem, o seu carrinho lhe exigiu uma nova peça, quando ocorreu a seguinte situação:
Dizia ele: – Cheguei na garagem, entrei no jipinho e dei na chave!
Depois de várias tentativas, sem pegar, o motor de arranque do jeepinho só dizia: – Cucucucu…….Cucucucu…….
Daí o seu Antônio Martins, que já tinha dado tudo o que o jeepinho pedia e sem paciência retrucou: – Não nego véi, isto não, prefiro ir a pé! 

Uma ideia sobre “O Jeepinho Pidão.

  1. Pingback: CRÔNICAS E POESIAS | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta