Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima

INFORMAÇÕES BÁSICAS:

O Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima está localizado na Avenida São Vicente de Paulo, nº 101, esquina com à Rua Alfredo de Sousa Terceiro, no Centro da cidade de Boa Viagem.

Imagem do Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima, em 2000.

Essa unidade hospitalar é uma autarquia, estando ligada à administração indireta do Município de Boa Viagem.

A BASE LEGAL DE SUA NOMENCLATURA:

O Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima teve a sua nomenclatura regulamentada na gestão do Prefeito José Vieira Filho, o Mazinho, através da lei nº 137, de 8 de novembro de 1969.

A HISTÓRIA DE SUA CONSTRUÇÃO:

Até o fim da década de 1960 a população do Município de Boa Viagem costumava ser amparada em suas necessidades médicas na unidade hospitalar existente na cidade de Quixeramobim:

“Ao conseguir a sua autonomia política, ocorrida no dia 21 de novembro de 1864, quem enfrentava algum problema de saúde no Município de Boa Viagem, e tinha condições financeiras para isso, era obrigado a procurar locais mais desenvolvidos em busca de atendimento médico. Quem não possuía recursos suficientes para procurar assistência médica morria a minguá, não havia quem o socorresse, e quando escapava era uma verdadeira obra de milagre. Segundo o testemunho dos mais antigos, não foram poucos os casos de óbito que ocorreram nos muitos caminhos em direção à cidade de Quixeramobim, o local em nossas redondezas que possuía os melhores recursos”. (SILVA JÚNIOR, 2015: A história da saúde do Município de Boa Viagem. Disponível em www.historiadeboaviagem.com.br. Acesso em 10 de agosto de 2016 )

Nesse trajeto, entre essas duas cidades, muitas vidas foram perdidas por conta da falta de estrutura hospitalar e da má qualidade do acesso entre os dois pontos de destino, fato que mobilizou o Prefeito José Vieira Filho, o Mazinho, a enviar um projeto de lei à Câmara Municipal no intuito de adquirir uma propriedade para no futuro realizar esse importante empreendimento.

“O Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima foi construído pelo então Prefeito José Vieira Filho, com recursos próprios deste Município. Os serviços foram empreitados pelo valor de CR$ 120.000 (cento e vinte mil cruzeiros), pagos em doze parcelas de CR$ 10.000 (dez mil cruzeiros). O prazo de sua construção foi de apenas quatro meses. Os trabalhos foram realizados pela construtora ENTERPAL – Engenharia, Terraplanagem e Pavimentação LTDA, tendo como um dos sócios e encarregado responsável o Engenheiro Civil e Coronel do Exército Justino Barros”. (NASCIMENTO, 2002: 192)

Na época de sua construção, que foi algo grandioso para época, o hospital já possuía 45 leitos, entretanto era bem menor do que a estrutura que conhecemos hoje. O desafio que seguiu foi a compra de equipamentos e a contratação de pessoal qualificado.

Imagem da construção da Casa de Saúde, 1969.

Imagem da construção do Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima, em 1969.

No dia 8 de junho de 1968, o gestor municipal justificou o referido projeto encaminhando para Câmara Municipal a seguinte mensagem:

“Sendo o Município desprovido de assistência médico-hospitalar e levando em consideração a grande distância que nos separa dos grandes centros e das condições de saúde indispensáveis à vida do nosso povo, venho no projeto de lei em anexo, solicitar a autorização para adquirir um terreno local que satisfaça as exigências que o caso requer, a fim de ser construído pelo Poder Executivo municipal o futuro hospital-maternidade de Boa Viagem”.

Depois disso, no mesmo dia, a Câmara Municipal aprovou a lei nº 108, que autorizou a utilização de cinco mil cruzeiros novos do FPM, Fundo de Participação do Município, para compra de uma propriedade apta para esse fim.

Imagem do Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima, início da década de 1980.

Imagem do Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima, início da década de 1980.

Pouco tempo depois de sua construção, na gestão do Prefeito Osmar de Oliveira Fontes, o grande desafio de sua gestão foi equipar e colocar em funcionamento essa unidade hospitalar.
Pensando nisso, através da lei nº 154, de 22 de outubro de 1971, esse hospital foi reconhecido como sendo de utilidade pública, ação que teve por finalidade angariar fundos de todas as esferas de poder.

“A sua instalação deu-se em 15 de agosto de 1971, na administração do Perfeito Osmar de Oliveira Fontes, de gratas recordação. Tinha 45 leitos e já oferecia uma boa estrutura para atendimento e internamento dos pacientes”. (NASCIMENTO, 2002: 193)

Pouco tempo depois, na gestão do Prefeito Dr. Francisco Vieira Carneiro, o Major Carneiro, através da lei nº 169, de 24 de fevereiro de 1973, foi criado o SAM, Serviço de Assistência Médica Médica.
Nessa mesma administração, esse hospital teve a sua quantidade de leitos ampliada, que eram de apenas 16 e passou para 32, recebeu também a instalação do laboratório de análises clinicas.
Em setembro de 2016 essa autarquia municipal foi condenada a pagar uma indenização por conta de um grave erro médico, que ocorreu na gestão do Prefeito José Vieira Filho:

“O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), manteve a decisão que condena o Município de Boa Viagem, no interior do Ceará, e um hospital da cidade a pagarem R$ 40 mil para uma agricultora grávida que perdeu o bebê por negligência médica. Conforme o relator do processo, desembargador Fernando Luiz Ximenes, o pagamento pelo dano moral é referente ao ‘prejuízo que emana da perda abrupta de um nascituro’. De acordo com os autos do processo, em 12 fevereiro de 2008, a gestante foi a um posto de saúde do Município sentindo fortes dores abdominais. A agricultora foi examinada e orientada por um médico a retornar para casa, porque não teria entrado ainda em trabalho de parto. No dia seguinte, permanecendo com dores, a mulher retornou à unidade de saúde e, após novo exame, foi recomendado que procurasse o hospital. No mesmo dia, a paciente deu entrada na Casa de Saúde Adília Maria de Lima para a realização de cirurgia cesárea. No entanto, a mulher só foi submetida ao procedimento cirúrgico no dia 15. No momento do parto os médicos constataram a morte do feto, que estava com o cordão umbilical enrolado no pescoço. Em virtude do ocorrido, a agricultora entrou com ação na Justiça contra o município e a unidade hospitalar, solicitando indenização por danos morais relatando que houve negligência médica. A vítima disse ainda ter ficado abalada emocionalmente com a situação”. (2016. No Ceará, mulher que perdeu bebê por negligência é indenizada em R$ 40 mil. Disponível em www.g1.globo.com. Acesso em 16 de setembro de 2016)

Nesse mesmo ano, na administração do Prefeito Dr. Fernando Antônio Vieira Assef, esse hospital recebeu a construção de sua lavanderia, que recebeu novos equipamentos e utensílios.

AS EQUIPES DE GESTÃO:

A equipe de administração de uma autarquia municipal é cargo de confiança do prefeito, que indica os seus componentes, foram eles:

  • 1973 – 1977

Maria Dias Cavalcante Vieira (Diretora Geral);
Maria Guiomar Cavalcante de França (Diretora Administrativa);
(Diretor Clinico).

  • 1977 – 1983

(Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
(Diretor Clinico).

  • 1983 – 1988

Maria Guiomar Cavalcante de França (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
Dr. João Mozart Silus Cunha (Diretor Clínico).

  • 1989 – 1992

Maria Denise Silva Aragão (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
(Diretor Clínico).

  • 1993 – 1996

Maria Denise Silva Aragão (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
(Diretor Clínico).

  • 1997 – 2000

Liduina Teixeira de Almeida (Diretora Geral);
Drª. Íngrid Tajra (Diretora Administrativa);
Dr. Arlindo Florêncio dos Santos(Diretor Clínico).

  • 2001 – 2004

Liduina Teixeira de Almeida (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
(Diretor Clínico).

  • 2005 – 2008

Maria Guiomar Cavalcante de França (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
(Diretor Clínico).

  • 2009 – 2012

Rozivalda Ferreira de Almeida (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
Dr. Gutemberg Mendes Farias Filho (Diretor Clínico).

  • 2013 – 2016

Amanda Vieira Oliveira Sampaio (Diretora Geral);
(Diretora Administrativa);
Dr. Gutemberg Mendes Farias Filho (Diretor Clínico).

A ESTRUTURA FÍSICA:

Para executar bem as suas atividades, gerando segurança e conforto para os seus usuários, o Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima possui a seguinte estrutura:

  • Setor Administrativo:
  1. Farmácia: 1
  2. Sala de direção: 1
  3. Lavanderia: 1
  4. Refeitório: 1
  • Setor de Emergência:
  1. Centro cirúrgico: 2
  2. Consultórios:
  • Setor de Internamento:
  1. Enfermaria:

O CONTATO:

Os canais de comunicação com o Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima são os seguintes:

  1. 88.3427-1699 (Direção);
  2. 88.3427-1136 (Recepção);
  3. 88.3427-1255 (Orelhão).

80 ideias sobre “Hospital e Casa de Saúde Adília Maria de Lima

  1. Pingback: Bairro Centro | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Avenida São Vicente de Paulo | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Edson Tadeu de Queiroz Teodoro Albuquerque | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Samuel Alves da Silva | História de Boa Viagem

  5. Pingback: Hospital Infantil Sebastião Alves da Silva | História de Boa Viagem

  6. Pingback: Sabrina Rodrigues Ramos | História de Boa Viagem

  7. Pingback: Francisco Segismundo Rodrigues dos Santos Neto | História de Boa Viagem

  8. Pingback: Marcos José Cavalcante Sampaio | História de Boa Viagem

  9. Pingback: Maria de Assis Uchôa | História de Boa Viagem

  10. Pingback: Ana da Cunha Ramos | História de Boa Viagem

  11. Pingback: Aniel Fragoso Vieira | História de Boa Viagem

  12. Pingback: Adília Maria de Lima | História de Boa Viagem

  13. Pingback: Distrito de Águas Belas | História de Boa Viagem

  14. Pingback: Distrito de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  15. Pingback: Distrito de Boqueirão | História de Boa Viagem

  16. Pingback: Distrito de Ibuaçu | História de Boa Viagem

  17. Pingback: Distrito de Domingos da Costa | História de Boa Viagem

  18. Pingback: Distrito de Guia | História de Boa Viagem

  19. Pingback: Distrito de Ipiranga | História de Boa Viagem

  20. Pingback: Distrito de Jacampari | História de Boa Viagem

  21. Pingback: Distrito de Massapê dos Paés | História de Boa Viagem

  22. Pingback: Distrito de Olho d’Água dos Facundos | História de Boa Viagem

  23. Pingback: Distrito de Poço da Pedra | História de Boa Viagem

  24. Pingback: Centro de Saúde Dr. Francisco Vieira Carneiro | História de Boa Viagem

  25. Pingback: Antônio Apolônio Maciel | História de Boa Viagem

  26. Pingback: Unidade de Referência da Saúde da Mulher Francisca Ivani Citó Ramalho | História de Boa Viagem

  27. Pingback: Unidade de Pronto Atendimento – UPA | História de Boa Viagem

  28. Pingback: José Vieira Filho (Mazinho) | História de Boa Viagem

  29. Pingback: Francisco Wilson Machado | História de Boa Viagem

  30. Pingback: Posto de Saúde da Família José Martins Vieira | História de Boa Viagem

  31. Pingback: Francisco Tibiriçá Façanha | História de Boa Viagem

  32. Pingback: Posto de Saúde da Família Dr. Francisco Segismundo Rodrigues dos Santos Neto | História de Boa Viagem

  33. Pingback: ATENÇÃO PRIMÁRIA | História de Boa Viagem

  34. Pingback: ATENÇÃO SECUNDÁRIA | História de Boa Viagem

  35. Pingback: Unidade Básica da Saúde Dr. José Vieira de Lima Filho | História de Boa Viagem

  36. Pingback: Casa de Apoio Dr. Francisco Segismundo Rodrigues dos Santos Neto | História de Boa Viagem

  37. Pingback: Gutemberg Mendes Farias Filho | História de Boa Viagem

  38. Pingback: Maria Alzira Lima Vieira | História de Boa Viagem

  39. Pingback: João Mozart Silus Cunha | História de Boa Viagem

  40. Pingback: Maria José Ribeiro de Sousa | História de Boa Viagem

  41. Pingback: Marília Prado dos Santos | História de Boa Viagem

  42. Pingback: Manoel Ximenes de Araújo | História de Boa Viagem

  43. Pingback: Francisco de Assis Lobo de Sousa | História de Boa Viagem

  44. Pingback: David Vieira da Silva | História de Boa Viagem

  45. Pingback: João Inácio de Sousa | História de Boa Viagem

  46. Pingback: Osmar de Oliveira Fontes | História de Boa Viagem

  47. Pingback: Antônio Alves Capistrano | História de Boa Viagem

  48. Pingback: José Pereira de Almeida | História de Boa Viagem

  49. Pingback: José Jôfre da Silva | História de Boa Viagem

  50. Pingback: Jacob Angelim de Sousa | História de Boa Viagem

  51. Pingback: Francisco Joel Lima e Silva | História de Boa Viagem

  52. Pingback: José Martins da Silva | História de Boa Viagem

  53. Pingback: Oliveira Ferreira Franco | História de Boa Viagem

  54. Pingback: Manuel Magalhães Gomes | História de Boa Viagem

  55. Pingback: João Fragoso Vieira | História de Boa Viagem

  56. Pingback: Raimundo Chagas de Mesquita | História de Boa Viagem

  57. Pingback: Deonete Vieira da Silva | História de Boa Viagem

  58. Pingback: Ozeas Alves Facundo | História de Boa Viagem

  59. Pingback: Eliel Rafael da Silva | História de Boa Viagem

  60. Pingback: Eleotério Manoel da Silva | História de Boa Viagem

  61. Pingback: Antônia Gomes de Melo | História de Boa Viagem

  62. Pingback: Fernando Antônio Vieira Assef | História de Boa Viagem

  63. Pingback: Francisco Braga do Nascimento | História de Boa Viagem

  64. Pingback: Antônio Marques Dias de França | História de Boa Viagem

  65. Pingback: Raimundo Lobo de Sales | História de Boa Viagem

  66. Pingback: Antônio Osmar Mendes Lobo | História de Boa Viagem

  67. Pingback: Distrito de Várzea da Ipoeira | História de Boa Viagem

  68. Pingback: Cemitério dos Inocentes da Barra dos Moreiras | História de Boa Viagem

  69. Pingback: Cemitério dos Inocentes de Fazenda Nova | História de Boa Viagem

  70. Pingback: Cemitério dos Inocentes da Várzea da Arara | História de Boa Viagem

  71. Pingback: Luciano Sampaio Lobo | História de Boa Viagem

  72. Pingback: Zeneida Vieira Bruno | História de Boa Viagem

  73. Pingback: David Vieira Carneiro | História de Boa Viagem

  74. Pingback: Rua Alfredo de Sousa Terceiro | História de Boa Viagem

  75. Pingback: Aline Cavalcante Vieira | História de Boa Viagem

  76. Pingback: Guarda Civil Municipal de Boa Viagem | História de Boa Viagem

  77. Pingback: Cemitério dos Inocentes das Almas | História de Boa Viagem

  78. Pingback: Maria Eviza de Carvalho Machado | História de Boa Viagem

  79. Pingback: Evaldo Neco Barreto Júnior | História de Boa Viagem

  80. Pingback: Francisco de Assis Alves Facundo | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta