Francisco Evaldo Ferreira Lima

Francisco Evaldo Ferreira Lima nasceu no dia 8 de outubro de 1968 no Município de Boa Viagem, que está localizado no Sertão Central do Estado do Ceará, distante 217 quilômetros da cidade de Fortaleza, sendo filho de Elias Vieira Lima e de Quitéria de Sousa Ferreira Lima.
Os seus avós paternos se chamavam Manoel Ferreira de Oliveira e Isabel Sousa Farias de Oliveira.
Ainda bem jovem, por conta das intempéries climáticas do Sertão, os seus pais migraram para cidade de Fortaleza, onde se estabeleceram em definitivo.
Em 1999, no intuito de ajudar os seus alunos, publicou a obra “A História em Questão”, que traz as respostas comentadas das provas da UFC, Universidade Federal do Ceará, entre os anos de 1992 e 1999.

“Por ter estudado em escolas públicas, Evaldo viveu e conheceu de perto as dificuldades diárias do Ensino Público Municipal e Estadual. Graduado em História pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Evaldo cursou também a Escola de Formação de Governantes. Atuante no magistério há 25 anos, Evaldo foi e é professor de inúmeros jovens da capital fortalezense, que o têm como referência ética e profissional. Como estudante, foi militante do movimento estudantil e Presidente do Centro Acadêmico de História da UECE”. (Disponível em http://cmfor.virtuaserver.com.br. Acesso em 12 de fevereiro de 2016)

Em 2005, estudando na UECE, Universidade Estadual do Ceará, concluiu o curso de Licenciatura em História, apresentando uma monografia que foi intitulada: “A Balança Pensa: A Deusa Themis a Serviço do Babaquara”, que trata da origem histórica da Faculdade de Direito do Ceará.
No pleito eleitoral que ocorreu no dia 5 de outubro de 2008, dentro dos quadros políticos do PC do B, Partido Comunista do Brasil, com a legenda nº 65789, colocou o seu nome na disputa por uma das cadeiras do Poder Legislativo do Município de Fortaleza, recebendo a confiança de 4809 eleitores, ficando na suplência de seu partido.
Depois disso, na gestão da Prefeita Luizianne de Oliveira Lins, entre 2009 e 2012, foi nomeado Secretário de Esporte e Lazer do Município de Fortaleza, que empreendeu uma grande reforma no Estádio Presidente Vargas:

“Entre fevereiro de 2008 e abril de 2011, o PV ficou interditado para a realização de uma série de melhorias. A obra, orçada em R$ 48 milhões, previu a reconstrução da cobertura sobre as cadeiras sociais, cabines de rádio e TV, além da reforma da fachada histórica, dos túneis e das rampas de acesso, dos vestiários, das salas da administração, do estacionamento e da sala de imprensa, além da instalação de um placar eletrônico e de alambrados em vidro. A reforma do estádio Presidente Vargas incluiu, ainda, a mudança de todo o sistema elétrico e hidro-sanitário, das cadeiras, das traves e a recuperação do campo”. (S.N.T)

Na eleição seguinte, que aconteceu no dia 7 de outubro de 2012, ainda militando nos quadros políticos do PC do B, utilizando a mesma legenda do pleito anterior, recebeu a confiança de 5215 votos, conseguido ser eleito para compor uma das cadeiras da Câmara Municipal de Vereadores de Fortaleza:

“Líder do Governo na Câmara Municipal de Fortaleza, Evaldo também é presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto e integra a Comissão Orçamento, Finanças, Controle e Fiscalização e a Comissão Extraordinária da Copa 2014”. (Disponível em http://cmfor.virtuaserver.com.br. Acesso em 12 de fevereiro de 2016)

Uma ideia sobre “Francisco Evaldo Ferreira Lima

  1. Pingback: Francisco Evaldo Ferreira Lima (Bibliografia) | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta