Emyrtes Rafael da Silva

Emyrtes Rafael da Silva nasceu no dia 6 de março de 1942 no Município de Caruaru, que está localizado na região do Agreste pernambucano, distante 130 quilômetros da cidade do Recife, sendo filha de Exgesso Rafael da Silva e de Maria da Penha Silva.
Os seus avós paternos se chamavam Urbano Rafael da Silva e Amara Vaz e Silva, já os maternos eram Cezario Godoy de Vasconcelos e Arminda Valença Leite.
Na sua infância, por conta da profissão do seu pai, que era funcionário da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, morou em diversas cidades do interior pernambucano.
Foi casada em primeiras núpcias com Ivan Pinheiro de Souza, nascido em 3 de novembro de 1936, sendo filho de Manoel Sampaio de Souza e de Maria Maud de Sousa.
Desse matrimônio foram gerados três filhos, sendo eles: Silvio Rafael de Sousa, Rute Rafael de Sousa e Ivan Pinheiro de Souza Júnior, conhecido na família pelo apelido de “Silvano”.
Por volta de 1969, enfrentado problemas em seu matrimônio por conta de incompatibilidade de gênio, resolveu por um fim em sua relação conjugal, passando uma curta temporada no Rio de Janeiro.
Nessa mesma época passou a viver em união estável com seu primo, José Soares de Lima, nascido no dia 26 de setembro de 1936, sendo filho de Augusto Soares de Lima e de Áurea de Vasconcelos Lima, com quem contraiu matrimônio muitos anos mais tarde no dia 14 de agosto de 2007, segundo informações existentes no Cartório de Registro Civil, tombo nº 1.911, página 8.
Desse matrimônio foram geradas duas filhas, sendo elas: Elyude Soares de Lima e Elisângela Soares de Lima e Silva.
Antes disso, por volta de 1974, ainda no Rio de Janeiro, foi surpreendida pelo inesperado falecimento de sua primeira filha, algo que lhe abateu o ânimo durante muitos anos.
Nesse mesmo período resolveu retornar para cidade do Recife, passando a residir próximo da casa de seu pai na Rua Vale do Cirigi, s/nº, Conjunto UR-7, no Bairro da Várzea, na cidade do Recife, próximo da mata de Brennand.

Imagem de sua residência por volt de 2007.

Na cidade do Recife, necessitando dar uma vida digna aos seus filhos, passou a trabalhar na Casa Lux Ótica, uma famosa empresa desse ramo existente na capital pernambucana, onde conseguiu reconhecida experiência nesse setor.
Nos primeiros meses de 1976, deu toda atenção que estava ao seu alcance para sua mãe, que lutava contra um câncer no estômago.

“Segundo informações existentes no Cartório de Santo Amaro, pertencente ao 5º distrito, tombo nº 550, folha 93v, faleceu no dia 1º de junho de 1976 no Hospital de Santo Amaro, prestes a completar 64 anos de idade.” (SILVA JÚNIOR, 2017: Maria da Penha Silva. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/maria-da-penha-silva/. Acesso no dia 3 de dezembro de 2017)

Alguns anos mais tarde, nos primeiros anos da década de 1980, cansada de ser empregada, resolveu empreender no mesmo ramo passando a comercializar em uma empresa que leva o seu nome, a Ótica Mirtes, localizada na Rua Imperatriz Tereza Cristina, nº 187, 1º andar, no Bairro da Boa Vista.
Nos últimos meses de 1997, decidindo expandir os seus negócios comerciais, resolveu abrir uma filial na Rua Eliza Cabral de Souza, nº 377, no Centro da cidade de Camaragibe.
No dia 21 de junho de 2006 foi surpreendida pela notícia do falecimento de seu filho Ivan Pinheiro de Sousa Júnior, que faleceu depois de sofrer um acidente de motocicleta.
No dia 30 de abril de 2012, depois de algum tempo acompanhando o sofrimento de seu esposo, partilhou com os seus familiares da notícia do seu falecimento, que veio a óbito por conta de um câncer existente no estomago.
Alguns anos mais tarde, no dia 6 de maio de 2018, passando por um momento de forte depressão, foi surpreendida pelo falecimento de seu filho primogênito.

4 ideias sobre “Emyrtes Rafael da Silva

  1. Pingback: Exgesso Rafael da Silva | História de Boa Viagem

  2. Pingback: Maria da Penha Silva | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Eliel Rafael da Silva | História de Boa Viagem

  4. Pingback: Eliel Rafael da Silva Júnior | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta