Capela de Nossa Senhora Auxiliadora – Santa Terezinha

AS INFORMAÇÕES BÁSICAS:

A Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, em Santa Terezinha, está localizada dentro dos limites geográficos do Distrito de Ibuaçu, distante 53 quilômetros da cidade de Boa Viagem, no Município de Boa Viagem, no Estado do Ceará.

Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em 2013.

Imagem da Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, em 2013.

Essa localidade, que está sob os cuidados da  Paróquia de Nossa Senhora da Guia, pertencente à Diocese de Quixadá, costuma celebrar às festividades de sua padroeira, seguindo o calendário litúrgico, no dia 24 de maio.

“Nossa Senhora Auxiliadora, cuja devoção remonta à vitória da armada cristã na Batalha de Lepanto, em 1571, comandada por Dom João da Áustria que, invocando o auxílio da Virgem, afastou o perigo maometano da Europa. Em agradecimento, o Papa Pio V, incluiu na Ladainha de Nossa Senhora o epíteto de Auxiliadora dos Cristãos. A festa de Nossa Senhora Auxiliadora foi promulgada por Pio VII, no ano de 1816, tão logo foi libertado do cativeiro a ele imposto por Napoleão Bonaparte. O nome é bastante popular entre os católicos, sendo bastante usual como antroponímico.”

O HISTÓRICO DE SUA CONSTRUÇÃO:

No passado, quando recebia a visita de algum padre, algo que era muito raro, as celebrações religiosas que aconteciam nessa localidade costumavam ocorrer na residência de algum de seus moradores.
Mais tarde, por volta de 1966, por conta da incapacidade de saúde do Sr. Antônio Facundo Carneiro, surgiu no coração de seus frequentadores a necessidade de um espaço adequado para essas celebrações, época em que essa localidade era assistida pastoralmente pela Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, da cidade de Madalena.
Nos primeiros anos da década de 1990, reunindo às qualidades necessárias, os limites dos territórios das paróquias existentes nessa região foram reformulados para criação da Paróquia de Nossa Senhora da Guia, a quem o patrimônio dessa capela passou a pertencer.
Depois disso, em 2008, no período do pastorado do Pe. Francisco Wilson Ferreira da Silva, desejando ampliar o tamanho da capela, o velho templo foi demolido, sendo construído um maior e mais moderno.
Segundo informações fornecidas pela Professora Ângela Maria Facundo Ferreira no dia 3 de agosto de 2011 descobrimos um pouco de sua história:

“A Capela de Nossa Senhora Auxiliadora foi construída devido a necessidade do Sr. Antônio Facundo Carneiro, que estava doente com diabetes e não podia deslocar-se para ir à missa em outras localidades. Por volta do ano de 1966 os seus filhos resolveram construir uma capela. A primeira missa foi celebrada no dia 21 de março de 1965 pelo saudoso Pe. Vital Elias Filho, vigário da Paróquia de Madalena. O fato da padroeira chamar-se Nossa Senhora Auxiliadora deu-se porque uma senhora, chamada Maria Jacaúna, ao ir caçar em uma das serras da região, chegando à noite, com medo de ser atacada por uma onça, resolveu fazer uma fogueira para lhe aquecer e proteger. Enquanto dormia teve um sonho em que lhe foi revelado que um homem compraria a Fazenda Olho d’Água Salgado e construiria uma apela, onde seria entronizada como padroeira Nossa Senhora Auxiliadora.”

Depois de construída, segundo Talita Costa da Silva, aos poucos essa capela tornou-se um dos pontos de referência da cultura religiosa e de encontro social das famílias de sua região.

“Em Santa Teresinha, no período de 18 a 26 de agosto, celebra-se a festa da Padroeira Nossa Senhora Auxiliadora. Desde o ano de 2001, esse evento religioso vem acontecendo nesta comunidade, contando com a organização do Conselho Econômico Pastoral Administrativo da Comunidade – CEPAC, e a participação de todas as famílias da localidade. Tem também a participação de várias comunidades vindas da Paróquia de Nossa Senhora da Guia, Nossa Senhora da Imaculada Conceição (Madalena) e Nossa Senhora do Carmo (Itatira). Abriga, assim, grande número de fiéis, principalmente no último dia, que é dedicado aos filhos das outras comunidades. No calendário litúrgico a festa de Nossa Senhora Auxiliadora é celebrado no dia 24 de maio, mas a comunidade comemora no mês de agoto, no período de 18 a 26, por ser a época de melhor acesso aos participantes. Celebrada a parte religiosa, tem a parte social com barracas, pescarias, bingos, etc.” (FRANCO & CAVALCANTE VIEIRA. 2007: p. 59)

OS DIRIGENTES DA CAPELA:

Essa humilde localidade não possui condições para manter um padre residente, mas já contou com o trabalho voluntário de vários dirigentes, sendo eles:

A ESTRUTURA FÍSICA DO TEMPLO:

Para executar bem as suas atividades a Capela de Nossa Senhora Auxiliadora possui a seguinte estrutura:

  1. Santuário: 1

A PROGRAMAÇÃO:

As atividades semanais da programação da Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, em Santa Terezinha, são as seguintes:

  • MISSAS:
  1. Toda 4ª Quinta-Feira do mês ⇒ 19h (noite).
  • CELEBRAÇÃO DA PALAVRA:
  1. Domingo ⇒ 19h (noite).
  • TERÇO DOS HOMENS:
  1. Segunda ⇒ 19h (noite).
  • TERÇO DA MÃE RAINHA:
  1. Todo dia 18 do mês ⇒ 19h (noite).

O CONTATO:

O canal de comunicação com a Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, em Santa Terezinha, é o seguinte:

  • Telefone:
  1. 88.3427-4050 (Secretaria Paroquial).

BIBLIOGRAFIA:

  1. FRANCO, G. A.; CAVALCANTE VIEIRA, M. D. Boa Viagem, Conhecer, Amar e Defender. Fortaleza: LCR, 2007.
  2. NASCIMENTO, Cícero Pinto do. Memórias de Minha Terra. Fortaleza: Encaixe, 2002.
  3. SILVA JÚNIOR, Eliel Rafael da. Santa Terezinha. Disponível em http://www.historiadeboaviagem.com.br/santa-terezinha/. Acesso no dia 27 de fevereiro de 2020.

3 ideias sobre “Capela de Nossa Senhora Auxiliadora – Santa Terezinha

  1. Pingback: Paróquia de Nossa Senhora da Guia | História de Boa Viagem

  2. Pingback: JUNHO | História de Boa Viagem

  3. Pingback: Santa Terezinha | História de Boa Viagem

Deixe uma resposta